Sábados de Loucura #30 – Rate up is a lie

Tenho estado tão entretido a editar o Bloodlocke que nem sequer tinha ideia do que fazer para a rubrica de hoje. Aliás, até estava a apanhar tão gosto à edição dos vídeos que andei a fazer outras coisas para a equipa entretanto. Não estou a ser irónico, estava mesmo contente em editar aquilo, embora até que gostasse de estar a fazer outras coisas mas pelo menos se este trabalho não está a chatear-me de momento vou continuar a editar mais uns vídeos para ter uma boa quantidade já feita, não vá eu ficar doente novamente.

Enquanto pensava em coisas que estou com vontade em fazer acabei por ter uma ideia para um título, e a partir desse título já sabia o que escrever para hoje.

Podia falar de mais coisas, coisas essas que até tenho algo a dizer, mas não quero desviar a minha cabeça do “modo de trabalho” pois quanto mais trabalhar hoje mais dias de folga tiro.

Então, “Rate up is a lie“, isto é algo que qualquer fã de jogos com elementos gacha deve conhecer e é um meme que por alguma razão tem-se aplicado mais a Fate/Grand Order. Pessoalmente não tenho grandes razões de queixa do jogo, tenho obtido na sua maioria aquilo que quero e por vezes até extras como aquela vez em que obti o Merlin apenas com um free ticket na minha primeira tentativa e que belo Merlin esse foi, pois ele salvou-me a pele algumas vezes.

Existem vezes em que não tive grande coisa nem aquilo que queria e outras onde tive bastante sorte. Mas na sua maioria apenas gastava certa quantidade dos saint quartz que obtive com trabalho árduo pois neste tipo de jogo é sempre tudo grátis comigo.

Chega então a altura do re-run do evento de Verão do ano passado. Algo que eu estava à espera pois não cheguei a obter a Maid Alter que queria na primeira vez em que o evento decorreu. O evento teve início e passado alguns dias chegou à sua segunda metade, onde Maid Alter estaria disponível temporariamente na gacha, e eu com as minhas poupanças tinha 570 quartz, ou seja, 19 rolls de 10, o que me daria 190 oportunidades de a receber.

Daria… mas não deu.

O resultado final foi o seguinte:

  • 3 cópias extra da minha avó favorita
  • 1 novo troll por parte de Francis Drake
  • 1 mãe que faz parte da assembleia contra depravados sexuais
  • 1 hikikimori

Quem joga entende as referências quem não joga podia estar a explicar mas não vou. A única coisa que interessa é que entre 190 chances apenas tive 6 Servants de alta qualidade e um enorme montante de Craft Essences de nível 4 que eram absolutamente desnecessárias. Já para não falar que eu ainda queria tentar a minha sorte no evento de Verão deste ano.

No entanto a história não fica aqui, pois eu ainda tenho maneira de ganhar mais quartz até ao final deste evento no final do mês. Tenho neste momento 19 do que sobrou, e posso pelo menos ganhar umas 50 extra ao concluir missões adicioneis que ainda tinha por fazer, o que poderá dar-me uma oportunidade de fazer 2 ou 3 rolls o que equivale a 20 ou 30 oportunidades de ganhar a personagem.

Porque é que estou obcecado com a Maid Alter, perguntam vocês? Porque não tenho nenhum Servant da classe Rider que esteja realmente contente com o seu desempenho.

Quem quiser adicionar-me: 180.097.363 e deverei de aceitar durante os próximos dias (aviso que elimino pessoal inactivo para dar espaço a outros). E antes que se assustem com a minha qualidade de equipa, repito que nunca gastei dinheiro no jogo, é tudo sorte.

Vejam aqui os 5 artigos anteriores:

29 – A Blessing in Disguise

28 – Trails of Cold Steel II

27 – Limpezas de Primavera

26 – Napoleon

25 – It’s a Wonderful World

Latest posts by Mathias Marques (see all)
Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram