Project Triangle Strategy é o Final Fantasy Tactics que ninguém estava à espera

Depois de vários meses sem qualquer sinal de vida, os verdadeiros Nintendo Direct estão de regresso e a edição mais recente foi bastante…okay.

De tudo o que a Nintendo podia ter falado e revelado, muitos não deixaram de sentir que este Nintendo Direct não teve assim tanto impacto quanto isso, especialmente depois de tanto tempo ausente do mundo das transmissões de videojogos.

Não quer isso dizer que não existiram jogos, pois eles surgiram e em boas quantidades. A Switch tem jogos que prometem e por muito que faltem coisas Metroid Prime 4, Bayonetta 3 e outras franquias, tivemos coisas como o novo Splatoon 3 e o remaster de The Legend of Zelda Skyward Sword.

Mas sou eu que estou a escrever este artigo e o Daniel que todos conhecem quer é ver novos RPG a chegar a todas as plataformas, por isso não podia deixar passar a oportunidade de falar de Project Triangle Strategy, o novo JRPG táctico da Square-Enix com base no motor de jogo de Octopath Traveler.

De qualquer forma, não é hoje que vou dar a minha opinião sobre Project Triangle Strategy, mas vou deitar as mãos à demo assim que possível e ver o que a Square-Enix está a preparar para este jogo que ainda vai demorar a sair. De qualquer forma, esse artigo chegará em breve.

Se bem se lembram, um dos meus artigos recentes abordava um tema distante, mas que de um momento para o outro faz todo o sentido. Nesse artigo falava de como ainda existem vários exemplos de sucesso de RPG de estratégia, mas de como a Square-Enix tinha deixado cair por terra o saudoso Final Fantasy Tactics, uma das melhores sagas do género.

Tal como aconteceu com Final Fantasy, a Square-Enix procura sempre dar um novo rumo aos seus jogos (talvez Dragon Quest seja a maior excepção), mas parece que as ideias principais e originais são sempre relegadas para projectos alternativos.

Numa era em que o Japão não acreditava nos JRPG por turnos, foi Bravely Default que ajudou a Square-Enix a perceber que afinal o género ainda estava bem vivo. Mas em vez de fazer regressar o estilo à sua série principal, este género acabou por florir em outros jogos da companhia, como o brilhante Octopath Traveler.

Por isso mesmo, acabo por não ficar muito supreendido ao ver que Project Triangle Strategy é exactamente aquilo que os fãs de Final Fantasy Tactics queriam, mas que nunca pediram. Embora plausível, quem é que ia estar a antever que a Square-Enix ia fazer um novo jogo do género totalmente fora do nome principal da saga?

Project Triangle Strategy é literalmente um filho tido entre Octopath Traveler e Final Fantasy Tactics e isso são óptimas notícias. O próprio jogo, temática e intrigas lembram imediatamente Final Fantasy Tactics da PSOne e o combate é uma evolução do sistema clássico de grelha com algumas funcionalidades que aumentam a estratégia e favorecem o posicionamento.

É curioso como tantos como eu andaram anos a pedir um novo Final Fantasy Tactics, mas nunca ninguém se lembrou da possibilidade de outro estúdio interno da Square-Enix trazer de volta este estilo dentro dos contextos clássicos do 2D-HD que faz todo o sentido.

Este é o estilo de boas surpresas que fazem acreditar que ainda existem pessoas na indústria com vontade de adaptar conceitos clássicos e dar-lhes uma nova roupagem. Tendo em conta que se trata de uma evolução de Final Fantasy Tactics, ainda bem que demorou a chegar.

Para já Project Triangle Strategy está previsto apenas para a Nintendo Switch para Fevereiro de 2021.

Latest posts by Daniel Silvestre (see all)
Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x