Análise – Suits – Temporadas 1-4

SUITS PROXIMONIVEL

Suits é uma das séries que me apanhou de surpresa, comecei por ver um episódio solto da segunda temporada e apesar de não perceber o que se estava a passar na sua totalidade foi o suficiente para me agarrar. Suits transforma o mundo da advocacia num mundo cheio de charme, intriga, brutalidade estratégica e telenovelas mexicanas. Os melhores momentos dão-se quando as personagens descobrem a maneira perfeita de acabar um dos casos, é um momento estranho quando se houve mentalmente o anunciador de Mortal Kombat com as suas palavras imortais “Finish Him”.

Já vamos na 4ª temporada e apesar da telenovela mexicana ter chegado ao seu climax algures na 3ª temporada, isso não quer dizer que não existam outras personagens prontas a assumir as suas responsabilidades para com o amor. O que realmente é único em Suits é a sua premissa e o modo como esta guia toda a série, até ao fim da 4ª temporada o segredo que une as personagens principais vem sempre trazer algo de novo e interessante à série.

Suits - Season 3

Com o duo principal a utilizar uma mecânica de mestre e aprendiz todos esperamos que mais tarde ou mais cedo se dê o inevitável. Não vou mentir, é bastante estranho ver Harvey Specter e Mike Ross de lados opostos da mesa mas quando tal acontece não se pode esperar nada inferior a épico.

Nesta 4ª temporada foi possível trazer as personagens secundárias ao centro da ribalta com vários motivos. Lewis Litt continua a ser uma das personagens usadas para dispersar a tensão do enredo principal devido às suas reações, mas nesta temporada é mostrada a forma como aos poucos é possível que alguém nos surpreenda, e é isso que Lewis Litt consegue finalmente. Apesar de gostar bastante da personagem e de já merecer o devido crédito há bastantes episódios, foi muito bem-vinda a mudança na personagem.

Suits - Season 3

Falando em mudanças nas personagens, esta foi também a temporada onde Donna sofreu grandes pressões e acaba por deixar o espectador perplexo no fim.

Suits consegue efectivamente surpreender a cada nova temporada, as suas histórias que aprofundam as personagens e trazem para a mesa novas facetas dão sempre uma razão para continuar a ver algo novo a cada episódio. Para meu espanto cada vez que uma temporada acaba apesar de ser levantado um pouco do véu sobre a seguinte, a maior parte dos assuntos são finalizados deixando poucas pontas soltas. Fazendo com que existam temas quase independentes em cada uma.

SUITS PROXIMONIVEL 1

No entanto alguns pontos da história são completamente ridículos. Claro que existem alguns planos que funcionam por milagre, mas na sua maioria são satisfatórios, o meu problema com a história centra-se no facto de algumas personagens serem retratadas como estereótipos em algumas situações claramente fáceis de resolver; mas que se tornam extremamente complicadas dadas as atitudes da personagem em questão. Aliás algumas destas atitudes são o que levam a alguns dos piores episódios da série.

Os atores de Suits são muito bons, o núcleo das personagens principais é rico e diversificado, cada personagem sustenta-se e ao mesmo tempo complementa-se com as outras. Existem relações entre estas que parecem ter anos, dando credibilidade ao enredo. Aliás as pequenas histórias do passado entre as personagens acabam por criar alguns dos pontos mais fortes da série. Ainda estou à espera para saber a importância do saca-rolhas…

SUITS PROXIMONIVEL 4

Já no que toca a personagens secundárias, existe de tudo, muitos dos clientes que aparecem em apenas um ou dois episódios não se destacam, enquanto outros se transformam em algumas das personagens mais credíveis do quotidiano de Suits.

A banda sonora de Suits é utilizada de uma forma inteligente, existem músicas que aparecem nos tempos certos de modo a transmitir mais do que as personagens dão a entender.

SUITS PROXIMONIVEL 3

Esta 4ª temporada teve de tudo um pouco e o antagonista principal desta temporada mostrou-se como um verdadeiro sacana, foi uma personagem muito bem trabalhada, e que espero, volte a aparecer no futuro. Afinal os protagonistas são tão bons quanto os seus inimigos.

Se ainda não entraram no mundo de Suits, não sei porque esperam. O mundo da advocacia nunca foi tão interessante, uma mistura de drama e comédia nas doses ideais que dá ao espectador um bom serão.

 

Positivo

  • Ponto de partida
  • História sempre interessante
  • Prestação da maioria dos actores
  • Mike e Harvey
  • Comédia
  • Lewis Litt é uma óptima personagem

Negativo

  • Alguns episódios arrastam-se sem razão aparente
  • Nem todas as personagens são credíveis
  • Alguns momentos demasiado forçados

pn-bom-ana

Latest posts by Alexandre Barbosa (see all)
Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lfo

Aquela Donna!

Nirvanes

😀

Silver4000

Seu tolo!

Nirvanes

Gosto muito da série, a maior crítica que tenho é que parece que nada realmente muda. Não há nenhum change factor. Fizeram o que fizeram com o Mike na última temporada para passado uns tempos voltar tudo ao normal. Fizeram o que fizeram com o Louis no ínicio desta e depois passado uns episódios… tudo normal.
Continua a ser muito porreira e uma boa distracção das ‘grandes’.

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
4
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x