Os ensinamentos da Beta privada de Call of Duty WWII

Podia começar por descrever a Beta, mas prefiro começar por dizer o quão mau jogador de COD tenho sido no multiplayer dos mesmos até agora. Não acreditam? Então dêem uma vista de olhos nesta stream realizada no dia 26 de Agosto deste ano. Pois é, os meus fantásticos resultados atestam o meu título de campeão no último lugar.

Assiste ao vídeo em direto deProximoNivel em www.twitch.tv

Esta Beta privada acaba por ser um festival de carnificina para quem sabe jogar. Afinal de contas, apanhar carne fresca como a minha que acabou de cair no campo de batalha de COD depois de tantos anos ausente, deve ser delicioso. Como é óbvio os cenários lamacentos, o som de explosões e os tons castanhos acinzentados compõem grande parte do visual do jogo, e é isso mesmo que vemos na grande maioria dos mapas. Pude experimentar a beta numa PS4 Pro e posso dizer que o jogo corre com uma fluidez impecável e que tem um aspecto geral bastante bom, não me foi possível parar para apreciar o cenário por isso diria que cumpre a sua função num jogo multijogador agressivo como este.

Existem vários modos de jogo nesta Beta, desde o clássico Team Death Match, que coloca 2 equipas num mapa e que ganhe a melhor. Hardpoint que consiste em aguentar uma zona do mapa o maior tempo possível ou recapturar essa mesma zona. Existe também o Domination, que acaba por ser uma outra versão do Hard Point mas com 3 pontos activos em simultâneo. E o destaque desta Beta que é o War Mode. Este último coloca duas equipas num mapa com objectivos contrários, ou seja, uma ataca certos pontos e a outra tem que os defender. Este modo foi sem sombra de dúvidas o meu favorito, até porque como já vos dei a entender, não sou de todo o melhor jogador de COD em termos competitivos.

Ainda são uma boa seleção de modos que dá para ter uma ideia do que vamos poder esperar quando o jogo for lançado em Novembro. Logo no início temos que escolher um dos ramos do exército, o que acaba por ser uma espécie de escolha de classe, pois existem diferentes tipos de armas para cada um. Podem também personalizar a vossa personagem de entre meia dúzia de avatares pré-feitos, não é que isto mude muita coisa pois no campo de batalha somos todos Zés e o que interessa é a cor da equipa.

É possível ir desbloqueando novas armas conforme vão progredindo no multiplayer. Vão ganhando experiência e algumas moedas que servem para comprar itens que queiram. Também existem alguns items que eu nunca consegui utilizar que são os Score Streaks, estes dão aos jogadores uma arma especial e penso que consegui experimentar o que é estar do lado oposto a quase todas estas armas. De modo a conseguir explicar no que estas consistem: podem levar com uma bomba caída do céu, apreciei muitíssimo a Kill Cam onde se vêem formigas incluindo eu, que levo com a bomba na testa; um molotov que me deixou bem quentinho no meio de uma zona de guerra entre outras belas atrocidades.

No fundo continua a ser uma jogabilidade extremamente rápida, praticamente não existe tempo de re-spawn e um par de tiros é o suficiente para matar outro jogador. Continuamos a ver jogadores cautelosos mas os mapas foram desenhados de forma a não fornecer esconderijos perfeitos, pelo que os famosos campers acabam por não ter um grande à vontade. A seleção de armas permite que os jogadores encontrem uma que se ajuste ao seu estilo de jogo mas o destaque vai sempre para os corajosos e espertos que se armam com baionetas e correm em direção às costas dos inimigos. Continua a ser um multijogador com algumas novidades mas com a jogabilidade que tantos jogadores encanta todos os anos.

Esta Beta recai apenas sobre o multijogador e como tal é apenas um cheirinho do produto final. Assim a 3 de Novembro teremos a oportunidade de voltar à 2ª Guerra Mundial que é um dos cenários mais requisitados pelos fãs, teremos acesso a uma campanha, e um modo multijogador completo, incluindo um modo cooperativo com zombies. Parece que o Call of Duty WW II tem tudo para agradar aos fãs e esta Beta só veio re-afirmar que o multijogador de COD WWII está no bom caminho, por isso vamos aguardar impacientemente pelo lançamento oficial.

Alexandre Barbosa

Videojogos e séries de TV são o seu meio de entretenimento favorito. Desde jogos de plataformas a RPGs todos os jogos são um hipotético interesse. Ganhou também alguns traumas com certos videojogos mas isso já era de esperar. Agora já posso parar de falar sobre mim na 3ª pessoa?

More Posts

Alexandre Barbosa

Videojogos e séries de TV são o seu meio de entretenimento favorito. Desde jogos de plataformas a RPGs todos os jogos são um hipotético interesse. Ganhou também alguns traumas com certos videojogos mas isso já era de esperar. Agora já posso parar de falar sobre mim na 3ª pessoa?