Análise – New Super Mario Bros. U Deluxe

Se foram um dos donos de uma Wii U, existe uma grande probabilidade de já terem jogado New Super Mario Bros. U. Este foi o grande jogo do lançamento da Wii U e regressa agora com todos os dlc e algumas adições à actual plataforma da Nintendo que goza de um sucesso vastamente superior. No entanto os tempos são outros e tenho que admitir que a magia não é a mesma.

Ao iniciar o jogo tudo estará praticamente igual mas com a adição de Toadette. Esta representa o modo fácil do jogo uma vez que tem mais movimentos de auxílio do que os restantes personagens e em algumas situações, como é o caso do nadar, é uma personagem muito mais fácil de controlar. Se juntarem a isso o seu power-up exclusivo, ganham ainda mais movimentos que podem ser utilizados tanto para escapar de situações complicadas, como apanhar algumas das moedas mais desafiantes que outrora poderiam fazer os jogadores arrancar cabelos.

Talvez por já ter jogado New Super Mario Bros. U, a minha reacção ao jogo foi bastante monótona, especialmente nos primeiros níveis. Infelizmente conforme fui avançando pelos vários mundos do jogo essa sensação não desapareceu. Não é que este seja um mau jogo, porque não o é, mas falta-lhe algo, é demasiado previsível  e sem surpresas. No fundo é um clássico numa plataforma com jogos extremamente variados e interessantes que acabam por fazer com que esta experiência já não seja tão importante como outrora para os donos de uma Switch. Isto claro, vem de alguém que jogou o original, para os que não jogaram, talvez seja possível encontrarem aqui um jogo bastante apelativo com vários desafios para testar as vossas capacidades, como eu encontrei da primeira vez que o joguei.

New Super Mario Bros. U Deluxe é então uma aventura bastante próxima dos clássicos mas que assume que está numa plataforma mais moderna e por isso existem mais mecânicas à mistura. Uma das coisas que me trouxe um pequeno sorriso foi agitar o comando a meio de um salto e ver Mario a rodopiar, é apenas uma outra forma de carregar num botão mas não deixa de ser uma boa adição.

No geral os níveis abordam um tema e vão subindo a dificuldade, se a principio as manobras de risco são opcionais, lá para a frente são praticamente obrigatórias e são parte integrante da experiência. O jogo está desenhado para fazer o jogador tirar partido das capacidades dos vários personagens que se comportam de forma ligeiramente diferente entre si. Este é um daqueles casos em que é fácil de pegar no jogo, começar a saltar e apanhar moedas mas obriga o jogador a evoluir se quiser ter melhores resultados.

New Super Luigi U é um dlc para New Super Mario Bros. U que coloca Luigi no centro da aventura com níveis mais curtos mas também com menos tempo e na sua vasta maioria com muito mais a decorrer em cada nível do que seria de esperar. É um desafio um pouco diferente da estrutura clássica que é muito bem vindo.

Algo que funciona bastante bem com este jogo é a portabilidade da Nintendo Switch. Já anteriormente referi com outros jogos mas o facto de ter uma estrutura por níveis torna estes jogos bastante apelativos ao jogador que está em viagem. Podem sempre suspender o jogo em qualquer altura mas é sempre mais satisfatório deixar algo terminado num curto espaço de tempo, neste caso um nível ou dois de cada vez. O jogo funciona bastante bem neste modo e até me fez lembrar a experiência com outros jogos da série New Super Mario Bros. na DS e 3DS.

Os gráficos são aquilo a que chamo o mínimo obrigatório para um jogo desta série. Não espanta mas também não desilude com áreas bem definidas e temas bastante claros no que querem transmitir. À apresentação junta-se a banda sonora que está a par e complementa a experiência. Mais uma vez, não acho que seja algo fantástico, simplesmente assenta bem no espírito do jogo.

Em suma, New Super Mario Bros. U Deluxe é um bom jogo. Para quem não teve a oportunidade de o jogar quando saiu originalmente têm aqui um jogo ao estilo clássico de Mario que é bastante divertido e até podem juntar amigos à experiência, no entanto, se o tiverem jogado vai depender do quanto gostam deste tipo de jogos de plataformas em 2D com o nome Mario. Existe imenso conteúdo condensado neste título mas perdeu algum brio com o tempo.

Positivo

  • Imenso conteúdo para desfrutar
  • Adição de Toadette oferece uma nova maneira de abordar os níveis
  • Continua desafiante
  • Possibilidade de jogar com amigos…

Negativo

  • … ainda que apenas localmente
  • Perdeu o impacto de outrora, sendo apenas mais um

Alexandre Barbosa

Videojogos e séries de TV são o seu meio de entretenimento favorito. Desde jogos de plataformas a RPGs todos os jogos são um hipotético interesse. Ganhou também alguns traumas com certos videojogos mas isso já era de esperar. Agora já posso parar de falar sobre mim na 3ª pessoa?

More Posts

Share

You may also like...