Análise – Mario & Sonic at the Rio 2016 Olympic Games

Parecendo que não já lá vão quase 10 anos desde que este cross-over se estreou. O meu primeiro contacto com estas colectâneas de mini-jogos com o tema dos jogos olímpicos deu-se com o primeiro jogo na Nintendo DS e lembro-me que na altura os jogos eram extremamente repetitivos. Usava-se os botões ou o Stylus em cada mini-jogo sem grande diferença entre estes. Com cada novo lançamento a repetição tem vindo a ficar menor e este Mario & Sonic at the Rio 2016 Olympic Games pode gabar-se de ser uma das colecções de mini-jogos com jogabilidade mais variada na 3DS.

Os mini-jogos podem não parecer muitos a inicio mas são os suficientes para que cada um deles seja jogado de maneira distinta. Poderão ter que usar o giroscópio da 3DS para fazer pontaria, inclinar a 3DS para fazer certas poses (e figuras para quem vos estiver a observar), ou até puxar a 3DS na vossa direção para remar. A Stylus tem um papel secundário sendo que a maioria dos jogos opta pelo giroscópio que é preciso e dá muito mais variedade de acções. Ainda assim continuamos com uma pequena porção de mini-jogos que teimam em ser um carregar frenético de botões, o que se traduz em síndroma do canal cárpico.

No fundo Mario & Sonic at the Rio 2016 Olympic Games é um passo na direção certa, apostando na variedade da jogabilidade em vez de um número excessivo de mini-jogos idênticos. No entanto estamos a falar de mundos fantasiosos que se reúnem para um evento realista e como tal estes mini-jogos têm uma variação que se desprende da realidade e aplica uma nova mecânica que vem diversificar a actividade. Por exemplo o tiro com arco deixa de ser uma conjugação de pontaria, distância e vento para passar a ser uma espécie de tiro ao alvo em movimento.

mario sonic olimpic games pn ana 1

Desta vez as personagens que podemos utilizar em cada evento são restritas a um grupo bastante pequeno. Apesar do total de personagens estar acima das 25 apenas algumas conseguem ser jogáveis em cada evento, ou seja se escolherem jogar Volleyball então podem selecionar uma de 6 personagens ou o vosso mii. Esta restrição não faz qualquer sentido.

Os mini-jogos aqui presentes têm também uma versão plus os eventos que anteriormente eram tratados como dream events, estes modos tendem a aplicar novas regras aos eventos existentes e trocar-nos as voltas. Acabam por ser variações imaginativas e normalmente mais desafiantes do que o original. Um dos meus eventos plus favoritos é o ténis de mesa que se transforma num jogo de pontaria em que quanto mais tempo a bola estiver em jogo maior vai ser a pontuação desse jogo.

O multijogador local de Mario & Sonic at the Rio 2016 Olympic Games é bom, e caso os vossos amigos não tenham uma cópia do jogo podem sempre jogar através do modo download. Este jogo está no seu melhor com amigos ou outras pessoas, quando jogamos sozinhos o objectivo passa pela superações de pontuações altas e desbloquear conteúdo o que se torna enfadonho rapidamente. No entanto nem sempre temos um amigo por perto e é para essas ocasiões que costuma servir o modo online mas Mario e Sonic teimam em ficar presos à década de 90 e o modo online não existe. Num jogo como este e tendo em conta que estamos em 2016 a ausência de um modo online começa a ser absurda.

mario sonic olimpic games pn ana 2

Mario & Sonic at the Rio 2016 Olympic Games conta com um modo história chamado Road to Rio, neste modo controlamos o nosso mii e escolhemos um dos dois ginásios. O ginásio de Mario ou o de Sonic, o nosso Mii recebe de imediato um bónus dependendo da nossa escolha e somos apresentados a uma história básica que nos leva a participar nos vários eventos dos jogos olímpicos. No decorrer desta aventura iremos interagir com várias personagens dos dois universos e enfrentar outras tantas nas competições.

Conforme vão completando eventos vão ganhando experiência e cada vez que passam de nível ganham mais algumas estrelas. As estrelas funcionam como um limite para o equipamento que podemos utilizar. O equipamento não é apenas cosmético dando vantagens em certas áreas, funciona como uma espécie de RPG simples.

Neste modo teremos a hipótese de desbloquear mais personagens jogáveis mas para isso teremos que as vencer num evento plus, devo dizer que existem algumas fáceis de desbloquear e outras que claramente não querem ser desbloqueadas, a verdade é que vai depender em grande parte da vossa perícia e por vezes alguma sorte.

mario sonic olympic games pn ana 3

Um modo secundário de Mario & Sonic at the Rio 2016 Olympic Games é a Pocket Marathon, este modo vai utilizar os passos acumulados na vossa 3DS como passos para uma maratona. Por outras palavras vão correr uma maratona ao vosso passo. Eu achei este modo interessante uma vez que permite dar uso a algo que a maioria dos utilizadores de uma 3DS acabam por acumular mesmo por acidente e ainda vai dar prémios por isso. Em certos pontos da maratona irão desbloquear items para utilizar no jogo principalmente novo equipamento.

Mario & Sonic at the Rio 2016 Olympic Games é uma boa compilação de mini-jogos que conta com alguns dos melhores mini-jogos da 3DS, infelizmente a ausência de multiplayer online deixa-o fragilizado especialmente na sua duração, ainda assim se tiverem amigos por perto este é um jogo divertido que vos vai colocar em movimento.

Positivo

  • Mini-jogos diversificados
  • Utilização das capacidades da 3DS
  • Road to Rio entretém
  • Modo Download Play

Negativo

  • Não existe Multiplayer online
  • Torna-se chato se não for jogado com outros jogadores

pn-bom-2016

Alexandre Barbosa

Videojogos e séries de TV são o seu meio de entretenimento favorito. Desde jogos de plataformas a RPGs todos os jogos são um hipotético interesse. Ganhou também alguns traumas com certos videojogos mas isso já era de esperar. Agora já posso parar de falar sobre mim na 3ª pessoa?

More Posts

Share

You may also like...