Análise – Pokémon Alpha Sapphire e Pokémon Omega Ruby

pokemon-omega-ruby-alpha-sapphire-analise-review-pn-top

Bem-vindos a Hoenn! Desta vez em três dimensões e melhor que nunca…pelo menos graficamente.

Pokémon Omega Ruby e Pokémon Alpha Sapphire são remakes dos originais Ruby e Sapphire para o já quase arcaico GameBoy Advance, remakes para a Nintendo 3DS com uma responsabilidade muito grande, pois vão remexer na nossa geração preferida de Pokémon, ou seja a 3ª.

pokemon-omega-ruby-pokemon-alpha-sapphire-mega-stellix-glalie-pn-n_00016

Quando o jogo começa, somos presenteados com o mesmo início de há 12 anos, e é incrível como o tempo passa e continuamos a ser tratados como mobília. A nossa personagem masculina ou feminina, conforme as vossas opções, chega a casa, acerta o relógio e prepara-se para iniciar a sua nova aventura pela região de Hoenn. Durante esta introdução senti imediatamente falta da personalização da personagem que estava presente em Pokémon X e Pokémon Y.

Alguns minutos após o início da aventura somos apresentados ao nosso primeiro Pokémon, podendo escolher entre Treecko, um Pokémon do tipo erva, Mudkip, um Pokémon do tipo água e Torchic, um Pokémon do tipo fogo. Tal como nos originais, usamos o Pokémon escolhido para salvar o Professor Birch de um Pokémon em fúria.

pokemon-omega-ruby-pokemon-alpha-sapphire-mega-stellix-glalie-pn-n_00137

Após um início clássico, é altura de notar as diferenças. Desde logo é perceptível que os mapas do jogo permanecem idênticos, as mesmas curvas, as mesmas ervas e as mesmas casas, mas agora, com o auxílio do ecrã inferior da Nintendo 3DS, é possível procurar um Pokémon em específico após a captura de um exemplar da espécie. Mas esta procura não se fica por aqui, pois é agora possível ver a habilidade, nível e se existe ou não um ataque diferente, como um Poochyena com Fire Fang a nível bastante baixo. Esta mecânica é muito útil, poupando horas de buscas pelo Pokémon perfeito para a nossa equipa.

Uma outra mecânica que faz a sua estreia é o andar em “pezinhos de lã”. Ao inclinar levemente o Slider é possível andar devagarinho e assim evitar assustar os Pokémon e até passar despercebido nas ervas. Não é tão eficaz como o Repel, mas ajuda.

pokemon-omega-ruby-pokemon-alpha-sapphire-mega-stellix-glalie-pn-n_00133

Um item que faz o seu regresso de Pokémon X e Pokémon Y é o EXP. Share, em que mais uma vez recebemo-lo no início do jogo, com a opção de o utilizar ou não. Pessoalmente acho que o jogo se torna demasiado fácil ao utilizar este item, mas dependende do vosso estilo de jogo.

Uma grande diferença entre os originais e estes remakes, está na maneira como certos momentos nos são quase impostos. Existem alguns segmentos que nos obrigam a efectuar teletransporte entre áreas, colocando-nos logo na direção do próximo desafio. Enquanto isto ajuda os jogadores mais novos ou mais inexperientes, complica a vida de quem gosta de explorar novas áreas assim que estas ficam disponíveis.

pokemon-omega-ruby-pokemon-alpha-sapphire-mega-stellix-glalie-pn-n_00071

Algo que também faz o seu regresso são os concursos, que tal como nas versões originais, escolhemos um Pokémon do qual poderemos ou não tratar de modo a evoluir certas características. Quanto mais bem tratado numa dessas características, melhor o público reagirá, quer à sua apresentação, quer ao seu desempenho contra outros 3 Pokémon.

Musicalmente Pokémon Alpha Sapphire e Pokémon Omega Ruby é “trompetamente” soberbo. Toda a banda sonora do jogo é uma homenagem à original e é certo que nem todas as novas músicas excedem as antigas, provavelmente devido à nostalgia, mas fazem um bom trabalho e existem algumas que eu considero muito melhores.

pokemon-omega-ruby-pokemon-alpha-sapphire-mega-stellix-glalie-pn-n_00215

Com uma apresentação ao nível de Pokémon X e Pokémon Y, há um problema que faz o seu regresso, pois ao ligar o 3D, a frame rate baixa abruptamente tal como em X e Y, e ainda não é possível utilizar o 3D em lutas com mais de dois Pokémon no ecrã.

Durante a aventura de Pokémon Alpha Sapphire e Pokémon Omega Ruby, irão testemunhar uma história já conhecida por quem jogou os originais, mas com algumas mudanças para acomodar as novidades, como as versões Primal dos dois lendários principais do jogo. Estes são importantes para a história e podem ser usados na vossa equipa nestas fases especiais.

pokemon-omega-ruby-pokemon-alpha-sapphire-mega-stellix-glalie-pn-n_00022

Algo que também regressa da 3ª Geração, são as bases secretas. Desta vez, para além de podermos colocar a base do nosso agrado com vários items, podemos mesmo criar alguns desafios e partilhá-los com outros jogadores. Imaginem criar ginásio personalizados e puzzles para os visitantes, mesmo que não tenha todas as ferramentas ideais.

Após um dado ponto no jogo, podemos também sobrevoar Hoenn nas costas de Latios ou Latias. Este primeiro momento em que sobrevoamos o terreno, que sempre conhecemos a caminhar, é absolutamente fantástico. No entanto, este efeito acaba depressa e dada a pouca variedade de locais para explorar, é algo que depressa ficará para segundo plano.

pokemon-omega-ruby-pokemon-alpha-sapphire-mega-stellix-glalie-pn-n_00056

Contudo, existe algo que me deixa muito triste com o jogo após o fim da história. O chamado Post-Game, a altura para os melhores dos melhores treinadores poderem testar as suas capacidades contra verdadeiros desafios, acaba por deixar a desejar em Pokémon Alpha Sapphire e Pokémon Omega Ruby. É uma pena pois esta foi uma das grandes queixas de Pokémon X e Pokémon Y.

Pokémon Alpha Sapphire e Pokémon Omega Ruby é um jogo bastante bom e apelativo. Para os veteranos será um reviver de uma boa história, enquanto os novos jogadores irão experimentar pela primeira vez uma das melhores gerações de Pokémon. No entanto, após completar a história do jogo, pouco resta para fazer e se não fosse pelas novas Mega-Evoluções, diria que X e Y seria o local indicado para a competição. Se vale a pena? Isso vale.

pokemon-omega-ruby-pokemon-alpha-sapphire-mega-stellix-glalie-pn-n_00114

Uma segunda opinião por:
Daniel Silvestre

À semelhança do Alexandre, eu também sou um grande fã da terceira geração de Pokémon. Foi a última que joguei afincadamente antes de fazer um pequeno intervalo que foi rompido com Pokémon Platinum. Por isso, tenho grandes memórias deste jogo.

O factor nostalgia de Pokémon Alpha Sapphire e Pokémon Omega Ruby é muito forte para quem o jogou. O trabalho aplicado neste remake faz lembrar Pokémon Heart Gold e Soul Silver, que resulta como uma versão aprimorada do original.

pokemon-omega-ruby-pokemon-alpha-sapphire-mega-stellix-glalie-pn-n_00159

Apesar de tudo, alguns momentos da história pareceram um pouco mais maçudos e existe muita coisa que desvia a atenção do objectivo principal, o de viajar de cidade em cidade, derrotando os ginásios e explorar o mundo fazendo combates e apanhando Pokémon.

Como não sou grande fã de concursos e afins, passei muito mais tempo a usar funcionalidades como o radar de Pokémon para completar o Pokédex e a desafiar várias vezes os mesmos treinadores apenas pela vontade de combater e subir os níveis dos Pokémon que adoro desta geração. Para isso ajuda imenso o PokéNavPlus, a ferramenta que inclui o rada, o mapa, o PSS, o Pokémon Amie, o Super Training, etc. O PokéNav Plus pode estar sempre aberto no ecrã inferior e funciona como um menu interactivo bastante útil, que vai da simples ajuda, até à passagem de informações sobre o que andam a fazer os vossos amigos, ao estilo de um noticiário.

pokemon-omega-ruby-pokemon-alpha-sapphire-mega-stellix-glalie-pn-n_00120

Enquanto Pokémon X e Pokémon Y tinham como arma o factor novidade, Pokémon Alpha Sapphire e Pokémon Omega Ruby usam o factor nostalgia, o que pode ser uma faca de dois gumes. Afinal o mundo está parecido, mas algumas coisas que foram mudadas acabam por simplificar o jogo, o que é uma pena.

Por outro lado, o motor de jogo de X e Y foi aqui muito bem aplicado e faz com Hoenn pareça ainda melhor e as personagens tenham muito mais vida. Quanto à música, adorei, mas continuo a preferir as originais com o som arranhado das colunas do GameBoy Advance.

pokemon-omega-ruby-pokemon-alpha-sapphire-mega-stellix-glalie-pn-n_00045

Pokémon Alpha Sapphire e Pokémon Omega Ruby não é um remake tão bom como Pokémon Heart Gold e Pokémon Soul Silver, mas é uma óptima forma de continuar a jogar Pokémon durante mais um ano e capturar ainda mais lendários e afins. Se tiverem o Pokémon X e Pokémon Y, então pensem neles como um complemento um do outro, acaba por fazer mais sentido desta forma. No entanto, é impossível não recomendar Pokémon Omega Ruby e Alpha Sapphire, que são mais uma compra obrigatória para a vossa Nintendo 3DS.

Agora vou regressar a Hoenn. Ainda tenho muitos Pokémon para apanhar.

Vejam também  a nossa vídeo-análise de Pokémon Omega Ruby e Alpha Sapphire!

Positivo:

  • Boa apresentaçãopn-recomendado-ana
  • É possível reconhecer os caminhos do jogo original
  • Muitas surpresas
  • Sistema de procura de Pokémon
  • Banda sonora é soberba
  • Sobrevoar Hoenn é uma experiência bastante agradável…

Negativo:

  • …no entanto o efeito “wow” passa depressa e existe pouco para explorar
  • Bastante fácil durante a maioria da aventura
  • Post Game desilude

pn-muitobom-ana

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram