Análise – Invizimals: The Lost Kingdom (O Reino Perdido)

invizimals-o-reino-perdido-ana-pn_00001

Lembram-se dos tempos em que um jogo de plataformas feito a pensar nos mais novos também podia ser jogado e apreciado pelos mais velhos sem pensar em lucros exorbitantes?

Jogos como Sly Cooper Thieves in Time e o recente Ratchet and Clank Nexus (análise em breve) lembram-se claramente disso, mas parece que Invizimals O Reino Perdido não.

invizimals-o-reino-perdido-ana-pn_00011

Invizimals foi um dos grandes sucessos da PSP, (especialmente em Portugal) o que ditava um regresso certo na PS Vita. Porém, foi também feita uma versão para a PS3, que embora tenha várias sinergias com Invizimals: A Aliança, é um jogo bem diferente, para pior.

Enquanto a versão PS Vita é um jogo de coleccionismo e interacção com os Invizimals, a versão PS3 é um jogo de plataformas e acção desajeitado e com problemas graves.

invizimals-o-reino-perdido-ana-pn_00007

Para começar Invizimals O Reino Perdido faz-nos viajar até ao mundo dos Invizimals na pele de Hiro, um rapaz que ganha a habilidade de se transformar em vários Invizimals e de usar os seus poderes para percorrer os cenários ou combater. Curiosamente, esta habilidade de se poder transformar e usar cada um dos poderes funciona num dos poucos sistemas realmente interessantes deste jogo, pois alguns puzzles só são resolvidos com a mudança entre os vários Invizimals e a versão humana.

No que toca à jogabilidade, Invizimals O Reino Perdido é funcional, embora tenha vários problemas de colisão e muitos movimentos pesados. As plataformas são simples e pouco desafiantes e os combate seguem o mesmo caminho, sendo a maior dificuldade o facto de os ataques dos Invizimals serem lentos e com animações demoradas que os deixam expostos a ataques que seriam facilmente evitados. Podem evoluir cada um dos Invizimals com as muitas esferas que vão apanhando, mas a verdade é que podem derrotar a maioria dos inimigos apenas com ataques básicos.

invizimals-o-reino-perdido-ana-pn_00005

Além da campanha, Invizimals O Reino Perdido ainda inclui um modo extra de combate com até quatro Invizimals ao estilo da versão PS Vita. Esta é sem dúvida uma forma interessante de poderem interagir e cruzar os conteúdos que tenham na consola, mas é um extra bem feito que vem agarrado a um modo campanha bastante fraco.

Visualmente, Invizimals O Reino Perdido é um jogo visualmente apelativo, especialmente para os mais novos, embora não seja um portento técnico. Os inimigos parecem clones uns dos outros e grande parte da construção dos cenários usa plantas ou árvores em formato “copy/paste”, mas sinceramente, eu devo ter notado nisso apenas porque já me estava a sentir aborrecido.

invizimals-o-reino-perdido-ana-pn_00006

A música não me pareceu nada má e até faz lembrar a de coisas como Spyro ou Skylanders, porém, as vozes não são nada de especial e curiosamente, as vozes das pessoas que tentam parecer humanas soam pior das que foram feitas para os Invizimals.

Porém o melhor deve sempre deixar-se para o fim e Invizimals O Reino Perdido ainda sofre de um mal maior. Caso não tenham acesso à internet para instalar o patch de quase 2.5 GB emtão preparem-se para ser brindados com vários bugs e problemas. Sem o patch a personagem ficou presa no meio do nada pelo menos por duas vezes e em algumas zonas certas texturas perderam a sua solidez, deixando-me entrar para o vazio do cenário. Isto faz-me perguntar se realmente alguém testou o jogo como deve ser, pois foram problemas que me aconteceram logo nos primeiros minutos de jogo e que foram sucedendo ao longo da aventura.

invizimals-o-reino-perdido-ana-pn_00009

Invizimals and the Lost Kingdom é uma tentativa directa de capitalizar no “irmão” mais novo lançado para a PS Vita, e embora fosse de esperar que não seria um jogo do ano, posso dizer que até os mais novos mereciam mais. Se juntarmos a isto o facto do jogo vir com problemas de origem que só podem ser corrigidos com um patch, então quem não tem a consola ligada à Net vai passar por momentos ainda maiores de frustração.

Só posso recomendar Invizimals O Reino Perdido aos fãs da série ou jogadores mais novos que não liguem a questões tão técnicas. Mas antes de comprar, certifiquem-se que têm a vossa consola ligada à Internet.

Positivo:

  • Podem jogar na pele dos Invizimals
  • Poderes dos Invizimals fazem parte dos puzzles
  • Podem combater com Invizimals em arenas até 4 jogadores

Negativo:

  • Jogo em bruto lançado com erros
  • Jogabilidade atabalhoada
  • Plataformas e combates pouco desafiantes

razoavel-oficial-an-pn-img

Latest posts by Daniel Silvestre (see all)
Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Silver4000

Então é ao estilo do Ben I0.
Algo que também poderia ser bom, mas como é dirigido para a canalha eles nem se dão ao trabalho de grande coisa…

fam dos invizimals

podem me dizer como eu posso ter dragoes no invisimals o reino perdido ?

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
2
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x