Análise: Capitão América: O Soldado do Inverno – Captain America: The Winter Soldier

analise-capitão-américa -2-pn-img2

Marvel chega a meio da Fase 2. A odisseia arrancou com Homem-de-Ferro 3, passou por Thor: The Dark World, irá a Guardiões da Galáxia e fechará com Avengers: Age of Ultron. Um plano organizado e delineado pelo presidente dos estúdios MarvelKevin Feige, que estabeleceu uma lógica de universo integrado entre todos os filmes. Capitão América: O Soldado do Inverno, o segundo filme a solo do arauto da justiça marveliana, tenta redimir-se da decepcionante aventura contra o Caveira Vermelha e preparar o segundo filme dos Vingadores.

Capitão América 2 prometia bastante, pior do que o primeiro filme não poderia ser, Iron Man 3 e Thor 2 tinham superado os filmes antecessores, e a trama inseria o Capitão na era moderna, com o rótulo de thriller político. Tendo em conta que a agenda internacional está preenchida com notícias sobre espionagem electrónica, discussões sobre a linha que distingue liberdade e privacidade, climas de tensão entre zonas geoestratégicas e o perigo do acesso aos segredos de estado, Capitão América 2 poderia conjugar a aventura do super-herói e os problemas do mundo real.

analise-capitão-américa -2-pn-img3

Após os eventos em Nova Iorque, Steve Rogers (interpretado por Chris Evans) tenta adaptar-se à nova realidade, uma sociedade tecnologicamente sofisticada mas com os mesmos problemas presentes na Segunda Guerra Mundial, ou seja, com questões escorregadias de liberdade e segurança. Perante um cenário em que o Capitão América não pode confiar em ninguém, o Vingador e a Viúva Negra (Scarlett Johansson) buscam a verdade dos acontecimentos à margem da S.H.I.E.L.D.

O elenco de Capitão América 2 está composto por todos os actores que o dinheiro pode comprar. Além dos actores obrigados contratualmente (Sebastian Stan, Cobie Smulders, Dominic Cooper, Hayley Atwell Samuel L. Jackson), a Disney contratou Emily VanCampFrank Grillo, Callan Mulvey, G eorges St-Pierre, Anthony Mackie e Robert Redford, que recusava participar em grandes produções há 20 anos, para abrilhantar a película.

analise-capitão-américa -2-pn-img5

A realização dos irmãos Anthony Russo e Joe Russo poderá ser entendida enquanto paradigma dos filmes com super-heróis Marvel, estando repleta de acção frenética, com personagens evoluídos e diversão em quantidades industriais. Mérito para as sequências de acção, que encaixam nas exigências da lógica narrativa (talvez haja um evento imposto à pressão). As cenas de combate corpo a corpo e tiroteio – raras nos filmes Marvel – são espectaculares, coreografadas com bastante detalhe e estética.

No capítulo da produção, efeitos especiais, mistura sonora e edição de imagem, mais uma vez, a Marvel artilhou-se com os melhores. Não há qualquer interpretação artística anexada, mas do ponto de vista técnico, não há uma única nódoa.

analise-capitão-américa -2-pn-img4

Apesar da expectativa por algo maior, Capitão América: O Soldado do Inverno não é mais do que um filme de super-heróis (The Dark Knight é provavelmente o Citizen Kane do género). É tão divertido como a vaga de filmes pós-Vingadores, mas já está na altura de arriscar uma trama que evite o enredo “à banda-desenhada” (SPOILER ALERT: Personagens que morrem e não morrem; derradeiro showdown com o vilão; e o mesmo inimigo de sempre).

Capitão América 2 é a prova acabada de que a Marvel não precisa, nem irá, alterar a rota traçada. Guardiões da Galáxia é um desvio controlado, porque a temática mantém-se, e a oferta não ultrapassa o entretenimento. Seria interessante se o passo seguinte colocasse os super-heróis Marvel em conflito com o mundo em redor (o Justiceiro, o Demolidor e o Capitão América possuem esse perfil), sem descer para a receita “certinha” de Kevin Feige ou o lado obscuro de Nolan (The Dark Knight foi bom, mas Man of Steel desvirtuou o material original).

The Dark Knight é memorável porque o vilão expõe os problemas da sociedade e revela o verdadeiro caracter dos outros personagens. No universo do Capitão América, uma alavanca que desencadeasse essas reações, traria valor acrescentado (Capitão América 3?).

Positivo

  • Capitão América contra o sistemapn-recomendado-ana
  • Chris Evans é um Capitão América bestial
  • Robert Redford
  • Update de Crossbones e Batroc
  • O cameo de Stan Lee
  • Pós-Créditos

 

Negativo

  • O que fizeram com Nick Fury?!
  • Winter Soldier. Tem carisma mas é mais um vilão Marvel pouco memorável
  • O verdadeiro inimigo do Capitão América, também é inimigo do filme 

pn-bom-ana

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
26 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Silver4000

Eu gostei do primeiro Capitao América, Thor e Iron Man, as sequelas jà nao achei assim tao boas como os primeiros, no caso do iron man até jà deviam de ter parado…
Sou do contra entao x), mas este interessou-me e espero gostar dele. Porque antes até achava que a personagem não era nada especial ”pff capitão américa, para os américanos se armarem”.

Edgar Silvestre

Acho que estás contra a corrente neste tópico Silver, os filmes da Fase 2 estão mais maduros no capítulo da realização, aliás mudaram os realizadores, os estúdios aprenderam com os erros e os textos estão melhores. A Fase 1 serviu de construção (se calhar é a tua cena), agora estão no desenvolvimento. Eu praguejei durante a análise, mas foram duas horas bem passadas.

Silver4000

Depende, por acaso achei que tiveram uma base solida para a introdução de cada heroi, e que estiveram uns filmes bons, gostei mais do Thor e Capitão América que do Homem de Ferro.
.
Depois veio o Iron Man 2 e os Avengers, simplesmente maus, foram mesmo so para expremerem dinheiro.
.
E então volta Iron Man novamente, mau filme, e nem digo isso devido ao vilão que não era vilão, a plot foi logo previsivel, o toto nerd mal tratado… é obvio que seria ele o vilão, depois o Tony com os ataques de ansiedade… e depois o verdadeiro vilão que me fez lembrar o Twillight… foi mal feito, podiam ter aproveitado bem o vilão que fingiram ter.
.
Thor 2, também achei algo fraco, quando o Loki ”morreu” era mais que obvio que aquilo era uma ilusão. E a historia no fim sofreu um pouco, jà que queriam ligar aos Avengers e isso… não achei assim tão negro o quanto diziam que seria, aliàs o filme tinha muitas partes parvinhas, que incluiam a ”assistente” da Jane.
.
Neste, pelos trailers via-se um Capitão América que agora gostava de se armar e tal, mas como gostei do primeiro e este tem um tema interessante espero vir a gostar também.
.
Porque acho que os filmes sofrem mesmo devido a quererem ligar aos Avengers, se deixassem isso de lado e metessem um camêo de outro heroi com poderes, e não so da Scarlet Jonasson, que é bem vindo, mas faz pouco. é por isso que não quero o Homem Aranha là, deixem a Sony com a sua ideia da franchise, que està a ser boa.
.
Esses são os motivos pelos quais até fiquei entusiasmado com o Guardians of the Galaxy, o trailer foi o melhor que podiam ter feito e pelo menos não acho que vão juntar ao Avengers e por isso não deverà sofrer do mesmo problema.

Edgar Silvestre

Tens pontos legítimos Silver. Sinceramente, no que respeita ao Iron Man, acho que o Shane Black fez um melhor trabalho do que o Jon Fauvau. Não gostei dos dois primeiros Homem-de-Ferro.

Quanto aos Guardiões da Galáxia, lamento informar caro Silver, mas estão a preparar um combate entre o Thanus e os Vingadores, não será no segundo filme, mas no terceiro. Quanto à lógica de universo integrado e expansivo, não me incomoda porque já estou habituado dos animes.

Silver4000

Oh bem… penso que serà mais engraçado ver duas equipas de herois num filme.
Pode ser que se safem com essa:P

Marco Fernandes

Devo dizer que estou a simplesmente delirar com a Fase 2 da Marvel, todos os filmes e histórias cresceram, e cresceram em qualidade!

Silver, 2 equipas de herois num filme? Seria perfeito! Então se fosse o arco de histórias Avengers vs X-men, seria lindo!!!!

Silver, deixa-me só dizer que o pormenor dos ataques de ansiedade do Tony Stark, não do Iron Man (if you know what I mean), são um toque de génio. Estamos a falar de um homem de negócios, completamente irresponsável que passa de lutar contra pessoas avariadas da cabeça, para lutar contra ALIENS! Aliens que ele nem sabia que existiam, e ainda para mais luta lado a lado com um DEUS (MEME TIME: Luta ao lado de um Deus, contra um Deus, e continua Ateu :P)!!! Sem esquecer que nessa batalha ele se sacrificou pelo mundo inteiro, sendo salvo pela sua armadura!
Como opinião pessoal, este pequeno momento foi uma lição à DC, a Prof. Marvel entrou e disse “Meninos é assim que se torna um herois mais real, mais credível enquanto ser humano!l!” (Atenção, sou super fã da DC, mas nos cinemas a Marvel está a mostrar como se faz. Porque faz sucesso sendo fiel às suas personagens e universos).

Opiniões são opiniões, e devo dizer que que não posso deixar de concordar com os pontos apresentados tanto pelo Silver como por ti Edgar (EXCELENTE TRABALHO, como sempre!).

Ansioso por ver este filme! E todos os outros que se seguem 😉

Silver4000

Sim se formos a ver é mais real, mas meteram isso nas alturas erradas.
Uma delas era enquanto o Tony estava com o miudo no meio da rua…

Marco Fernandes

Eu pecebo o que queres dizer, mas para mim, enquanto estudante de psicologia, esse tipo de ataques fora de hora e contexto tornam tudo mais real. Porque esse tipo de ataques são impulsionados pelo que se passa na cabeça do indivíduo e não pelo meio que o rodeia. Desculpa ser chato, mas só assim conseguia explicar-te o porquê de eu ficar tão fascinado com esses momentos do filme XD só espero que quando vires uma segunda vez o filme possas apreciar melhor esses momentos de humanidade de um herói, porque, palavra de alguém que até percebe de doenças mentais (XD), estão muito muito bem conseguidos 🙂

Edgar Silvestre

Viva Marco. Obrigado pelo elogio, depois de algumas horas valentes em redor da análise, é sempre bem recebida a apreciação do pessoal que visita o site. A dimensão humana que a Marvel quer explorar nos super-heróis é bem-vinda, aliás, misturada com a fantasia, é uma das bases do sucesso desta nova vaga de super-heróis no cinema. Em relação ao Tony Stark, a questão dos ataques de ansiedade é reincidente ao longo do filme. A mensagem estava entendida, poderiam ter explorado a angústia do personagem no comportamento ou nas relações com os demais. Uma questão de opção.

Marco Fernandes

Eu é que agradeço, boas e excelentes Reviews em bom Português! Não querendo desvalorizar o trabalho da restante equipa do PróximoNível, que eu admiro, para mim este tornou-se o meu site sobre noticias de cinema, e não de videojogos.
E acredito que o retorno financeiro, se é que existe, mal deve chegar para os bilhetes de cinema e para as pipocas, por isso, eu é que agradeço!!! 😀

Concordo, de um ponto de vista cinematográfico, os ataques não foram empregues da melhor forma e nas melhores alturas.
O que importa mesmo é que os filmes continuem a crescer em qualidade, porque para os fãs de Comics estes últimos anos têm sido fantásticos!!

Edgar Silvestre

thanks, indeed é por paixão que o PróximoNível existe

Silver4000

Ora, chato nada, é bem bom ter estas ”discussões” e trocas de pontos de vista 😉
E sim, percebi o que querias dizer.

Marco Fernandes

è verdade sim senhor! Afinal, não estamos aqui para ganhar nada, mas sim para nos ajudarmos uns aos outros a apreciar estas valentes obras de arte que são os filmes e os videojogos 😀

Lfo

Destes filmes Marvel, sempre gostei de todos. Quanto ao 1ro Cap, gostei até bastante, teve lá uma ou outra cena que me deixaram bastante satisfeito. Lembro-me agora do treino na tropa, a cena da bandeira e da granada são das minha favoritas.
Agora este segundo devo ir vê-lo já no Domingo.
“É tão divertido como a vaga de filmes pós-Vingadores”
Este é um factor que aprecio bastante neste tipo de filmes, então a Marvel é eximia neste tipo de coisas e a cena do Sir Ben Kingsley, foi tão divertida, e mesmo no Thor 2, com aquela cena no metro, penso eu, também gostei.
Quanto às notícias que dizem que o Chris Evans vai trocar a cadeira de actor pela de realizador, que pensas sobre isso? Terá futuro?
E quanto a um possível filme da Black Widow, será que vai mesmo para a frente? Eu não sigo os comics por isso não sei se há material suficiente para uma solo-movie.

Edgar Silvestre

Foi uma nota difícil de dar a este CA2. Para o género está muito bom, mas eu fiquei desiludido, queria algo mais profundo, que me deixasse a reflectir após o filme. Enfim. O Chris Evans é um tipo cheio de sorte, além de namorar a Minka Kelly pode fazer o que lhe dá na telha. Ele realizou recentemente um filme para o mercado asiático e é possível que tente a carreira de realizador. Mas se a Marvel acenar com um maço de notas, ele muda de ideias. Quanto ao filme da Black Widow, ainda não temos a confirmação oficial. Duvido que resulte, a personagem não tem nenhum super poder além de ser super sexy.

Kanudo

Eu gostei do 1º filme do Capitão América portanto estou com expetativa de gostar deste também. Algo que não chegaste a referir foi o Falcon, a personagem é interessante ou é mais um Hawkeye? x)

Edgar Silvestre

é verdade. não tem impacto na história, mas levou um bom update. o original da BD é um bocado foleiroera

David Rodrigues

sou só eu a achar que o cabelo da Scarlett Johansson está horrivel neste filme? xD

Lfo

???

Duarte

WAT O.O

Edgar Silvestre

dei me ao trabalho de ver o visual da Viuva Negra nos Vingadores e tens razão. se calhar foi uma opção por causa dos duplos ou das cenas criadas por CGI

Bino

Gostei da análise em video, bom trabalho. Ainda não vi o filme mas fiquei com uma ideia bastante clara do que esperar.

Cerberus Batista

já vi o filme e vendo como acabou SPOILER! o que vai acontecer com a serie shield? e já agora o quicksilver e a outra vão ser vilões?

Edgar Silvestre

o quicksilver e a feiticeira escarlate são membros dos vingadores (good people) quanto à série agents of shield…. é uma boa pergunta

Cerberus Batista

a serie continua como não se passasse nada o que acho estranho mas também se mudassem já quem não tivesse visto o filme apanhava spoiler na mesma se calhar quando o dvd sair devem mudar essa parte ou então até acabar a serie penso eu.

André Soares

Como muitas pessoas sabem agora é mesmo preciso ver todos os filmes e a serie “agent of shield” da marvel para se entender as historias dos filmes.
Para quem vê a serie “agent of shield” sabe o que aconteceu ao nick fury.

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
26
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x