Análise – Sonic Mania Plus

Sonic Mania foi lançado no ano passado e alcançou rapidamente o estatuto de melhor jogo do ouriço azul dos últimos 25 anos. Agora, praticamente um ano depois do seu lançamento, chega até nós um dlc com conteúdo extra, parte dele pago e parte dele gratuito.

Do lado gratuito temos um update ao menu, transições de níveis, Boss e alguns frames de animações extra. O conteúdo pago são duas personagens jogáveis: Ray e Mighty, assim como o modo de jogo: Encore.

No fundo este lançamento vem colmatar algumas falhas do original e oferecer mais conteúdo. O modo Encore troca-nos um pouco as voltas. Começamos a jogar com Sonic na zona Angel Island de Sonic 3 e pouco tempo depois estamos perante uma cápsula que contém Mighty e Ray, as duas novas personagens. Ray é um esquilo voador e como tal a sua habilidade é planar, ao contrário de Knuckles, Ray consegue ganhar alguma altitude e velocidade rapidamente mas exige alguma habituação. Mighty tem duas habilidades bastante úteis, a primeira é transformar-se numa bola e atirar-se contra o chão com a força suficiente para partir certas zonas e fazer itens cair de árvores etc. no entanto quando em formato de bola conseguem também proteger-se do dano de picos, esta habilidade é extremamente útil pois funciona até em alguns Boss.

A outra grande mudança no modo Encore são as vidas, ao contrário do normal, ou seja, recolher 100 anéis e ganhar uma vida, aqui vão ter que salvar as personagens. Quando uma destas morre têm que voltar a desbloqueá-la, seja por um monitor ou pelo novo mini-jogo a que podem aceder quando passam por um check-point. Falando nesse mini-jogo, este trata-se de um tabuleiro de pinball onde podem ganhar escudos, anéis e desbloquear as personagens perdidas ao estilo de Knuckles Chaotix; tal como Sonic Mania, também este dlc está repleto de pequenos callbacks.

No modo Encore todas as special stages foram revertidas, ou seja: o percurso é igual mas ao contrário, a 1ª special stage corresponde à 7ª etc. Neste modo os níveis sofreram pequenas alterações, sendo a maior uma alteração de cor, alguns níveis foram modificados e graças às novas transições o jogo está realmente completo.

O modo normal, ou seja o modo Mania sofreu os mesmos updates, exceptuando a palete de cores que se manteve, assim como a forma clássica de se jogar, tendo sido acrescentadas as duas novas personagens a solo. Temos ainda um modo local para até 4 jogadores que acaba por ser uma distracção engraçada.

Sonic Mania Plus veio colmatar as falhas do original, as novas transições e alterações de alguns Boss tornaram o jogo mais completo, a inserção de Mighty e Ray veio dar mais variedade a um jogo bastante divertido e como um todo é mais do que suficiente para nos entretermos por mais algumas horas.

Positivo

  • Novas transições e mudanças no geral
  • Mighty e Ray são personagens bastante diferentes das restantes
  • Modo Encore faz um bom trabalho ao oferecer um novo desafio a quem já jogou o original

Negativo

  • Algum do conteúdo adicionado não vai tão longe como seria de esperar

Alexandre Barbosa

Videojogos e séries de TV são o seu meio de entretenimento favorito. Desde jogos de plataformas a RPGs todos os jogos são um hipotético interesse. Ganhou também alguns traumas com certos videojogos mas isso já era de esperar. Agora já posso parar de falar sobre mim na 3ª pessoa?

More Posts

Alexandre Barbosa

Videojogos e séries de TV são o seu meio de entretenimento favorito. Desde jogos de plataformas a RPGs todos os jogos são um hipotético interesse. Ganhou também alguns traumas com certos videojogos mas isso já era de esperar. Agora já posso parar de falar sobre mim na 3ª pessoa?