Triangle Strategy prova que os SRPG estão vivos

Jogos de nicho é uma expressão muito usada na indústria para tudo aquilo que são jogos ou menos conhecidos, ou que foram “perdendo” parte da sua relevância perto dos jogadores. Por outro lado, sabemos que muitos destes jogos deixaram de ser procurados não por falta de público, mas sim porque as empresas deixaram de apostar neles pensando que o seu tempo já tinha passado.

Triangle Strategy celebrou recentemente 900.000 unidades vendidas e quando estiverem a ler estas linhas, já deve ter ido muito além disso. É um dos poucos jogos que recorre ao visual retro com a nova tecnologia HD-2D da Square-Enix e tal como Octopath Traveler antes dele, revisita um género que tem cada vez menos representação, os RPG de estratégia (SRPG).

Os SRPG têm vindo a desaparecer do mercado por um motivo muito simples, muitos dos jogadores de hoje em dia querem uma coisa mais imediata e não nos podemos esquecer que uma boa franja do crescimento recente de videojogos são crianças que querem jogar jogos com os amigos e jovens aultos que procuram algo mais simples.

Por isso mesmo, um JRPG como Octopath Traveler ou um SRPG como Triangle Strategy são muito importantes para provar que a audiência ainda existe, mesmo que não sejam o suficiente para vender 10 ou 20 milhões de unidades. Tal como foi provada na crise da geração da PS3 e Xbox 360, a procura por jogos de terror puro ainda existiam, as companhias é que pensavam que não, o que deu espaço aos estúdios indie para aproveitar essa falta de propostas.

Por isso mesmo Triangle Strategy prova agora que os SRPG à moda antiga continuam bem vivos. Ainda existe quem tenha paciência para longas batalhas com posicionamento e gestão promenorizada de personagens. Quem ainda queira levar com horas e horas de exposição para poder tomar decisões que alteram a história e o mundo de jogo. Essas pessoas existem e existe é pouco conteúdo para as saciar na verdade.

Eu tenho estado a jogar Triangle Strategy para análise e tenho adorado a experiência. Já não jogava um jogo deste género com tanta alma desde os Final Fantasy Tactics e Final Fantasy Tactics Advance. Claro que existem sempre os Fire Emblem, os XCOM e os Mario + Rabbids, mas este jogo tem a essência dos velhos tempos com anos de evolução de videojogos.

Podem ler a nossa análise de Triangle Strategy em breve.

 

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram