PróximoNível ao Domingo T2 – Artigo 4 por Tylarth

pnd-especial-4-tylarth-top

Sejam bem-vindos ao PróximoNível ao Domingo, também conhecido por PND.

Neste PND vou dar-vos a conhecer séries e jogos que me marcaram de alguma forma, desde jogos mais antigos a mais recentes. Se não se lembrarem é porque estou a ficar velho ou tenho muito mau gosto.

Weekly Recap:

A PS4 foi lançada na passada sexta-feira em território Europeu e a adesão há nova consola foi como o esperado, enorme. Na verdade está esgotada em quase todas as superfícies comerciais, espera-se no entanto que voltem a estar em stock por volta de dia 23 de Dezembro.

No entanto aconteceu algo muito mais importante, o PróximoNível completou com sucesso 1 ano de existência! Parabéns PN!!

Para recordar:

Decorria o Natal do ano de 1995 quando coloquei as mãos na minha primeira consola, a exorbitante MegaDrive! O meu tio ofereceu-me a consola com 2 jogos, The Revenge of Shinobi, o qual me perturbou até há pouco tempo, durante anos tentei passar o jogo e só este ano é que consegui tal feito, acham-se os maiores por terem passado o Dark Souls ou derivados? Ora tentem lá passar este pesadelo em forma de cartucho que logo falamos.

O que eu sofri para ver isto!

pnd-especial-4-tylarth-shinobi

O jogo convida-nos a perder vidas como se não houvesse amanhã, afinal é do tempo em que a memorização dos níveis era essencial para chegar ao fim, antes de inventarem os sagrados “save point’s” que hoje tanto se abusam. Confesso que tenho saudades de jogos deste género em que perder a última vida era sinonimo de Game Over. O que me leva até ao outro jogo que recebi nesse Natal, Sonic The Hedgehog, o primeiro jogo que completei a 100% demorei quase 2 anos a fazê-lo pela primeira vez. Colecionar 100 anéis para ganhar aquela vida extra, ou os 50.000 pontos para um Continue era uma aventura, sim porque se tivéssemos um continue significava que veríamos este ecrã em vez de um GAME OVER em letras bem grandes.

pnd-especial-4-tylarth-sonic

Deixem nos comentários o vosso maior pesadelo em forma de videojogo, vamos ver se mais alguém conhece o meu mundo de dor.

Tendo em conta que estamos (finalmente) no início de uma nova geração, é importante recordar os melhores momentos, mas ainda mais importante recordar os piores para que não se voltem a repetir.

Em 2007 quando comprei a PS3 aconteceu um desastre que quase me levou a consultar um psicólogo, Sonic The Hedgehog, a versão 2006 (ou Sonic The Hedgehog Nextgen), a dar os primeiros passos na atual geração havia jogos como Resistance Fall of Man, Motorstorm, Genji entre outros, mas de todos qual foi o que eu escolhi? Sonic 06! Tenho uma relação amor ódio com este jogo, quero tanto gostar dele e ao mesmo tempo deparo-me com bugs e glitch’s que não lembram a ninguém assim como uma história que teima em “paradoxar”. Acham que jogaram um jogo pior na atual geração? Convido-vos a experimentarem este jogo maravilhoso onde tudo é perfeitamente mal executado e a tirar as vossas conclusões.

Mas tal como Sonic 06 houve muitos mais jogos durante esta geração que andam a competir com E.T. (ATARI 2600) pelo título de pior jogo, de todos os que experimentei posso afirmar que o que mais se aproxima desta honrosa comparação é Mindjack, um conceito brilhante e uma execução terrível. Esperemos que não apareçam mais jogos desta categoria no futuro.

Para jogar:

Uma das franchises que surgiu e quase se apagou nesta geração foi Assassin’s Creed, em 2007 a série deu um passo importantíssimo para grandes jogos de hoje em dia, os primeiros passos na liberdade de um mundo aberto bem detalhado, nos tempos da PS2 eles já existiam mas eram bastante “quadrados”, seguiu-se Assassin’s Creed 2 que elevou a série a patamares altíssimos e como muitos sabem, quanto mais alto se sobe… Os 3 títulos da série principal que se seguiram foram claramente inferiores, no entanto Assassin’s Creed IV: Black Flag veio com uma missão, entrar na nova geração de consolas e reclamar o potencial da série, posso dizer-vos que desde Assassin’s Creed 2 que não era tão divertido ser um Assassin, assim sendo proponho-vos darem uma merecida oportunidade a este jogo e certamente não se vão arrepender.

Para terminar as minhas recomendações, existem muitos jogos que poderiam fazer parte desta, no entanto apenas um é capaz de nos roubar as horas livres dos nossos dias, apenas um é capaz de nos estontear vezes sem conta mesmo sabendo o que nos espera, e esse jogo é… O Tal!

Não conhecem? Deixem que eu vos explique de que jogo se trata. O Tal é o jogo que vocês sempre gostaram, é o jogo ao qual perdoamos todos os erros em favor da diversão, é a história que nos prende e visitamos vezes sem conta, é o nosso jogo preferido que provavelmente não jogamos há algum tempo mas que temos a intenção de um dia mais tarde, nem que seja no lar da terceira idade o passar uma última vez, é O Tal que entrou na nossa vida de rompante para nos roubar horas e fornecer aquele tempo de alegria que só O Tal nos proporciona. Por isso e dado que estamos prestes a entrar numa nova geração porque não revisitar O Tal!?

No meu caso O Tal! É qualquer jogo de Sonic, não me canso deles por piores que sejam.

Qual é o vosso?

Para ler:

Era uma vez um rapaz chamado Oga que se encontrava no 10º ano de escolaridade na pior escola do país. Uma tarde enquanto estava ao pé do rio passou um homem a flutuar que se abriu ao meio e saltou de lá de dentro um bebé demónio que se afeiçoou a Oga conferindo-lhe poderes sobrenaturais para derrotar todos os seus rivais. Enquanto isso o grande imperador demónio revela que esta é a primeira parte do plano de dominação da Terra.

Parece-vos que endoideci? Mas esta é a premissa do manga que vos quero recomendar, Beelzebub. É escrito e ilustrado por Ryuhei Tamura, e publicado pela Weekly Shōnen Jump desde fevereiro de 2009. Ganhou alguns prémios e teve uma adaptação em anime que cobriu a primeira parte do manga tendo parado em 2012. Ainda assim o manga continua e cada vez melhor.

pnd-especial-4-tylarth-beelzebub

Para ver:

Fui recentemente atacado por uma raça de coelhos que vai no seu 6º ano de existência; primeiro roubaram o protagonismo a Rayman, depois tentaram conquistar a Terra com um exército de submarinos amarelos voadores, de seguida tentaram controlar a TV, como nada deu resultado decidiram ir para casa… O que se segue? Perguntam vocês. Nada mais, nada menos do que um desenho animado, Rabbids Invasion está a ser transmitido desde Agosto e ao que parece os tresloucados coelhos vieram para ficar. Para mim foi engraçado ver o crescimento de uma série que começou no fim da passada geração como uma desculpa para uma colectânea de minijogos acabando por se tornar uma das imagens de marca da Ubisoft.

Os episódios são compostos por 3 vídeos de 6 minutos que tratam histórias diferentes e são engraçados de ver. Deixo-vos um excerto de um dos episódios.

http://www.youtube.com/watch?v=xbQrOqN4rpI

Apesar dos bugs serem sempre chatos, existem alguns que ainda assim conseguem fazer-nos dar umas valentes risadas, um dos melhores bugs que já vi num jogo foi o “Ascension of the Jackdaw” no AC4.

Por parte do canal do youtube RandomEnconters deixo-vos aqui um dos musicais sobre videojogos dos muitos que existem no canal deles, desde Zelda, Pokémon, Mass Effect e até Assassin’s Creed.

Assim sendo despeço-me e não percam o próximo PND porque eu também não!

PND da próxima semana por: BrunoRoxas.

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
23 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lfo

Beelzebub é genial!!! 😀

tylarth

É muito bom mesmo.

Gomas20

Mais um grande PND, parabéns Tylarth !!!

tylarth

Obrigado!

_GM_

O meu pior pesadelo no que toca a videojogos? Talvez uma versão hack do Tiny Toon Adventures… Essa versão chamava-se Super Mario 6. A única diferença entre o original e a versão hack é que o protagonista em vez de ser o Bugs Bunny, é o Super Mario.

Mas o pesadelo que tive foi logo no ultimo nível do primeiro World do jogo. O nível passava-se numa mansão assombrada, com fantasmas e abóboras, etc.. Mas não foi isso que me afectou muito. O que me afectou foi o boss em si. O boss era um doutor com um penteado estranho, uns óculos de mulher com lábios pintados e que andava de skate. E eu não sabia que para o derrotar tinha que tocar na cabeça dele. Como eu jogava muito SUper Mario Bros, pensava que assim como lutava contra o Bowser, se tocasse nesse boss eu perdia uma vida. E então ficava sem saber como o derrtar.

Por causa disso cheguei a ter uma pesadelo. Mas depois lá consegui derrotar esse boss e consegui progredir no jogo. Nunca cheguei ao fim do jogo, mas este jogo foi literalmente um pesadelo xD

Bom PND Tylarth! 😉

tylarth

Não conheço esse jogo, mas aquele revenge of the shinobi era mesmo dificil xD

_GM_

Também o jogo que mencionei não é difícil.. mas para mim e para a idade que jogava era 😛

Jogo difícil que joguei foi mesmo o Contra na NES.. o primeiro lvl passava na boa já o resto era dominado :S

Alistair

Bom PND, tylarth! 🙂

Já vi o anime todo de Beelzebub e gostei muito. Fartava-me de rir com aquilo! E mais, a Kunieda Aoi tornou-se uma das minhas personagens anime femininas favoritas.

Daniel Silvestre

Alistair, sempre estás a pensar em fazer um dos próximos PND?

Alistair

Sim, estou. Vou ter uma semana livre, depois desta, por isso, tenho tempo para escrever. 😉 Posso ficar na lista, então?

Lfo

Eu sou a seguir ao Roxas e depois de mim ainda não está niguém.

Guilhathorn

Eu também já tinha dito que queria escrever um deles nos comentários do PND 24, pensava que já estavas a contar comigo. Se não, mete-me na lista xD

Guilhathorn

Gostei do conceito do “O Tal” (jogo), foi bem pensado relembrar o lado “mágico” das autênticas obras de arte com que nos deparamos ao longo do nosso percurso enquanto “gamers”. Há sempre um Tal jogo ou um Tal filme ou ainda um Tal livro que nos transporta de volta ao bom tempo que foi quando o jogámos/vimos/lemos (normalmente durante a nossa infância). Só por isso, parabéns Tylarth!

tylarth

Obrigado xD

Eduardo Duarte Ferreira

agora vao ter de remodelar o site por causa das novas consolas. certo?

Litos1995

Tenho jogado o AC4 e felizmente ou infelizmente ainda não vivenciei esse bug mas a música de fundo está perfeita para a situação xD

Majinalex

FOi um bom PND Tylarth. De facto concordo contigo acerca de Dark souls a dificuldade nao é assim tao grande comparado com os jogos de antigamente e com alguns jogos em modo Hard…e eu joguei esse shinobbi e acho que consegui passa-lo…nao havia save games e nao podia ter a consola sempre ligada…mas se era aquele em que aparecia o homem aranha eu passei…tb joguei outro em que ele tinha um cao mas esse nao passei porque nao era meu

tylarth

Ya numa versão antiga tinha o homem aranha, uma espécie de batman e mais um que não me lembro agora.

Majinalex

Olha nem sabia que havia varias versoes

Bruno Roxas

Adorei ler o teu PND Tylarth. 😀
A minha primeira consola também foi a Mega Drive, na altura recebi-a com o Mega Games 1 (Super Hang-On, Italia 90 e Columns) e Sonic 1. Também adoro Sonic e foi a mascote da Sega que me levou a apaixonar-me por videojogos, Sonic foi o meu primeiro grande vício e com muito orgulho. 😀
Cheguei a jogar Shinobi e sei que o jogo é terrivelmente difícil mas nunca me dediquei a tentar passá-lo. Mas já que ando numa de recordar jogos retro, porque não tentar passar o jogo nos dias de hoje? :p
Adorei a sugestão de ”O tal” e eu penso como tu a respeito disso, daí andar mais virado para recordar grandes jogos que marcaram a minha infância do que propriamente jogar títulos novos desta geração (embora também o faça e bastante).
Nunca li Beelzebub nem vi o anime, mas está na minha lista de espera. 😀
cumprimentos e mais uma vez, excelente PND!!! 😀

tylarth

Existe uma versão actual do shinobi na coleção sega vintage na ps store, eu aconselho porque (dá para gravar quando queres, mas não contes a ninguém) Mas eu muito sinceramente admiro jogos que conseguem ser dificeis sem serem injustos, hoje em dia o que mais se vê é jogos injustos em vez de dificeis, aumentam as barras de vida dos boss, retiram-te poder, isso não é dificil. Dificil é o jogo que mantém as vidas iguais e te dá uma trabalheira a descobrir como derrotar os boss, quer dando ataques novos mais complicados de desviar ou defender, no caso do shinobbi o último boss tem dois endings e recompensa-te caso descubras como o derrotar rápidamente.
O mais parecido que encontrei nesta geração foi o ninja gaiden, é bastante complicado acima da dificuldade normal, e embora também use um pouco aquilo de aumentar a vida dos inimigos dá-te todas as armas para defender e desviar na boa se conehceres os padrões de ataque.

O anime do beelzebub não é muito fiel, mas é bastante cómico. O manga em si é sempre bem disposto e a história é brutal.

Avolta

O Manga é muito bom, o anime se gostares de porrada e de comédia (Mas não ao estilo Fairy Tail xD ) deves ver 😉

BTW Bom PND Tylarth

marceloo447

Parabéns, está excelente!

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
23
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x