Análise – Kirby’s Dream Land 3

kirby-dream-land-3-rev-top-pn

Kirby é uma das figuras mais conhecidas da Nintendo. A personagem começou por conquistar o coração dos fãs no velhinho Game Boy e hoje conta com inúmeros jogos no seu reportório em várias consolas da Nintendo. Com o lançamento do Virtual Console na Wii U, as portas abriram-se para Kirby mostrar algumas das suas antigas aventuras ao novo público, e neste caso mais concreto, vamos descobrir Kirby’s Dream Land 3 lançado originalmente na Super Nintendo em 1997.

Se não conhecem as aventuras de Kirby, basicamente é um jogo de plataformas onde o nosso amigo cor-de-rosa engole inimigos com a sua capacidade de sugar e assim absorve as suas habilidades especiais. Graças a isso, teremos uma enorme variedade de poderes para Kirby e com o premir de um botão.

kirby-dream-land-3-rev-2-pn

Em Kirby’s Dream Land 3 este mesmo modelo não muda. Kirby terá que atravessar os vários cenários para salvar o seu planeta Pop Star da Dark Matter. Enquanto percorre o nível de uma ponta à outra irá livrar-se dos inimigos e encontrar vários amigos e animais que também habitam no planeta. Para além da possibilidade de engolir os inimigos e absorver os seus poderes, estes amigos e animais irão ajudar Kirby na sua demanda, havendo uma variedade de novos habilidades que poderemos efectuar dependendo do animal, sem falar que cada reage de maneira diferente a um inimigo que já tenhamos engolido. Ou seja, uma panóplia de novas habilidades.

Apesar de estas novas adições, Kirby é um jogo que por outro lado possui outras apostas que não foram bem sucedidas. Um dos problemas centra-se no amigo de Kirby e que poderá ser facilmente invocado, Gooey. Este é uma personagem que poderia ser uma ajuda perfeita para Kirby, mas fica-se pelo medíocre por ser praticamente irrelevante no jogo. Não existem grandes incentivos para invocar Gooey a não ser que queiramos tornar o jogo mais fácil. Apesar alguns níveis possuirem zonas específicas para ele, a facilidade do jogo torna-o o dispensável.

kirby-dream-land-3-rev-3-pn

Kirby’s Dream Land 3 possui bons níveis, mas quando esses bons não existem, vamos encontrar alguns que são terrivelmente desinspirados e estupidamente fáceis. Felizmente os bons níveis conseguem salvar o jogo de ser uma experiência entediante, havendo muitos elementos de movimento e alterações na maneira como os atravessamos, mas depois os mal trabalhados baseiam-se em zonas ou excessivamente planas ou excessivamente fáceis.

A apresentação está muito boa. A HAL Laboratory apostou num grafismo que faz lembrar o mais recente Kirby’s Epic Yarn com um aspecto em geral muito semelhante ao tecido e isso dá um toque de charme ao jogo e torna-o algo único. Apesar dos temas no jogo serem bastante banais, os cenários não defraudam a apresentação. Toda a banda sonora e efeitos deixam também uma boa recordação daquilo que jogamos.

kirby-dream-land-3-rev-1-pn

Kirby’s Dream Land 3 é um jogo que podia ser muito bom, mas que infelizmente não singra por elementos que parecem ter sido feitos com preguiça. Se por acaso gostaram do jogo na Super Nintendo, então esta versão para a Virtual Console da Wii U é para vocês.

Positivo

  • Cenários
  • Apresentação charmosa
  • Jogabilidade

Negativo

  • Design desinspirado de vários níveis
  • Gooey muito mal aproveitado
  • Localizações banais

pn-bom-ana

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Silver4000

Que estilo, isso não meteu impressão a jogar? (sei que dizes que é boa, mas comigo so de olhar para a imagem parada jà me faz impressão)

Eduardo Duarte Ferreira

deves ser jogador jovem o gráfico é questão de habito

Cerberus Batista

homem por mais novo que sejas toda a gente conhece os jogo antigos do kirby como os do super mario, e nem era isso a que ele estava a referir

Silver4000

Não não sou jogador jovem (mesmo que fosse, podia ter jogado jogos antigo em vez dos recentes) tive a NES e uma Sega Genesis como primeiras consolas.
.
Eu não me referi aos gràficos mas ao estilo artistico. A “pintura de tapeçaria” ou como quiserem chamar.

Vasco Neves

WTF, Dude??

Majinalex

Se assim for os jogadores da nintendo habituaram-se muito depressa

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
6
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x