PN Jukebox #95 – DIRT 3

Caso não saibam, DIRT 3 está quase a fazer 10 anos e continua a ser um dos melhores jogos de Rally que foram lançados ao longo dos últimos anos. DIRT 3 é tão bom que o joguei durante horas a fio. DIRT 3 é tão bom que até na altura em que estivemos no MyGames, tínhamos uma torre instalada com um volante, banco e pedais para poder jogar DIRT 3. O apelo era tal que competíamos em tempos com as equipas da Exame Informática e da Autosport no final das horas de almoço.

Por isso não é de estranhar que ao montar a PS3 para um familiar poder jogar durante a quarentena, que DIRT 3 fosse uma escolha obrigatória tendo em conta que ele adora carros. Claro que os anos passam e como tal, tive de lhe ensinar a trabalhar com a consola e como existem coisas como downloads, patches e afins.

Quando foi altura de jogar DIRT 3, deu para ver que o jogo resistiu bastante bem ao passar dos anos, mesmo a correr numa PS3. Mas não é por isso que aqui estamos. Podemos tirar uns minutos para apreciar o quão boa é a banda sonora de DIRT 3?

Ao bom estilo dos bons jogos de corrida, DIRT 3 tem uma selecção bastante eclética, mas sabe bem qual é o estilo que melhor se vai adaptar ao género de jogo. Por isso temos uma mistura de música electrónica, rock, punk, rap e ambiental.

Mas atenção, estamos a falar de uma banda sonora cheia de música licenciada e de bandas brilhantes, muitas das quais até mais conhecidas fora das passagens mais populares. Mas não acreditem apenas no que digo, que tal começar com South Central e a música Demons?

Demons é uma das músicas principais da banda e talvez das mais conhecidas. South Central faz música electrónica com pinceladas de drum and bass e ainda indústrial. O albúm com nome Society of the Spectacle é brilhante e vale bem a pena ouvir.

Logo a seguir temos Chase and Status com Blind Faith onde convidam Liam Bailey para cantar. Chase and Status é também uma banda de música electrónica e house mas que puxa muito mais a algum hip-hop, rap e rnb. Os albuns de Chase and Status são autênticas montanhas russas de estilos e músicas, por isso aconselho que dêem uma orelhada na discografia.

De música mais atmosférica passamos para um house rave mais a forte com Danny Byrd. A música We Can Have it All é uma verdadeira obra de mestre com passagens rápidas entre um house mais aberto, a saltar logo de seguida para o Drum and Bass mais forte. A voz da cantora ajuda bastante à velocidade da música e ritmo que são infernais. O albúm de onde a música aparece tem o nome de Rave Digger, por isso podem imaginar o que vos espera.

Mas ainda há mais para ver e descobrir, pois de seguida temos Starkley com Pleasure Points. Embora a banda sonora ainda tenha OK Luv e New Cities, Pleasure Points é das músicas mais experimentais e ambientais seleccionadas, com um crescendo que mistura electrónico, indústrial e algum trash sonoro pelo caminho. Não é para todos, mas é bastante bom.

Antes de começar a terminar os destaques, temos inda Lorn com Cherry Moon. Uma música altamente atmosférica que compensa pela agressividade da maioria das outras e claro, pela música que se segue que serve também de último destaque.

O último destaque tinha de ser óbviamente 65daysofstatic e a sua Crash Tactics. Caso não saibam 65daysofstatic é uma das minhas bandas favoritas e já tive a felicidade de os ver ao vivo no Musicbox onde tocaram praticamente todas as músicas que queria ouvir. E sabiam que eles são também os responsáveis pela banda sonora de No Man’s Sky? Pois, eles já andam cá há alguns anos.

Os destaques podiam continuar, pois ainda existe Moloko, We Are Scientists e até Alter Bridge, pois a banda sonora está à pinha de boas músicas e boas bandas. Por isso podem encontrar o resto da banda sonora já de seguida. Também podem ouvir no Spotify através desta Playlist. DIRT 3 existe para PC, PS4 e Xbox One.

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x