O que são Virtual YouTubers

Virtual YouTubers não são uma novidade, e durante estes últimos tempos estes tem vindo a ficar cada vez mais populares, embora muitos ainda conheçam, ou ouviram falar, apenas de Kizuna Ai.

De facto foi Kizuna Ai quem popularizou a ideia de YouTubers Virtuais em 2015 apesar de não ter criado a mesma. No entanto Kizuna Ai e várias outras VTubers da altura tem vindo a ficar um pouco no esquecimento, muito em especial devido ao rápido crescimento de outros VTubers desde o ano de 2018.

Apesar de alguns VTubers serem populares na altura, foi com a criação de Hololive e Nijisanji que mais e mais começaram a surgir e a expandir-se para outros países, ganhando também uma enorme quantidade de fãs que ajudam a partilhar a palavra.

Mas para perceberem melhor o conceito, pensem em YouTubers ou Streamers normais mas com um avatar anime em vez de mostrarem a sua cara verdadeira. Simplesmente isso. Embora se estão curiosos da maneira em como funciona, em termos de uma simples imagem no ecrã esta pode ser utilizada com Live 2D para a fazer mover-se de acordo com os vossos movimentos. Já as expressões faciais podem ser captadas com Face Rig ou até outro tipo de programação.

Se falarmos sobre um modelo completamente em 3D tudo depende da maneira em como é utilizado mas ao contrário do que possam pensar não é necessário utilizar um fato de captura de movimento para fazer as personagens moverem-se pelo cenário. Estes são pequenos exemplos e tanto para 2D como 3D outro tipo de programa pode ser utilizado, ou até em alguns casos a companhia que gere alguns dos VTubers pode ter o seu próprio programa pessoal como é o caso da Nijisanji com os seus modelos 3D.

Em termos de conteúdo estes VTubers fazem um pouco de tudo; let’s play, sessões de karaoke, simples conversas (ou conversas mais badalhocas), entre outras coisas (Tsukino Mito é uma incógnita). Normalmente todo este conteúdo é feito em formato live stream e com o avatar no ecrã a captar os movimentos da pessoa por detrás da câmara.

Obviamente que nem sempre dá resultado, tal como nem toda a gente consegue ser um YouTuber normal, algumas companhias acabaram por encerrar. Por outro lado nem todos estão empregados a uma companhia, com vários VTubers a terem uma carreira a solo mas igualmente de sucesso.

Devem de estar a pensar já que estes VTubers são “personagens anime” que muito provavelmente devem agir como tal. A resposta é sim e não. Embora as personagens tenham o seu background nem todas acabam por agir como tal. Algumas decidem agir de acordo com a personagem que foram dadas, outras tentam e gradualmente desistem, enquanto que outras desde o início são completamente diferentes do esperado.

Vamos então focar-nos nos dois exemplos mais populares da industria, Hololive e Nijisanji.

Hololive é mais do que uma simples companhia de VTubers, a mesma é apresentada como sendo uma companhia de ídolos virtuais e são tratadas como tal. Isto a certa altura acabou por criar problemas quando a companhia anunciou ídolos masculinos, algo que alguns dos fãs não gostaram e que então levou à criação de Holostars, uma vertente da companhia apenas para ídolos masculinos, enquanto que Hololive conta apenas com ídolos femininas.

Neste momento Hololive é composto por quatro gerações de VTubers (tecnicamente seis), sendo que a mais recente onda nem meio ano tem. Para além das situações obrigatórias enquanto ídolos normalmente estas VTubers fazem livestreams diárias e diversificadas, e pelo menos uma dessas pessoas/personagens é capaz de ser conhecida devido a este clip.

Curiosamente nem todas iniciaram a sua carreira de VTubers quando entraram em Hololive. Por exemplo, Sakura Miko e Hoshimachi Suisei tinham começado ainda antes de aceites para Hololive, Suisei inclusive foi rejeitada uma vez antes de finalmente ser aceite pela companhia.

Como ainda são muitos membros vou apenas destacar uns quantos para dar melhor a conhecer a maneira variada como estes actuam.

Sakura Miko, também conhecida como Elite Miko devido às suas decisões de génio que oferecem resultados excelentes (mas não os esperados, apesar de ser boa em videojogos). Miku gosta de eroge, de espreitar por debaixo de saias e raramente actua de uma forma séria, o que leva a vários momentos hilariantes, em especial com a “cara de pikachu” que a mesma faz quando é surpreendida.

Natsuiro Matsuri é também uma das pessoas mais conhecidas de Hololive por diversas razões, esta é uma delas e provavelmente a que mais introduziu a VTuber a todos. Se o facto de Miku gostar de Eroge for uma surpresa para vocês, então Matsuri será uma surpresa ainda maior com as suas conversas de Lolis, doujins de lolis, e tudo o resto que possa envolver lolis ou raparigas. Apesar de várias conversas sobre temas perversos, Matsuri é uma pessoa que trata as coisas de forma madura, mas a sua personalidade excêntrica leva a melhor.

Outros destaques incluem Shirakami Fubuki, a mais popular de Hololive devido aos seus random posts e por ser boa a interpretar papéis e fazer vozes. Kiryu Coco, definitivamente uma America a partilhar a arte de shitposting no Japão ao ponto de ser infame com a companhia e de ter afectado os restantes membros, em especial as suas companheiras da quarta geração (também é uma enorme fã da série Yakuza, daí o nome Kiryu).

Amane Kanata e a sua excelente voz apesar de ter um pequeno problema no ouvido que a deixa “tone deaf”. E até o duo de Inugami Korone e Nekomata Okayu, velhas amigas que juntaram-se ao mesmo tempo e que deixam a sua amizade demonstrar-se ao ponto de muitos perguntarem se são apenas amigas. Uma recomendação que poderá estar mais a vosso gosto poderá ser a recente série Metal Gear que Usada Pekora fez, com Metal Gear Solid 3 a receber uma compilação por um fã.

Nijisanji (também referido como 2434), neste momento tem mais de 100 VTubers contratados, isto incluindo as suas expansões na China, Indonesia, India e Coreia do Sul.

A companhia inicialmente dividia os seus VTubers entre entre vários grupos como Gamers e SEEDS, mas decidiu como melhor opção simplesmente juntar todos sem fazer grande distinção já que o tipo de conteúdo é semelhante entre todos. Ao contrário de Hololive que dividiu o seu grupo entre Hololive para as ídolos femininas e Holostars para os ídolos masculinos, Nijisanji junta ambos os sexos.

Isto é melhor recebido devido a ter sido feito logo a início, e também pelo facto de Nijisanji não ser apresentado como um grupo de ídolos, apesar de alguns terem gravado algumas canções. Grande parte até dos membros masculinos são grandes favoritos dos fãs e a própria companhia até decide juntar X com Y para formar “pares”, com o melhor exemplo a ser definitivamente Gundo Mirei e Kanda Shoichi.

Ao contrário de Hololive, Nijisanji acaba por apostar forte em promover as suas expansões fora do Japão ao ponto de até organizar eventos entre os 5 países.

Nijisanji ainda é grande, por isso estar a seleccionar apenas uns quantos VTubers da companhia para destacar é uma trabalheira enorme. Por isso vou antes destacar uns quantos clips para dar melhor a entender como é que eles funcionam num todo.

Para começar e que tal um clip… ou melhor, uma tradução inteira de uma colaboração de duas horas intitulada de “Nijisanji Best Partner“? Não só ficam a conhecer alguns dos VTubers como até podem ver a sua dinâmica uns com os outros. Indo para algo mais extremo deixem que vos introduza Hanabatake Chaika, “quem é Chaika?” perguntam vocês. Bem… vá, nem é tudo mau quando se trata de Chaika.

Falando em Chaika, a uns links acima muito provavelmente já devem ter visto Tsukino Mito, uma das peças centrais de Nijisanji e bastante popular, mas já que estamos numa de destacar excêntricos fiquem também com Otogibara Era, uma das pessoas que inicialmente andava a adaptar um papel para a sua personagem mas que logo desistiu, sendo agora um exemplar de pessoa.

Nijisanji também é composto por pessoas normais (não dizendo que Chaika, Mito e Gibara não o sejam). E alguns destes vídeos oferecem uma boa perspectiva sobre os mesmos, como o incidente da casa de EX Albio em Minecraft que esteve dividido em três partes e que conta com um enorme elenco de personagens. Aproveito também para destacar um dos meus clips favoritos que apresenta bem a personalidade “airhead” de Himawari Honma que neste momento já conta com um repertório enorme de situações semelhante.

Falando em Himawari podem ficar com um clip de Dokuzuhonsha onde quatro membros agem como uma família. Alguns momentos de inteligência por parte de alguns membros. Um pequeno resumo do primeiro mês no servidor de Ark que neste momento já teve umas quantas guerras mundiais entre todos os membros. Um clip dedicado apenas aos membros masculinos. Um questionário interessante. E outros momentos de interacção entre o grupo.

Como nota final quero destacar o meu “VTuber” favorito, o pai de Hana Macchia.

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram