Ghost of Tsushima recria parte da ilha original com quarenta biomas

Caso não saibam, Ghost of Tsushima usa uma ilha verdadeira do Japão como o seu cenário e centro da história.

Embora não seja uma recriação fiel da ilha, grande parte do seu cenário foi recriado e digitalizado para estar no jogo. Este exemplo é dado por Joanna Wang, Environment Art Lead da Sucker Punch.

“Visitámos Tsushima em diversas ocasiões. Trata-se de um lugar belíssimo, cheio de montanhas e florestas densas. O verde cobre quase tudo na ilha, desde o horizonte no topo das montanhas até ao oceano. A recriação da ilha não é exata, é mais uma carta de amor a todas as suas partes”.

Wang explicou ainda o processo de criar os 40 biomas do território com inspiração no local.

“Durante a nossa viagem, gravámos os pássaros e os sons da natureza e digitalizámos a flora da ilha de Tsushima para usar no jogo. Foi uma maneira de trazer um pouco da verdadeira Tsushima até aos jogadores. Quando criamos um mundo aberto partimos sempre da premissa de que ‘se podemos vê-lo, podemos alcançá-lo’”.

Ghost of Tsushima vai ser lançado a 17 de Julho como um exclusivo PS4. Nós já o estamos a jogar e podem contar com a nossa análise em breve.

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram