Análise – Super Smash Bros for 3DS

super-smash-bros-for-3ds-rev-top-pn

Brawler, beat-em up, jogo de luta, como quiserem chamar, o que interessa é que uma das séries mais divertidas da Nintendo está de volta, falo como é óbvio de Super Smash Bros. Desta vez a Nintendo pretende ser mais abrangente no que toca a plataformas e vai estrear pela primeira vez a série numa portátil.

Super Smash Bros foi então revelado para chegar à Wii U e à Nintendo 3DS, sendo este o quarto jogo desde que foi inaugurada na Nintendo 64 em 1999. Vamos então dar uma vista de olhos à versão Nintendo 3DS de Super Smash Bros, porque a versão Wii U só chega lá para o final do ano.

super-smash-bros-for-3ds-rev-8-pn

A ideia de colocar várias personagens icónicas da Nintendo à batatada é uma ideia muito ambiciosa, que até agora deu frutos e os resultados estão à vista, isto porque a cada jogo que sai, os fãs ficam mais e mais expectantes.

Super Smash Bros é um jogo de luta – ou um brawler – onde até quatro personagens poderão lutar entre si num dos vários cenários que existem. Em jogo não se fica por um sistema de combate vertical, havendo uma movimentação muito maior abrangendo todo o cenário e isto tudo a uma velocidade estonteante.

super-smash-bros-for-3ds-rev-3-pn

Ao contrário de muitos jogos de luta, aqui a vitória ou a derrota de um jogador será determinado pela saída do cenário, o que poderá acontecer com um golpe forte, uma queda para um buraco ou até efeitos do cenário. É uma tarefa bastante frenética, tentar mandar o nosso adversário para fora do cenário no meio de tantos lutadores, enquanto fazemos de tudo para sobreviver.

Mas a personagem não será cuspida para longe assim do nada. Na zona inferior do ecrã estará situada uma contagem em percentagem de cada personagem, sendo que quanto maior for o número, maior será a nossa distância de projecção sempre que levarmos com um golpe. Portanto precisamos de ter cuidado com os ataques dos nossos adversários para a nossa percentagem não subir.

super-smash-bros-for-3ds-rev-7-pn

Para apimentar ainda mais este jogo podemos ter vários perigos no cenário, como armadilhas, buracos, transicções e transformações repentinas que eles poderão ter, bem como a queda constante de items que serão despejados para que possamos usá-los. Os items são imensos e alusivos a outros jogos da Nintendo e poderão passar a espadas, pistolas, invocar Pokémons, outros tipos de auxílio e até recuperar a nossa energia.

O jogo consegue criar uma fórmula bem sólida no que toca a combate, é muito divertida, e até perfeitamente jogável na portátil da Nintendo. Estava apenas receoso sobre o facto deste ser um jogo demasiado agressivo para a portátil no que toca à acção frenética que impomos nos botões, mas na verdade até consegue ser bem jogado, apesar de já haver imagens na internet de jogadores mais fervorosos a rebentar com o analógico da portátil.

super-smash-bros-for-3ds-rev-6-pn

Passando para os modos, Classic continua a ser a prata da casa e que se baseia num modo onde iremos fazer vários combates de seguida contra personagens em situações pouco normais, como adversários gigantes, feitos de metal até chegarmos à Master Hand. Smash Run é um dos modos de maior destaque e que está divido em duas partes, primeiro coloca o jogador e os seus adversários num cenário gigantesco a apanhar items que aumentarão os atributos da nossa personagem para depois enfrentarem-se no ringue com essas melhorias já em vigor.

Outro modo interessante é o Street Smash, que após descobrir novos personagens através do modo StreetPass da portátil iremos lutar contra eles mas com pequenos objectos redondos e atirá-los para fora do ringue chocando contra eles. Depois temos os reincidentes Stadium, All-Star e até podemos treinar num modo destinado ao mesmo.

super-smash-bros-for-3ds-rev-1-pn

Desbloquear troféus é também uma tarefa muito gratificante e que requer algum trabalho. Praticamente tudo o que fizermos dentro deste irá dar-nos dinheiro para gastar na loja de troféus e até fazer pequenas apostas dentro do jogo. Os troféus são imensos e baseiam-se em personagens, items, veículos e não só de jogos que fizeram parte da família Nintendo ou relacionadas com o jogo.

Gostei imenso da maneira como o jogo geral corre, sendo rápido em tudo e colocando muitas poucas vezes o jogador à espera de algo. Desde a passagem dos menus para a escolha das personagens até ao começo do combate em si por exemplo. Os loadings são curtos e está tudo acessível e bastante explícito para os jogadores.

super-smash-bros-for-3ds-rev-5-pn

Sem o multiplayer esta série não seria o que é hoje em dia. Podemos rapidamente jogar contra outras pessoas que estejam perto de nós não havendo qualquer tipo de problema de performance e afins, e apesar de fugir um pouco à regra em poucas ocasiões, o Online também não deixa nada a desejar.

Existe uma forte vertente no Online, sendo possível também fazer Spectate de jogos que não participemos e até podemos fazer apostas sobre o vencedor. Se combater contra outros jogadores nunca foi a vossa praia então esta nova oportunidade fará a delícia de muitos outros.

super-smash-bros-for-3ds-rev-2-pn

Super Smash Bros é um jogo bastante atraente na vertente audiovisual. O jogo tem uma performance muito sólida mesmo com todos os cenários ricos em actividade e constantes alterações para além dos combates frenéticos. Tudo o que pode ser visto neste jogo está bem detalhado e a banda sonora está também muito bem trabalhada.

Este é sem dúvida um dos melhores jogos para a Nintendo 3DS,  um aperitivo muitíssimo saboroso para aquilo que nos espera para a versão Wii U. Encontrei aqui um jogo muito sólido que podia ter um pouco mais de sumo, mas os pontos baixos não fazem qualquer tipo de moça aos pontos positivos.

Vejam também a nossa análise em vídeo do Super Smash Bros. da Nintendo 3DS

 

Positivo:

  • Jogabilidade frenética e divertidapn-recomendado-ana
  • Estabilidade na performance
  • Inúmeras personagens e cenários para desbloquear
  • Boas adições
  • Altamente viciante
  • Caça aos troféus

Negativo:

  • Um pouco mais de conteúdo?
  • Não podem optar pelo D-Pad

placa excelente4

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
_GM_

Não podemos optar pelo D-pad? Bem eu já imaginava. Visto que com o D-pad o nosso personagem pode andar em diferentes velocidades… O que vale é que um gajo já se vai habituando ao analógico.

A versão definitiva deverá ser a WiiU, mas para quem tem apenas uma 3DS isto está espectacular. Mal posso esperar para meter mãos nisto. And kick some ass!

Daniel Silvestre

Não poder trocar o D-Pad pelo analógico é das coisas que mais me frustrou no jogo. Saltar em momentos de maior caos e com algumas horas de jogo em cima é o terror.

Silver4000

Andar aos saltinhos em jogos deste gênero é tradição.

_GM_

Pois saltar com o D-Pad ou mesmo meter o personagem a correr as vezes é complicado.

Krimax

estou mega entusiasmado para jogar isto!!

e já agora, gostei muito da video-análise 😉

Daniel Silvestre

Obrigado. Vamos tentar fazer ainda mais análises em vídeo sempre que possível.

Cumprimentos!

Guest

Para além do analógico, achei que os ataques smash estavam mal atribuídos na demo. Diz-me que é possível alterar isso no jogo completo…

Raizor

Boa análise 🙂 … já suspeitava que iria ser esta a nota :P.

Já joguei o demo e gostei bastante. Duas palavras chaves – Fluido e Frenético !!!
…apesar de ainda não estar bem habituado aos controlos. Também reparei nesse pormenor do D-pad… aliás eu tenho que confessar que hoje em dia, em algumas situações, ainda prefiro o D-Pad ao analógico…jogos de futebol, por exemplo. Eu sei que pode parecer estranho… mas parece que tenho outra precisão a fazer as coisas.

Em principio devo adquirir o jogo.

Nirvanes

Se tudo correr bem, se o Daniel não se voltar a esquecer do wiimote que ganhei no torneio de mario kart, ou o Kanudo se esquecer do wiimote na casa da tia… ou se não for roubado pelo Kanudo claro… para a semana já vou poder comprar o Smash 🙂
A primeira coisa que vou fazer é mudar o comando de saltar para o b!

Nirvanes

Já agora, depois de ter visto o vídeo… em relação ao Circle Pad, eu acho que só não se pode mudar os movimentos para o dpad porque o circle pad é analógico e não digital… e como certos ataques só dão com certos inputs com mais ou menos força no circle pad faz sentido não ser possível mudar para o dpad!

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
10
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x