Análise – Ice Climber

Foram muitos os jogos que chegaram à NES, consola super importante e de enorme sucesso no panorama dos videojogos, muitos deles ficaram para sempre gravados na nossa memória como experiências espectaculares, enquanto que outros não tiveram tanta sorte. Directamente da Nintendo nasceu Ice Climber, um jogo de plataformas bastante inovador para a altura.

Dois esquimós – apenas um caso joguemos sozinhos – precisam de chegar ao topo de várias montanhas por forma a conseguirem recuperar os seus mantimentos roubados. Esta subida não será fácil, isto porque terão que atravessar as várias camadas de gelo que se interpõem no seu caminho. Para chegarmos até ao topo, a nossa personagem irá usar um martelo para saltar e furar o caminho que se põe no seu caminho. Quanto mais subimos, menos pisos anteriores iremos ver, sendo que se cairmos para uma zona que não conseguimos ver, a morte é certa.

O jogo não é de todo fácil, isto porque o gelo irá dificultar os movimentos e saltos da nossa personagem e com o decorrer do jogo vamos ter mais adversidades com que nos preocuparmos. Quantos mais níveis passarmos, mais complexas e traiçoeiras irão ficar as camadas de gelo, sem falar que iremos ter outros problemas como animais a tapar buracos que fazemos para atravessar, cones de gelo que nos matam e até zonas com chão que se mexe como se fossem passadeiras eléctricas.

Quando chegarmos à ultima camada de gelo, o jogo muda um pouco de figura, isto porque vamos ter a oportunidade de recuperar a nossa comida antes que o contador de tempo chegue ao seu limite e também porque vamos ter a oportunidade de apanhar pelas pernas a ave responsável por roubar os nossos mantimentos. Nesta secção até podemos morrer através do tempo ou cair para fora do cenário, o que não nos impedirá de passar para o nível seguinte.

Ice Climber é um jogo que mesmo hoje em dia é divertido quando jogado com mais pessoas ou até sozinho, mesmo assim, é um jogo difícil de aconselhar, visto que a jogabilidade no geral é um pouco difícil e apesar da alteração na estética dos cenários, o jogo torna-se bastante repetitivo. Caso não queiram repetir o jogo todo desde o início, poderão criar um ponto de restauro graças à capacidade do Virtual Console da Wii U e retomar o jogo.

Ice Climber é uma boa adição ao repertório do Virtual Console da Wii U que vem com alguns entraves. Apesar dos fãs mais antigos conseguirem pegar no jogo e jogar sem problemas, jogadores novos passarão alguns momentos de frustração.

Positivo:

  • Um bom desafio para os que já estão “enferrujados” no jogo
  • Divertido com mais uma pessoa
  • Possibilidade de saltar para outros níveis que já passamos nas próximas vezes que ligarmos a consola


Negativo:

  • Frustrante e difícil para jogadores novatos
  • Jogabilidade não passou o teste do tempo
  • Repetitivo para os que procuram algo fresco a cada nível

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x