Análise – Fallblox

Quando Pullblox foi lançado para a Nintendo 3DS, a minha experiência com o mesmo foi equivalente a ler um bom livro ou ver uma boa série, era impossível parar de jogar e cada puzzle mais complicado ultrapassado era uma vitória que me incentivava a continuar. Agora que Fallblox chegou à Nintendo 3DS, o vício voltou com ele e apesar de não ser uma sequela drasticamente diferente, é um jogo que merece bem o dinheiro empregue.

Fallblox tem uma das histórias mais originais dos últimos tempos, Mallo o protagonista, vê chegar a filha do aldeão mestre num balão composto não por tecido, mas por pássaros, quando apresentado à mesma, Mallo acaba por tentar uma exibição de força a qual corre mal e afugenta as aves para cima dos novos Fallblox. De forma a emendar o seu erro e conquistar a rapariga, Mallo terá de subir cada uma das estruturas e resgatar os animais.

À primeira vista, Fallblox não parece muito diferente de Pullblox, mas a verdade é que a atenção foi desviada da utilização de 3 camadas para muitas e com a possibilidade de mover os blocos em todas as direcções. Isto possibilita uma infinidade de novas combinações e puzzles para resolver que vão alem da simples visão frontal, obrigado a pensar em resoluções num espaço amplo e tridimensional.

À medida que jogam, os blocos vão ficando cada vez mais difíceis e novas ferramentas vão sendo introduzidas para manter a experiência fresca, porém, caso desistam facilmente ao ficar presos num puzzle, o jogo permite obter dicas, treinar com as ferramentas que vão sendo introduzidas, ou até mesmo saltar para o puzzle seguinte.

De volta está também a criação de puzzles que podem partilhar com outras pessoas usando códigos QR para criar desafios que podem ser descarregados a qualquer altura e em qualquer lado. Uma excelente forma de manter o jogador agarrado por mais umas horas a Fallblox e descobrir as muitas variações possíveis

O que não evoluiu foi o visual, que permanece quase idêntico, mas continua a servir o seu propósito, sendo que este é um jogo que não precisa realmente de grandes gráficos. Sonoramente, a música e os sons servem o seu propósito e só vão ficar aborrecidos do tema principal caso fiquem encalhados constantemente.

Com uma longevidade bastante boa e uma jogabilidade ainda mais desafiante, Fallblox é sem dúvida uma sequela bem feita para um jogo que já era uma experiência vivamente recomendada. Se gostam de jogos de Puzzle com grandes desafios, então não deixem passar este lançamento da e-Shop da Nintendo 3DS.

Positivo:

  • O ampliar da jogabilidade
  • Dicas menos intrusivas
  • Introdução de um sistema de “rewind”
  • Criação de puzzles que podem partilhar por QR Code
  • Possibilidade de treinar estratégias
  • Podem saltar os puzzles mais complicados

Negativo:

  • Pouca variedade musical
  • Cenários repetitivos

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram