7 Motivos Banais – Uma Curta de João Sanchez

7-motivos-banais-especial-pn-img

O que é uma curta-metragem? E porque se distingue dos filmes de longa duração?

O significante tem mais de 100 anos, e deveu-se à necessidade de distinção, face ao crescimento da duração dos primeiros filmes. Facto é, a definição mantém-se até hoje.

Embora o período de duração não seja consensual entre artistas e festivais, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos (o maior barómetro) inclui na categoria de candidatos ao Óscar de Melhor Curta-Metragem, os filmes “até 40 minutos, incluindo créditos”.

O Dicionário Houaiss define curta-metragem enquanto “filme com duração até 30 minutos, de intenção estética, informativa, educacional ou publicitária, geralmente exibido como complemento de um programa cinematográfico”.

Será que algum cineasta começou pela longa-metragem, ignorando o passo “lógico” da curta? Provavelmente, sim. De todo o modo, a curta é recomendável para quem dá os primeiros passos na Sétima Arte. Não quer dizer que se guarde as boas ideias para a hora e meia, como diria Blaise Pascal: “Fiz esta carta mais longa porque não tive tempo de fazê-la curta”. Uma curta poderá ter informação mais concentrada e sumarenta, despertando consciências e transmitindo mensagens de forma mais eficiente do que um projecto de longa duração. Mais importante ainda, a curta-metragem permite colocar em prática o que está nos manuais, contrariar o que está nos manuais e explorar conceitos que transcendem o domínio do reminiscente.

Em teoria, um filme desenvolve história e o personagem, que na prática devem ser a mesma coisa. Porém, o conceito clássico adquire uma dimensão amorfa na curta-metragem. Eventualmente o personagem não precisa de ser desenvolvido com a mesma dinâmica de um filme ou uma série, sendo mais importante a premissa que desencadeou o projecto, remetendo a experiencia do espectador para um nível mais lato e experimental.

7-motivos-banais-joao-sanchez-especial-pn-img

7 Motivos Banais é uma curta-metragem da autoria de João Sanchez, membro da comunidade PróximoNível. O João desenvolveu o projecto no âmbito académico, explorando uma questão de dimensão social: A repercussão dos actos.

Para além da temática, inquietante é o facto do João estar no 10º ano de escolaridade e demonstrar noções de enquadramento e ritmo ao nível universitário. Ao João, e candidatos a cineastas que passam pelo PróximoNível, um forte incentivo e a certeza de quem há talento para colocar o cinema português na rota internacional.

Positivo na curta

  • Realizaçãopn-recomendado-ana
  • Criatividade
  • A dupla face dos objectos
  • Tratamento da Imagem
  • Lata para gravar no metropolitano de Lisboa sem autorização

 

Negativo na curta

  • Insuficiente beet nos depoimentos (deve funcionar como o batimento cardíaco)
  • A personalidade dos personagens poderia ter sido mais desenvolvidas
Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
25 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marco Correia


Lata para gravar no metropolitano de Lisboa sem autorização” best movie ever!

tylarth

Tá bom xD. Lá vontade não falta em algumas dessas situações, se bem que acho mais incomodativo levar com a luz dos telemóveis do pessoal que se senta na fila à frente da nossa. O engraçado é que identifico muitas destas coisas irritantes no meu dia a dia.

Sanchez

Ler este artigo e ver que a malta gosta do meu trabalho, só me motiva a fazer mais e melhor. A todos vós, um grande obrigado!


Lata para gravar no metropolitano de Lisboa sem autorização” Amei

alpha

a cena da cp nas cancelas é uma palhaçada não há um dia que apanhe a comboio até a amadora ou campolide que não passe um ser humano de uma raça diferente atrás de mim lol

Sanchez

“ser humano de uma raça diferente” gostei x)

alpha

é verdade é um exagero mas enfim não se pode dizer nada senão é racismo e coitadinho deles lol

alpha

a quarta situação acuso-me lol sou um desses sorry

Nirvanes

Tanto cinema português, e tanta coisa de graça para ver e fazer review e faz-se review de uma curta académica só porque é um user daqui? Epá, por muito engraçado que esteja e até está (obviamente que tem muita margem para melhorar em todos os aspectos mas deixa bons apontamentos de uma ideia engraçada) não me parece que seja motivo para vir aparecer aqui. É um trabalho académico, que eu saiba o Sanchez não o tenciona usar para nenhum concurso nacional ou internacional, e com tanta coisa para analisar por aí… o Feral era uma animação com raízes em Portugal, que esteve nomeada para os óscares, e deu na RTP2 na noite dos óscares, e não há aqui nenhuma review. Já para não falar de filmes como o Tabu, que tem dois anos, e espero para ver se o próximo do Miguel Gomes por aqui vai parar. Sinceramente estou um bocado indignado, imagino que para o Sanchez seja muito agradável, e se fosse uma curta minha também ficava agradado mas mesmo que fosse tinha de me questionar da mesma forma sobre o facto de isto estar aqui.

Nada contra o Sanchez nesta frase mas “Ao João, e candidatos a cineastas que passam pelo PróximoNível, um forte incentivo e a certeza de quem há talento para colocar o cinema português na rota internacional.” 1000x exagerado Edgar. Especialmente por usares uma frase que tem um peso tão grande vindo de uma curta académica.

Tirando tudo isso, parabéns Sanchez, para quem está no 10º está uma cena muito porreira e engraçada, já tinha visto no teu facebook, fiquei agradado e ri, como disse claro que tem muita margem para melhorar mas são bons apontamentos da tua parte. O cartaz em conceito também é excelente mas escolheste mal a tipografia e a forma como a colocar, o preto nunca poderia estar tão próximo da arma, a tipografia e os elementos precisam sempre de espaço para respirar! Mas pá isso são cenas que daqui para a frente vais aprender também, não te preocupes! 😉

Sanchez

Obrigado pela critica, ficou anotada! Sim, há muito bom material português que não foi analisado aqui no Próximo Nível. Mas isso não me cabe a mim responder x) Mais, uma vez, obrigado!

Edgar Silvestre

Ora bem. O João mostrou-me a curta e eu senti a necessidade de elaborar um artigo sobre a importância das curtas-metragens (70% do corpo do artigo que não merece comentários?). Evidentemente que o João está de parabéns, teve ambição para desenvolver o projecto e colocá-lo em prática uma ideia, apenas com o conhecimento empírico, denotando sensibilidade visual e consciência artística. Muito bem. Progredir agora, depende dele.

Quanto às curtas e filmes “esquecidos” pelo PróximoNível, ainda hoje pediram me para analisar o Grand Budapest Hotel, e assim o farei. Não entendo a tua indignação.

Nirvanes

Poderias ter feito isso sem fazer uma análise à curta dele. E poderias ter feito isso com exemplos muito melhores, apenas isso. Merece comentários essa parte, mas no fim o titulo é sempre ‘7 Motivos Banais uma curta de João Sanchez’ e tem um selo de recomendado, por isso não é um artigo sobre curtas mas mais uma análise 😛
Eu não consigo concordar com todos esses elogios, pelo menos não dessa forma que dá a parecer que ele tem uma sensibilidade fora do comum. Eu acho é que ele tem força de vontade, e isso já é uma característica boa como tudo. Para não falar que está farto de trabalhar com câmaras porque faz vídeos para o youtube (e até fez um commercial quando era pequeno para a Sunquick quando era miudo xD . Sorry Sanchez, mas é um ponto a favor, não me consigo esquecer do teu super reclame! xD) e cenas do género. Agora em termos de sensibilidade… não concordo tanto. Não é nada por aí além tirando alguns planos aproximados.

Não tens culpa porque não podes ver todos os pedidos, só estou a dizer que é exagerado pegar neste trabalho e falar assim do cinema Português quando a única coisa que me lembro de ter estado aqui de cinema Português foi aquele filme daquele jogo futurista do qual o nome não me recordo.
Eu também posso fazer pedidos, uns são do teu gosto e outros nem tanto, o Wes Anderson é sempre alguém a estar atento e faz sentido fazeres uma review de um filme dele porque é um tipo artsy que faz filmes que são agradáveis para toda a gente. A minha indignação é mais com o resto!

Edgar Silvestre

Análise? Só podes estar a brincar comigo Valter. Elegi os pontos positivos e negativos, e estimulei a importância da curta-metragem, mesmo em moldes amadores, a todas as pessoas que visitam o site, em forma de estímulo e incentivo a novas ideias. Aliás, como faço sempre quando toca às iniciativas nacionais. Gostava muito que o meu e-mail ficasse entupido de curtas e filmes portugueses para analisar, e ficaria com um orgulho extra se fossem da autoria de pessoal que visita o site.

Dado à idade e inexperiência do João, a curta-metragem é notícia e mereceu o artigo no PróximoNível. Já agora, para além do RPG, tivemos análises à Quarta Divisão, Gaiola Dourada, Sete Pecados Rurais, Comboio Nocturno para Lisboa e mais algum, provavelmente. E estamos a acompanhar o novo filme do Tiago P. Carvalho, Nirvana – O Filme.

Nirvanes

Então não é uma análise? Só porque não tem uma nota no final e é tão extensa? Eu acho que podias ter escrito um artigo na mesma e se quisesses falar sobre isto falavas mas no fim isto é um artigo/análise à curta académica do Sanchez. Pelo menos para mim é.
Não duvido que sim,

Sim tens razão tinha-me esquecido desses todos, mas acho que desses todos o único que se possa destacar é a Gaiola Dourada, o resto nem por isso. O Comboio Nocturno para Lisboa não é português só porque se passa em Portugal Edgar… eu acho que o realizador é estrangeiro e a maior parte das pessoas da realização são. É capaz de ser uma co produção portuguesa.

Ok, mas então segue o Miguel Gomes por favor que tem uma obra incrível de cinema em Tabu, e o João Salaviza que é um realizador precisamente de curtas e que ganhou com Arena (uma curta) a primeira Palma de Ouro para Portugal por exemplo. Há mais, o Pedro Costa, o Manoel de Oliveira. Tudo realizadores no activo… de certeza que sabes mas simplesmente não vejo por aqui. Só isso.

Sanchez

Como raio sabes que fiz um anuncio? x) Era jovem e precisava do dinheiro! Don’t blame me!

Nirvanes

Facebook há uns meses ou anos, não sei. Tiveste lá isso xD

Guilhathorn

Tenho de ver esse anúncio xD

_GM_

Boa curta.

Talvez gostaria de ver cada personagem com um “actor” diferente… Mas está muito bom.

Boa sorte para futuros projectos Sanchez

Sanchez

Muito obrigado! Na altura era esse o plano, mas com duas semanas para a gravar + testes + editar + vida própria tornou-se difícil x)

_GM_

Bem por duas semanas deves ter feito a curta a pressa xD

Realmente o tempo para esta curta foi curto 😛

Sanchez

Um pouco sobre pressão sim. Tirando uns pormenores no som e na representação, ficou como queria.

FoxRS

Parabéns, Sanchez! Eu não te disse que era uma boa ideia partilhar isto por aqui? =)

Quando vi o teu teaser trailer gostei imenso, porque se notou, como já te tinha dito até, muito profissionalismo e bom gosto. E, como sabes, penso sempre que és mais velho do que realmente és, porque pensas e ages como alguém mais velho, com muito mais maturidade. Ainda outro dia te perguntei se já tinhas tirado a carta… xD

Gostei do primeiro e gostei do resto! Como já foi dito, os planos estão muito bons, o jogo das cores e o conceito está muito bem aproveitado. Os teus vídeos no YouTube, dos quais, admito, não tenho acompanhado recentemente, costumavam ser a dizer mal de alguma coisa, por isso.. confere! Coisas que te irritam, em vídeo, cá estão elas. Irritam a ti e a mim, eheheh. Identifico-me em quase todas elas, principalmente na do fumador.

Parabéns pela nota da cadeira e pelo selo de recomendado! 😉

Um abraço, muitos parabéns e keep it up!

Sanchez

Muito mas muito obrigado. Um grande abraço 😉 E há que combinar um cafezinho môce!

Silver4000

Eu acho bom ter sido feita uma anàlise a um trabalho de um membro da comunidade.
That’s all.
Ainda so vi metade, mas està bem pensado.

Guilhathorn

A curta está excelente desde a premissa à sua execução, parabéns ao Sanchéz!

Não sei porque é que mais ninguém acha que o colega dele tem voz de psicopata autêntico xD

Sanchez

I know right? Creepy o gajo

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
25
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x