Coisas sobre Anime [16] – Kino’s Journey ; Girls’ Last Tour

Após o foco das edições anteriores ser sobre mortes e jogos de matança, chegou a altura de falar sobre coisas um pouco mais calmas, ou pelo menos calmas o suficiente até algo de inesperado acontecer.

Hoje vou falar sobre dois animes que estão em andamento durante esta Temporada de Outono 2017. Ambos os animes focam-se na aventura das personagens por vários locais desconhecidos, embora o motivo pela qual essas personagens andam nesta aventura é diferente. Mas ao mesmo tempo a sensação de aventura e mistério que ambos os animes oferecem é bom o suficiente para decidir falar sobre eles mesmo com apenas 3 episódios fora (na altura de escrita).

 

– Kino’s Journey ; Girls’ Last Tour –

Acho mais fácil começar por Kino’s Journey uma vez que já existem temporadas anteriores do anime. O que provavelmente levanta a questão de o porquê estar a recomendar este novo anime em vez do antigo, e a resposta é “tanto um como o outro”. Antes de mais, a nova temporada de Kino’s Journey é uma espécie de remake que adapta capítulos novos e ao mesmo tempo alguns episódios antigos que já apareceram nas temporadas anteriores. Por isso tanto faz qual decidem ver, por um lado estou a recomendar o desta temporada que é mais recente (e tem melhores visuais), mas por outro sempre podem começar a ver pela primeira temporada caso não queiram estar à espera de novos episódios todas as semanas (incluíndo o filme que explora a personagem de Kino).

O conceito de Kino’s Journey é bastante simples. Kino está a viajar com o objectivo de visitar vários locais juntamente com a sua moto falante Hermes. Basicamente o objectivo é conhecer as mais diversas culturas e costumes dos lugares visitados, sem nunca passar mais de 3 dias em cada sítio que visita. Estes locais são chamados de países, e cada país tem as suas próprias regras e pessoas que por vezes são inesperadas. Já para não falar que no mundo de Kino’s Journey o conceito de normalidade não se aplica, pelo que se pode observar com a moto falante que não estranha a ninguém.

Os protagonistas acabam por ser outro mistério, Kino e Hermes são de poucas palavras, e por mais estranho que seja, acho que é mais fácil deduzir o que Hermes está a pensar ao invés de Kino. Normalmente o anime dispensa apenas um episódio para cada país visitado, sendo o suficiente para contar a história por detrás do país visitado e para dar a sensação de algo novo a cada novo episódio. Tendo em conta que o objectivo da aventura de Kino é visitar vários locais diferentes para conhecer várias coisas novas, faz sentido o anime apenas dedicar um episódio para cada história. Afinal de contas não é por nada que Kino’s Journey está categorizado como Slice of Life, e antes que perguntem, sim, Kino é uma rapariga.

Girls’ Last Tour também acaba por ser um anime Slice of Life mas por diferentes motivos. Neste anime também seguimos a história de duas personagens, Chito e Yuuri, que andam a viajar e explorar vários lugares desconhecidos. A razão pela qual estas duas raparigas andam a viajar é a procura de um lugar onde dormir e algo para comer, pois a civilização tal como era conhecido foi destruída. Este duo é o único a dar sinais de vida durante a sua aventura, não conhecendo nada do mundo passado e mal sabendo ler, a única preocupação de Chito e Yuuri é terem sorte suficiente para encontrarem algo na próxima cidade que encontrarem.

Basicamente ambos os animes são sobre conhecer e explorar o mundo, embora por motivos completamente diferentes, e a sensação que Girls’ Last Tour oferece acaba por ter mais impacto. O motivo é devido de em Kino’s Journey ser a interacção com pessoas que desenrola a história, enquanto que em Girls’ Last Tour é a ausência de vida que acaba por atrair o espectador. Podem existir motas falantes em Kino’s Journey, mas a ideia de sobrevivência num mundo desolado ao ser necessário viajar por vários locais destruídos à procura de abrigo e comida acaba por aumentar a curiosidade em o que poderá acontecer e em como terminará a viagem destas personagens.

Acabo por recomendar ambos os animes devido às diferentes experiências que oferecem mesmo tendo a ideia de exploração, aventura e desconhecido como base. Tendo em conta que ambos são Slice of Life é indicativo que não será todos os dias que irá haver um acontecimento excitante, mas esta é a definição verdadeira de aventura e os fãs irão gostar. Kino’s Journey está planeado para 12 episódios pelo estúdio Lerche que irão adaptar a light novel de Keiichi Sigsawa, enquanto que Girls’ Last Tour vai receber a mesma quantidade de episódios pelo estúdio White Foxe, adaptando assim a manga criada por Tsukumizu.

——————————

I’m on the road again.