PN Jukebox #95 – Final Fantasy XIII-2

Como grande fã de JRPG clássicos, vocês conseguem imaginar como é a minha relação com os Final Fantasy mais recentes. Já na altura do MyGames dei uma boa nota a Final Fantasy XIII, mas tive de o ver como um jogo próprio do que um novo lançamento dentro da série.

Apesar de não ser o maior fã da trilogia em termos de jogo e até de história, houve um elemento que rapidamente admiti estar num bom patamar de qualidade, a música. Não estamos a falar em qualidade ao nível do mestre Nobuo Uematsu, mas Final Fantasy XIII ainda tem umas boas músicas.

Vamos então esquecer algumas das ideias parvas e momentos menos felizes de Final Fantasy XIII e neste e no próximo PN Jukebox vamos destacar algumas das melhores músicas da banda sonora de Final Fantasy XIII e XIII-2.

Mas porque começar pelo segundo? Porque foi o segundo que me levou a pensar em regressar aos PN Jukebox. Especialmente graças ao Spotify que foi englobando algumas das bandas sonoras da série.

Final Fantasy XIII-2 pareceu-me uma evolução positiva para a série, no entanto a música também mudou de estilo. Para minha grande surpresa, embora tenha alguns temas mais estranhos, fiquei supreendido por alguém tão difícil de agradar como eu tenha ficado com algumas destas músicas na memória.

A primeira que me lembro sempre é New Bodhum, é uma música alegre, com uma pincelada de magia e uma voz bastante forte a acompanhar (Origa). É uma altura de jogo onde já estamos no controlo de Serah, que é uma personagem bem melhor que Lightning em todos os aspectos.

Depois temos Worlds Colide, uma música de combate que podia muito bem ter saído de Persona. A música é ritmada e tem bastante vida. A parte que me soa mais a Persona é a espécie de “rap” que surge pelo meio, um pouco a lembrar Persona 3. A melhor parte desta música é o como mistura os sons ambiente de piano com a voz, especialmente na segunda parte, o que é inesperadamente bom. Os últimos 40 segundos são a melhor parte da música sem dúvida.

Depois temos Last Hunter que é efectivamente um regresso à sonoridade mais clássica sem esquecer as raízes do próprio jogo principal. Last Hunter é a música de combate que faz sentido e que está efectivamente muito bem conseguida.

Pelo caminho temos uma série de músicas que usam uma versão mais calma e uma versão mais agressiva. Curiosamente, sou fã da versão mais calma de quase todas e não gosto de quase nenhuma das versões agressivas. De qualquer forma, uma vez mais contra as minhas expectativas, gosto de Invisible Invaders que tem uma sonoridade boa mas uma utilização de voz que me irritaria noutras situações.

Claro que existem músicas que acho simplesmente más e Limit Break é uma delas (nem consigo acreditar que meteram o nome de um movimento tão icónico associado a esta coisa horrível). Esta música ficava bem num Devil May Cry e mesmo assim…

Felizmente temos a música do Caius, que embora também não seja uma personagem fantástica, teve direito a uma música muito boa:

Pois é, tem uma data de momentos altos e outros mais baixos, mas acho que a banda sonora de Final Fantasy XIII-2 tem várias pérolas escondidas que a maioria poderá não conhecer porque acabou por fugir de tudo o que tinha Final Fantasy XIII no nome.

Assim sendo, fiquem com a banda sonora completa:

Final Fantasy XIII-2 está disponível na PS3, Xbox 360 ou de forma mais fácil, através do Steam.

Latest posts by Daniel Silvestre (see all)
Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Giuliano

PARA JOGAR COM CONTROLE DO PS4 NO PC VIA BLUETOOTH – MÉTODO 100% FÁCIL E SEM CONFIGURAÇÕES-100% AUTOMÁTICO https://youtu.be/KpyaMwxT4rA

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x