Modding Zone – Artigo 10: Lendas feitas de aleatoriedade

modding-zone-10-pn_00005

Uma dezena, já temos uma dezena de números lançados! Foi em Janeiro que começou o Modding Zone, e desde então tem sido uma nova experiência.
Mas indo para os assuntos de hoje. Apresentamos os novos resultados da votação deste mês, depois temos Hearthstone na sua penúltima edição! Falamos um pouco sobre Twitch Plays Pokemon, passando para a tabua cronológica e acabando no Modding Time.

Goooooooooo down!

Poll:
Resultado

No início deste mês, quisemos saber com que idade os membros do ProximoNivel começaram a jogar videojogos, e com um total de 46 votos, os resultados foram muito interessantes. Eis os resultados:

  • +25: 0 votos
  • 19-25: 0 votos
  • 16-18: 0 votos
  • 12-15: 0 votos
  • Hummm… .meloes?: 3 votos
  • 9-11: 9 votos
  • 0-8: 33 votos

Dicas de Iniciante:
Hearthstone Heroes of Warcraft

O sinónimo de ladrão e assassino, o Rogue.

modding-zone-10-pn_00006

Começando pelo seu poder heróico, é capaz de equipar uma arma, com 1 de dano e 2 de utilidade.
Este é o herói mais irritante que podem ter pela frente, não por ter minions muito fortes, mas sim pelos efeitos secundários desses e também pela quantidade de cartas que conseguem retirar do campo de batalha entre os nossos minions, quer seja ao matar ou devolver para a nossa mão. Dito isto, não é fácil de prever as jogadas ao usar este herói, na verdade diria que só alguém que faça bastante uso dele conseguirá ter algum espaço de manobra.
No entanto nem tudo é perfeito e se conseguirmos evocar monstros fortes e mantê-los, o que é bem mais complicado do que parece, acabamos por ir ganhando terreno pouco a pouco.

Algo também bastante característico da rogue é a capacidade que tem de nos desfazer combos de cartas, se tiverem combos longos que requeiram cartas em campo para serem empregues, bem, boa sorte! É a única coisa que vos posso desejar.

modding-zone-10-pn_00004

Cartas a ter em conta:
Betrayal, faz com que um minion inimigo faça dano a 2 minions inimigos adjacentes ao mesmo. Uma carta para estar presente em qualquer baralho Rogue.
Edwin VanCleef, como combo ganha 2/2 por cada carta jogada anteriormente no mesmo turno. Sendo que possui 2/2 e custa 3 de mana.

Opinião:
Twitch Plays Pokemon

Bem agora que já temos música ambiente… Do you have a moment for our lord and savior Helix?

modding-zone-10-pn_00007

Sim parece ridículo mas desta feita gostava de falar um pouco sobre o que raio aconteceu com o Twitch Plays Pokémon… Para dizer a verdade quando tudo começou eu achei bastante piada, a ideia de ter 5.000 pessoas a dar comandos a um único boneco era simplesmente genial. Mas a coisa cresceu e pela altura que derrotámos a árvore antes do 4º crachá já eramos uns 15.000 constantes. Ainda assim o que realmente tornou esta “experiência” em algo que não se poderia imaginar na altura foram as várias comunidades espalhadas por essa terra mágica, que é a Internet.

Dezenas de histórias surgiram para justificar as dificuldades e desventuras do Red, desde o “false prophet” à minha preferida, o “ATV The Dragon Slayer”. Espero que já tenham acabado de ouvir a anterior porque aqui está uma outra que enaltece a grandiosa luta de um deus, um anjo, um messias, um veículo todo o terreno, um rei e um príncipe contra o todo-poderoso Indigo Plateau.

As desventuras continuaram, se bem que sem a mesma força da novidade. É certo que quando se passou para a “versão Crystal” tudo começou em grande e foi caindo. O que salvou a stream foram novamente as comunidades da internet que rapidamente inventaram uma história que… adivinharam, também tem direito a música! Desta feita deixo-vos com o link para o site se quiserem dar uma vista de olhos nas restantes músicas.

Actualmente como alguns já sabem, está a decorrer a stream de Pokémon Emerald, na qual nós, as vozes, estamos a dar ordens a uma assassina que já matou 3 personagens nos primeiros 10 minutos de jogo, e adora doges já temos 4 Poochyenas… Vamos ver no que esta vai dar.

Tabua Cronologica:
Jak and Daxter Parte II

modding-zone-10-pn_00003

A Naughty Dog quando lançou Jak and Daxter teve logo ideia de criar uma sequela, mas queria saber como seria a recepção do primeiro jogo.
Ao ver que foi positiva e as vendas aumentavam cada vez mais, avançou logo com a sequela.

O novo projecto, chamado Jak 2: Renagade era ambicioso. Pois o que restou do jogo original foi simplesmente as personagens e a história, porque tudo o resto, desde jogabilidade a locais, foram modificados.

A história começou por agarrar em Jak, Daxter e os seus amigos partindo do fim do jogo anterior, onde eles estavam a estudar um artefacto que tinham encontrado e acabam por ser enviados para o futuro, numa cidade chamada Haven (Haven City).

modding-zone-10-pn_00002

É aqui que as coisas mudam, a Naughty Dog que queria criar uma grande cidade, viva e fiável, assim o fez com Haven City, e isso teve impacto na jogabilidade, onde Jak and Daxter passou de um jogo de plataformas mais ao estilo de Crash Bandicoot, a um jogo de plataformas com essência de Grand Theft Auto, pois agora Jak podia roubar carros para se mover pela cidade e em vez das habilidades com os Ecos, agora usava a Morph Gun, uma arma que se podia adaptar a 4 formas diferentes.

Introduzido também foi o Dark Jak, um alter-ego do Jak, resultado das experiências com Eco Negro que sofreu no início do jogo.

O jogo apresentou novas personagens, um Jak que falava, tendo tido direito a umas belas primeiras palavras, e essencialmente, uma história mais negra, todo aquele brilho e pureza do primeiro jogo estava mudado por completo, e isso reflectia-se nas personagens.

Foi outro grande sucesso, quando saiu para as prateleiras em Outubro de 2003, dois anos após o primeiro. E desta vez só bastou um ano para a seguinte sequela sair.

Modding Time:

Como havia dito no meu último PND tinha ainda mais assuntos para falar, e que acabaria por os apresentar aqui ou num outro PND. Vamos lá apresentar alguns aqui.

Vamos falar do impacto das personagens, pois de certeza que já tiveram personagens que vos impressionaram bastante. Eu falo da minha mais recente, Accelerator, de onde ele vem? Deixo em segredo, o tipo ao principio parecia um maníaco, e ainda tem esse lado, mas eu não podia de deixar de gostar dele, não sei porquê, mas desde que o vi que fiquei logo a gostar dele, o seu lado ‘’maníaco’’ foi impressionante, e ainda para mais o seu riso, e depois descobre-se um lado soft dele, onde se preocupa com alguém, achei isso ‘’kawaii’’.

E qual a vossa?

E então vamos falar outra vez de Final Fantasy X? Não propriamente… Blitzball! O melhor mini-jogo de sempre.
Sempre quis que a Square fizesse um jogo de Blitzball para a PSP, ou então uma colecção de mini jogos da série FF e com o Blitzball incluído.

Eu simplesmente adoro o jogo, muita gente odeia porque o primeiro jogo é difícil de propósito, e também são casmurros porque não querem perder tempo a ver tutoriais… perdem eles…
O jogo gera-se com matemática simples, embora use números aproximados, ou algo assim, pois as jogadas nem sempre correm como esperado.

modding-zone-10-pn_00001

Quando iniciamos uma liga ou um torneio, com as equipas todas a 0, é bom ver jogos equilibrados, e é bastante divertido de se jogar.
Qual é o minijogo que mais gostaram?

Afterword: Como já devem ter percebido, fiz uma rapidinha em vez de um testamento como no meu PND, para não vos maçar!

 

Chega ao fim o décimo Modding Zone, relembramos que podem sugerir temas, não só para os debates, mas como para tudo o resto.

Cya next week!

 

Modding Zone é uma rubrica semanal idealizada e escrita pelos membros da comunidade Tylarth e Silver4000. Os temas e módulos semanais são livres e podem mudar entre cada artigo. Podem sugerir temas e comentar em baixo.

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram