Análise – The Amazing Spider-Man 2

the-amazing-spider-man-2-game-ana-pn_00043

Se há coisa que a indústria dos videojogos nos ensinou, é que qualquer filme mais comercial vai acabar por ter uma adaptação para jogo, uma adaptação que tem grandes probabilidades de ser terrível.

Depois há Batman Arkham, o jogo que provou que não era necessário seguir o filme e com isso, seria possível colher os lucros de algo pensado de raiz.

The Amazing Spider-Man 2™_20140512191734

Foi isso mesmo que a Beenox e a Activision tentaram fazer com o jogo de The Amazing Spider-Man 2, ou seja, criar uma história diferente da do filme com o mundo de Peter Parker como pano de fundo. O resultado não é o melhor, mas também podia ter corrido bem pior.

Eu tenho uma grande admiração pela Beenox, em tempos, foram eles que criaram Spider-Man Shattered Dimensions, um dos meus jogos favoritos do aranhiço, como tal, tenho sempre esperanças que me surpreendam.

The Amazing Spider-Man 2™_20140512191152

Em The Amazing Spider-Man 2 voltamos a ter Nova Iorque para explorar a nosso belo-prazer, mas com a particularidade de poder visitar este mundo ocasionalmente no papel de Peter Parker. Não sendo uma recriação do filme, podem contar com um Homem-Aranha e Peter Parker bem diferentes de Andrew Garfield.

Apesar de ser um jogo em mundo aberto, The Amazing Spider-Man 2 é bastante linear. Existem algumas missões secundárias para fazer que influenciam o nível de herói e várias páginas de bandas desenhadas para apanhar, mas somos constantemente lembrados e “empurrados” para a próxima missão.

The Amazing Spider-Man 2™_20140512191320

Passear por Nova Iorque é bastante divertido, mas está longe de ser perfeito ou preciso. Podem controlar a velocidade e direcção em que “viajam” de teia em teia, mas nem sempre a colisão é a melhor, criando situações estranhas de contacto com os edifícios ou glitches. É uma pena, porque quando a coisa está a correr mesmo bem, sentimos que somos um Homem-Aranha a sério.

Algo que estraga também o sentido de imersão é a forma como os cenários e as missões estão interligadas. Na sua vasta maioria cada área é “abençoada” por um Loading bastante longo e estas zonas mais fechadas retiram algum brilho do que o ser o Homem-Aranha. Certas secções furtivas pecam por ter um medidor de visibilidade que não desce, sendo mais frustrante que desafiante.

The Amazing Spider-Man 2™_20140512192251

Quanto ao combate, este vai beber bastante a Batman Arkham, com um sistema de combos por sequência e contra-ataques aplicados no momento certo. Estas sequências permitem que usem também os poderes do aranhiço para desarmar inimigos à distância ou encurtar a distância com uma teia bem disparada. É fluído e divertido, sendo o maior problema a câmara em zonas mais apertadas.

Tenho de dizer que gostei bastante da forma como a história e os vilões vão surgindo, que até parece bem mais sólida que o próprio filme. Surgem personagens como o Shocker, Kingpin, Kraven e o mítico Carnificina. O tema faz sentido e o desencadear dos motivos da guerra de gangues também.

The Amazing Spider-Man 2™_20140512194039

Infelizmente, o visual não acompanha a história e tirando o próprio Homem-Aranha, todas as personagens na versão PS4 parecem modelos fracos da PS3 os quais foram pintados com uma tinta brilhante. As animações e expressões são realmente fracas e alguns cabelos estão tão maus que parecem retirados da era das 128 bits. Pelo menos Nova Iorque parece mais interessante, especialmente à noite, enquanto passam por cima das ruas mais movimentadas.

Mesmo não tendo as vozes dos actores do filme, tenho de reconhecer que as escolhas para as personagens foram todas bastante boas e no geral, este jogo parece aproximar-se muito mais da qualidade das séries de TV animadas, o que é uma mais valia. Quanto à banda sonora, esta utiliza os temas clássicos do aracnídeo de boa forma.

The Amazing Spider-Man 2™_20140512194255

Como puderam ler na análise, The Amazing Spider-Man 2 é mesmo um jogo que desperta reacções mistas. Temos aqui o caso de um projecto que podia ter sido muito melhor se tivesse sido mais polido e a passagem para a nova geração não fosse mais do uma conversão directa.

Se gostam de Homem-Aranha como eu, então é vale a pena, mas precisam de ter alguma paciência com todos os pontos menos positivos.

Não se esqueçam de ler (ou reler) a nossa análise do filme aqui:
Análise – The Amazing Spider-Man 2: O Fantástico Homem-Aranha 2

Positivo:

  • História diferente cheia de vilões
  • Navegar por Nova Iorque como Homem-Aranha
  • Vários conteúdos extra para desbloquear
  • Sistema de progresso por experiência
  • Poder jogar pela primeira vez como Peter Parker

Negativo:

  • Visual da era das 128 bits
  • Problemas de colisão
  • Loadings longos
  • Bastante linear
  • Missões alternativas repetitivas

pn-bom-ana

Latest posts by Daniel Silvestre (see all)
Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram