Análise – Playstation Vita Pets

playstation-vita-pets-analise-pn-n_00025

Com Invizimals, a Sony conseguiu de certa forma fazer frente e criar alguma competição para Pokémon, estranhamente, ainda não havia nada que fosse concorrência directa a Nintendogs.

Como se costuma dizer, pode tardar, mas não falha, e após tantos anos, eis que surge Playstation Vita Pets para a PS Vita, um jogo dedicado aos melhores amigos do homem, que tem tanto de Nintendogs como não.

playstation-vita-pets-analise-pn-n_00006

Basicamente, Playstation Vita Pets faz com que escolham um animal para cuidar, o qual passa a habitar a vossa casa. Vão poder brincar com ele, dar banho, fazer festas, alimentar entre outras actividades típicas, mas Playstation Vita Pets não se fica por aqui.

Ao contrário de Nintendogs, este jogo não se limita a tratar do vosso cão, pois além da vossa casa, existe todo um bosque para explorar, o qual está ligado a uma história mística sobre um rei e o seu cão.

playstation-vita-pets-analise-pn-n_00012

Outra grande diferença, passa pelo facto do vosso cão poder falar tal como um humano. Este diz exactamente o que quer e precisa e comenta as vossas escolhas ou acções (por vezes tanto que até chateia). O facto dos animais poderem falar, faz com que o jogo fique algo mais acessível e mais fácil de perceber.

O vosso cão pode aprender vários truques, decorar o seu nome entre outras coisas. É possível gravar a vossa voz para efectuar comandos ou fazer com que o cão perceba o seu nome quando o chamam. Quase tudo o que fazem pode ser feito com comandos de voz, mas os muitos mini-jogos ou exploração dão uso ao ecrã táctil de forma prática.

playstation-vita-pets-analise-pn-n_00013

De forma a aproveitar as capacidades de realidade aumentada da PS Vita, Playstation Vita Pets inclui a possibilidade de trazer o cão para o nosso mundo, para o vermos a brincar na nossa carpete, atirar bolas para o jardim e vê-lo a correr nos espaços da nossa casa, é interessante e funciona até bastante bem.

Embora seja um jogo claramente feito a pensar nos mais novos, Playstation Vita Pets não trata a sua audiência como parvos. A campanha relacionada com a história do rei é uma adição muito boa que dá uma grande longevidade ao jogo e acaba por colmatar um dos problemas deste género, ou seja, a falta de algo para fazer além de cuidar do cão.

playstation-vita-pets-analise-pn-n_00020

Playstation Vita Pets é um jogo que tenta incentivar a que voltem diáriamente para passar tempo com o vosso animal. Ele reage à vossa ausência e ganha mais pontos de amizade quando voltam gradualmente para fazer mais actividades, alimentar e partir à descoberta.

Aqueles que ligam mais às aparências e detalhes, podem levar o seu cão para uma sala própria e vestir todo o estilo de roupas, chapéus, óculos e coleiras. Estas podem ser desbloqueadas e compradas na loja virtual do jogo, ou descobertas em certas actividades.

playstation-vita-pets-analise-pn-n_00021

O visual de Playstation Vita Pets na PS Vita é bastante apelativo, mas nunca ascende aos nível dos melhores. Os modelos dos cães estão bem feitos e os cenários estão bem recheados de coisas, mas é uma pena que quase tudo seja mais estético do que útil, servindo apenas como pano de fundo.

A música utilizada surge em pouca quantidade e é bastante básica. Quanto às vozes dos cães, estas parecem sempre mais entusiasmadas do que deviam, ou soam a alguém que está a tentar ser “fixe” em demasia, de qualquer forma, não estão más. Os mais novos (e os pais) vão ficar contentes por saber que existem vozes e legendas em português.

Embora seja um jogo muito específico e destinado claramente aos mais novos, Playstation Vita Pets é uma boa surpresa e um jogo que recomendo facilmente a quem procure algo do género. Aliás, até acredito que muitos adultos vão gostar de passar umas horas com estes animais virtuais. Afinal, quem é que não gosta de cães?

Positivo:

  • Vários cães com personalidades diferentespn-recomendado-ana
  • Actividades para fazer além do básico
  • Interacção com realidade aumentada
  • Tenta sempre recompensar o jogador
  • Vozes nos cães é uma boa ideia

Negativo:

  • Vozes demasiado entusiasmadas
  • Poucas raças para escolher
  • Algumas frases são repetidas em demasia
  • Alguns objectos funcionam de forma estranha
  • Usar a voz nem sempre funciona

pn-bom-ana

Latest posts by Daniel Silvestre (see all)
Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram