Análise – Lego City Undercover: The Chase Begins

Ainda não passou muito tempo desde que Chase McCain chegou à Wii U com LEGO City Undercover e conseguiu provar ao mundo que a consola da Nintendo está bem preparada para receber jogos em mundo aberto.

Na mesma altura em que foi revelado, a Nintendo confirmou que a TT Fusion estaria também a trabalhar numa versão para a Nintendo 3DS, ligada à versão da Wii U. O resultado é LEGO City Undercover: The Chase Begins, uma aventura totalmente nova, que conta a história de como Chase McCain passou de um polícia novato a uma lenda dentro da força policial.

LEGO City Undercover: The Chase Begins funciona num sistema clássico open-world de missões localizadas. A início vão ter de fazer algumas missões mais básicas onde precisam de ir de ponto A a ponto B para entregar alguma coisa ou recuperar algum objecto, mas à medida que o jogo avança, as missões vão ficando cada vez mais variadas e complexas, mas sem nunca chegar ao nível da diversidade e polimento da Wii U.

Apesar de ser certamente um projecto de grande dimensão, a TT Fusion conseguiu transportar a cidade de LEGO City para o cartucho da Nintendo 3DS, embora com algumas quebras e sacrifícios. A fluidez sofre um pouco em alguns momentos e a dimensão do desenho em distância foi claramente reduzido, tendo sido substituído por um algum nevoeiro.
No que toca à jogabilidade, Chase pode realizar grande parte das acções e movimentos da versão Wii U, o que permite jogar algumas sequências de plataformas, perseguições a pé, de carro e até segmentos de combate. A jogabilidade funciona bastante bem, embora a detecção de colisão não seja a melhor em algumas zonas de plataformas que exigem que a personagem se agarre em movimento.

Algo que quase sempre fez parte dos jogos de LEGO e surge aqui novamente são as máscaras que podem equipar e dar um novo aspecto visual a Chase. Ao mudar de máscara, ganham novas habilidades e em alguns casos, novas armas. Com estes fatos vão poder explorar melhor os cenários, abrindo portas e até voando, para desbloquear alguns extras.

A passagem do jogo para a Nintendo 3DS não trouxe novidades de destaque além da utilização quase constante do ecrã táctil para ver o mapa e aceder a alguns menus rápidos como a mudança de fatos. Quanto à utilização do 3D, este confere algum brilho extra ao jogo e esconde algumas das texturas menos polidas, mas alguns pop-ups fazem-se notar mais em 3D.

LEGO City Undercover: The Chase Begins também recorre ao coleccionismo para aumentar a longevidade da aventura. É impossível não destruir os objectos de LEGO que surgem pelo caminho, seja a pé ou a conduzir, e apanhar todos os tijolos ou encaixes de LEGO que ficam no rasto de destruição. Com estas peças podem construir novos objectos ou edifício e comprar novos fatos e extras.

Visualmente, LEGO City Undercover: The Chase Begins é um jogo bom para a consola onde corre. Seria injusto comparar este lançamento à versão Wii U e entre tudo o que existe na Nintendo 3DS, é um jogo de mundo aberto bastante competente e com um visual agradável se ignorarem todo o nevoeiro que bloqueia a visão em distância e algumas texturas mais fracas.

Uma das maiores falhas da edição Nintendo 3DS acaba por ser a pouca quantidade de diálogos falados. Provavelmente fiquei mal habituado com a versão Wii U, mas os poucos diálogos que surgem acabam por transformar as situações de conversa apenas com texto, em conversas pouco carismáticas ou não tão divertidas. A música recorre à banda sonora do jogo da Wii U, mas passa demasiado tempo num registo low-Profile ou até ausente.

Mesmo tendo muito para explorar e apanhar, LEGO City Undercover: The Chase Begins acaba por não ser um jogo muito longo se resolverem seguir a história à risca. Quem jogou a versão Wii U vai desfrutar ainda mais da história, interacção e desenvolvimento das personagens. Um destaque negativo vai desta feita para os tempos de loading que embora não sejam muito comuns, são bastante longos quando resolvem aparecer.

A princípio fiquei algo assustado com grande parte das criticas internacionais que foram surgindo sobre LEGO City Undercover: The Chase Begins e receei o pior. Felizmente o resultado está longe de ser mau e gostei bastante da minha experiência nesta versão Nintendo 3DS, que vai certamente entreter aqueles que queiram um bom jogo de acção em mundo aberto para levar para todo o lado.

Positvo:

  • Boa utilização da história e personagens
  • Jogabilidade sólida e que funciona
  • Vozes e texto em português
  • Um open-world bem feito na Nintendo 3DS

Negativo:

  • Curto desenho em distância
  • Algumas falhas na detecção de colisão
  • Pouca utilização de vozes retira muito carisma
  • Tempos de loading bastante longos

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Silver4000

Està claro que o da Wii U foi o principal, mas como foi dito, é um bom jogo para se levar no bolso.

Daniel Silvestre

Totally true 🙂

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
2
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x