Análise – Hataraku Maou-sama!

analise-hataraku-maou-sama-logo1-pn

  • Episódios: 13
  • Temporada: Primavera 2013
  • Produtores: FUNimation EntertainmentL, Lantis, Pony Canyon, White Fox
  • Géneros: Comédia, Romance, Fantasia, Demónios, Shounen
  • Idades: +13
  • Linguagem: Japonesa
  • Adaptação: Light Novel

De certeza que já viram alguns filmes de comédia onde alguém do passado viajava para o futuro, ou de uma pessoa do lado do bem (normalmente um príncipe/herói ou uma princesa/heroína) que acabava na nossa dimensão. E então, quantas vezes ouviram falar do Lorde das Trevas, o grande terror e portador de más novas a ser o primeiro a entrar em tal mundo? E ainda mais, arranjar um emprego numa cadeia de fast food?

É isso que acontece em Hataraku Maou-sama! (The Devil is a part-timer!).

analise-hataraku-maou-sama-001-pn

A história começa com Sadao Maou (V.A.: Ryota Osaka, MarcoShingeki no Kyojin ; EitaOre no Kanojo to Osanajimi ga Shuraba Sugiru), o rei demônio, num confronto com a heroína Emi Yusa (V.A.: Yoko Hikasa, RiasHighschool DxD ; MioK-On!), sendo que no final da batalha ele foge através de um portal em conjunto com o seu leal general, Alsiel (V.A.: Yuuki Ono, MasayukiGekkan Shoujo Nozaki-kun ; TaigaKuroko no Basket), chegando assim ao Japão do nosso presente.

O que poderia ser uma comédia sobre dois ‘vilões’ a adaptarem-se ao nosso mundo é rapidamente transformado numa comédia romântica a partir do momento em que Emilia (a heroína) encontra Maou nesse mesmo mundo. No entanto, Hataraku Maou-sama! continua a ser um anime cheio de momentos hilariantes e refrescantes.

analise-hataraku-maou-sama-004-pn

O anime desenvolve-se à volta de Maou (e Alsiel) na sua batalha pelo ordenado para haver comida na mesa durante o mês. Durante os primeiros episódios a relação entre Maou e Emi toma o foco, sendo que os papéis de vilão e herói estão invertidos. É também apresentada  Chiho Sasaki (V.A.: Nao Touyama, KarenKiniro Mosaic ; ChitogeNisekoi), colega de trabalho de Maou. No entanto, a história não se desenvolve simplesmente sobre forma de comédia romântica, para além da nova vida no Japão, a antiga vida em Ente Isla (o reino de Maou e Emi) é algo presente.

As personagens e histórias que aconteceram no reino aparecem, oferecendo um ambiente um pouco pesado. As cenas de acção também são algo presente, maioritariamente envolvendo Maou transformando-se na sua forma de Lorde das Trevas, mostrando o poder pelo qual é temido e juntando um pouco de comédia, sendo que estão boas.

analise-hataraku-maou-sama-002-pn

A White Fox decidindo-se por adaptar simplesmente os dois primeiros volumes da light novel, acabou por fazer uma óptima decisão e um bom trabalho nestes treze episódios.

A segunda metade do anime acaba por ser um pouco lenta em comparação aos primeiros episódios, mas aposta mais nos eventos de comédia romântica, apresentando mais personagens, mas que não chegam a ter tanto impacto como as primeiras.

Um dos principais motivos de conversa é o final, é verdade que não acabou em nenhum clímax, nem em grande, acabando por ser mais um episódio normal. Eu próprio quando estava a ver o último episódio esqueci-me por completo que era o fim, até ver uma certa referência ao primeiro. Isto porque a série manteve a sua aura até ao último segundo, relembrando que tipo de anime estávamos  a assistir, e ao mesmo tempo encerrando esta primeira temporada, deixando a sensação de uma futura sequela.

analise-hataraku-maou-sama-006-pn

No que toca a desenvolvimento das personagens não acontece muito, Maou que em Ente Isla, mundo onde demônios eram malvados, era o Lorde das Trevas, aproveita a sua nova vida no Japão, num mundo onde não existem demônios nem regras que o obriguem a ser malvado para começar de novo.

Por outro lado temos Emi, que tendo treinado desde criança para derrotar Maou, não o aceita inicialmente, sendo que o seu desenvolvimento acaba por ser em aceitar o ‘novo’ Maou.

Alsiel acaba por ser a personagem que mais se destaca. Estando entre personagem principal e secundária, é muitas vezes o pilar da comédia, sendo o general das forças de MaouAlsiel toma o papel de dona de casa (neste caso, dono), procurando por promoções e mandando o seu lorde poupar para a comida, criando várias situações hilariantes que só poderiam acontecer em Hataraku Maou-sama!

Sobre as restantes personagens também não acontece muito, a maior parte dos desenvolvimentos acabam por ser iguais aos de Emi, onde as personagens mudam de opinião sobre a situação em que se encontram.

analise-hataraku-maou-sama-005-pn

A banda sonora tanto tem momentos épicos, como razoáveis. Os melhores momentos são claramente quando Maou usa o seu poder de Lorde das Trevas, mostrando que a banda sonora transmite o tom maléfico e poderoso da personagem.

O opening e o ending estão bons, sendo interpretados por Minami Kuribayashi e a banda nano.RIPE respectivamente, sendo que o ending está superior ao opening.

Sobre a arte não há muito a dizer, os desenhos são bons e com cores suaves, e a animação é fluída, especialmente nas partes de acção e sobrenatural. Também é dado atenção a pequenos pormenores nas personagens para mostrar o seu estado de espírito, já para não falar das bastantes expressões faciais.

analise-hataraku-maou-sama-003-pn

Quanto às vozes, Osaka (Maou) mostrou mais uma vez que tanto tem talento para papéis secundários como principais, sendo que Hikasa (Emilia) veio reforçar o seu ponto forte no que toca a dar a voz a personagens com personalidade similar à de Emilia. Mas onde todos brilham é na representação da língua de Ente Isla, por vezes, mais propriamente no início, as personagens falam na sua língua nativa, enquanto se adaptam ao Japonês, e é algo que soa engraçado e ao mesmo tempo como uma verdadeira língua.

O principal custo já dito na análise, é o facto de a segunda parte do anime ser um pouco mais lenta em relação à primeira parte. Outro dos pontos negativos é que devido ao pouco conteúdo adaptado, o desenvolvimento das personagens é escasso. A comédia também sofre, algumas das piadas repetem-se um pouco, no entanto Hataraku Maou-sama! consegue dar o seu ar às mesmas, fazendo com que esse problema não seja tão grave.

analise-hataraku-maou-sama-008-pn

Hataraku Maou-sama! é um bom exemplo de um anime que adapta a comédia ao seu estilo, conseguindo transformar a premissa sobre o Lorde das Trevas a trabalhar num restaurante de fast food, num bom anime. É pena o número de episódios dedicados às personagens a adaptarem-se ao nosso mundo ser só um, pois mais sobre o mesmo tema seria hilariante e faria uma boa primeira parte para o anime.

Apesar da falta de gás na segunda parte, o ambiente do mesmo oferece bons momentos e é certo que uma segunda temporada não irá passar ao lado de muitos.

Positivo:pn-recomendado-ana

  • Alsiel é um bom servo, dona de casa e fonte de comédia
  • Comédia à volta da situação das personagens
  • Cenas de acção e sobrenatural com boa animação

Negativo:

  • Perdida a oportunidade inicial de fazer comédia com os protagonistas a adaptarem-se ao nosso mundo
  • Pouco desenvolvimento das personagens
  • Segunda metade é um pouco lenta

pn-muitobom-ana

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram