Artigo Especial – The Legend Of Zelda: Breath Of The Wild 2

Na E3 de 2019, um dos jogos anunciados no Nintendo Direct, foi The Legend Of Zelda: Breath Of The Wild 2. De acordo com o IGN, a razão pela qual este jogo foi desenvolvido, prendeu-se com o facto de que a equipa por detrás do original tinha demasiadas ideias para eventuais DLC’s, mas que não conseguiam colocar todas no original. Assim, segundo Eiji Aonuma, foi dada a permissão para criarem uma sequela do jogo aclamado de 2017 da Nintendo Switch.

  • Gameplay – Muitos fãs especulam que este título venha a ter co-op ou um sistema de exploração de dungeons clássico. Contudo, estas especulações não foram confirmadas, nem desmentidas. Outros especulavam que o jogo poderia ter ligações indirectas ou ser uma espécie “Majora’s Mask“, no entanto, Aonuma confirmou que estas especulações são falsas. Ainda assim, muito do mapa do jogo original irá regressar nesta sequela, portanto, algumas zonas que tanto conhecemos poderão levar um reformulação de design nova para condizer com a ambientação mais sombria do jogo;

  • Ambientação – Como foi referido Hyrule poderá regressar nesta sequela, enquanto cenário principal, com modificações substantivas. Aonuma confirmou que esta continuação directa do original irá servir para introduzir novas mecânicas de gameplay e de história, de forma a permitir explorar o mundo aberto de forma diferente. Tanto que o trailer mostra o castelo Hyrule, cuja evidência confirma que poderá ser uma das localizações centrais deste jogo.

  • Data de Lançamento – Até ao momento é incerto quando o jogo irá ser lançado. Muitos previam que este título fosse lançado já no final deste ano, o que até pode acontecer, mas levando em conta a escassez de informação disponível atualmente, é improvável que venha a acontecer. Portanto, a aposta mais segura seria para 2021, especificamente para Março, tal como foi com o lançamento do original de 2017.
João Luzio
Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram