Tens um “pouco” de Fortnite no teu Destruction AllStars

Vivemos numa era em que cada vez mais as redes sociais ditam o que está na moda e o que é fixe ou não é. Seja coisas publicadas no Instagram ou no TikTok, são eles que influênciam as correntes actuais, especialmente para os mais novos.

Correndo o risco de parecer um “boomer” ou lá como será, ao ver o novo trailer de personagens de Destruction AllStars senti que a Sony foi claramenta atrás do clássico estilo de jogo de Destruction Derby, com uma roupagem totalmente inspirada na corrente de jogos como Fortnite.

Basta olhar para o novo trailer e ver que as inspirações, estilo e até alguns memes são basilares naquilo que será o universo deste novo jogo. Por isso dá para perceber de caras qual é o público alvo a que se dirige. Mas será isto mau?

Na minha opinião, um jogo por muito bom que seja, só se torna menos apelativo a outro estilo de jogadores se escavar a toca do coelho até uma dimensão só sua. No caso dos Battle Royale por exemplo, podemos comparar o Fortnite à Marvel e o Apex Legends à DC. Quero com isto dizer que Fortnite é muito mais “cool”, “alegre” e mais light na maioria dos casos, a passo que a DC é mais “sóbria” e a espaços mais negra.

O que é curioso no meio disto é que prefiro a Marvel à DC no geral, mas no exemplo dado, não consigo encaixar em Fortnite e prefiro muito mais Apex Legends. Apex sempre me pareceu muito mais “sólido”, divertido e sem as construções irritantes onde no final não ganha quem dispara melhor, mas sim quem é o melhor “Bob o Construtor“.

Mas já me estou a desviar do conceito principal. Estamos aqui para falar de estilo e cultura das redes sociais e é aqui então que conseguimos por Destruction AllStars e Fortnite lado a lado. Basta olhar para o trailer colocado em cima para conseguir fazer de imediato as ligações. Temos personagens coloridas, exageradamente divertidas para um jogo onde a ideia é matar o adversário com um carro ou à pancada. Existem emotes fofinhos, uma personagem com uma caixa na cabeça com smile desenhado, uma rapariga com um capacete cheio de emojis e um rapaz asiático a fazer o Naruto run. Tudo isto é uma base do que podemos ver apenas por um trailer.

Quando Destruction AllStars sair gratuitamente no PS Plus, tenho a certeza que vamos ter danças, mais memes e outras modas retiradas das redes sociais da moda. Isto é algo que algumas pessoas não vão ter paciência sequer para experimentar porque vai parecer demasiado “zoomer” sequer para experimentar.

Mas temos de pensar que embora isso seja uma parte integrante do jogo e de certa forma o seu ADN, o que realmente importa aqui é a qualidade do jogo. Todos estes elementos mostram que Destruction AllStars vai ser um jogo totalmente maluco, mas com um estilo bastante divertido. Se a jogabilidade e o conceito forem efectivamente bons, de certeza que alguns dos memes e modas vão passar muito mais ao lado.

Se Destruction AllStars for efectivamente bom e divertido de jogar, o resto acaba por ser mais pano de fundo do que outra coisas e confeso que se o tiver de jogar, vou certamente utilizar o Box Top ou a Twinkle Riot. Não por parecerem emojis ambulantes, mas porque aprecio a ideia das máscaras.

Resumindo, só espero que todas estas ideias fofinhas, coloridas e coisas da moda não tornem Destruction AllStars num jogo impraticavél ou insuportável. Afinal, o conceito parece bastante bom. Por outro lado, também posso estar um bocado chateado pela Sony estar a lançar um novo jogo com o nome AllStars e não ser o Playstation All-Stars Battle Royale 2

Destruction AllStars vai ser lançado primeiro gratuitamente no PS Plus e estará disponível nesse formato durante os dois primeiros meses.

Latest posts by Daniel Silvestre (see all)
Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x