RiME – Análise

Num mundo cheio de Triple AAAs, bugs e jogos levados pela antecipação do seu lançamento, existem vários jogos indie a passarem despercebidos. Um deles, tive a oportunidade de jogar devido à oferta da Epic Games Store. Falo de RiME, desenvolvido pela Tequila Works.

É-nos introduzida a história numa cinemática que nos leva ao passado, com um mar tempestuoso a resultar em naufrágio. Após essa apresentação, vemos um rapaz desmaiado numa praia. Estamos numa ilha, bastante colorida, onde a pequeno traço vemos os indícios de vida selvagem.

Foi, pela primeira vez anunciado em 2013, inicialmente concebido como um RPG de ação, no entanto, só em 2017 é que foi lançado para PS4, Xbox One e PC. O produto final, todavia, levou-nos para um jogo de aventura através da resolução de vários puzzles, com uma arte e jogabilidade de lembrar Journey e um mundo a lembrar The Wind Waker.

O designs dos níveis diferentes do jogo está genial. A seguir, em paralelo, com as cinemáticas introduzidas que, à medida que avançamos, nos contam mais do que aconteceu. Vamos encontrando alguns inimigos, que para o género do jogo, nos dá a sensação de adversidade, quando tudo o que queremos é terminar os quebra-cabeças.

A Tequila Works explorou de forma exímia aquilo que é ver o mundo pelos olhos de uma criança. Não meteu segundos sentidos nas diferentes etapas. Não meteu vozes de tutorial. Deu-nos o mundo e a vontade de o conhecer. No final, em contraste, tira-nos essa visão e ofusca-nos com o nevoeiro e com uma noite que estaria lá para levantar o véu a um plot twist que não estava a contar.

Após terminarmos o jogo, vemos a sinceridade e a paixão com que os desenvolvedores trabalharam, eis uma das mensagens que passaram: “Aos avós e suas histórias esquecidas”.

RiME é lindo. E transparece nas qualidades que um indie pode fazer. Histórias diferentes. Modos de trabalhar e apresentar o conto de maneira diferente. Algo que nos pode ser mais pessoal, ou chocar mais.

Em suma, é algo que definitivamente vos posso recomendar. Facilmente, terminam o jogo em 8 horas, ou menos e, poderá ser um jogo que vos ficará na memória

André Miranda
Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
fred

e desde quando é que o rime passou despercebido? o jogo já tinha sido oferecido no plus e antes disso deu bastante que falar tendo sido um dos indies mais pedidos para a switch.

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
2
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x