PróximoNível Jukebox #39 – Phoenix Wright: Ace Attorney – Dual Destinies

PNJ-jukebox-phoenix-wright-ace-attorney-dual-destinies-pn

Bem-vindos ao PróximoNível Jukebox e eu estou bem!

Desculpem, fico sempre um pouco nervoso antes de um julgamento. Mas tenho que manter a postura, um advogado tem que sorrir mesmo nas piores situações.

O tribunal está agora em sessão. Erguei-vos!

Vamos iniciar o julgamento de Phoenix Wright: Ace Attorney – Dual Destinies (que nome comprido) que está acusado de ter uma banda sonora mediócre, o que é completamente o oposto da realidade. A série Ace Attorney sempre teve um leque de músicas memoráveis desde o primeiro jogo no Game Boy Advance, e agora com a qualidade de som superior da Nintendo 3DS, podemos ouvir faixas musicais mais elaboradas.

Vou começar logo ao ataque e demonstrar a minha primeira prova.

Dual Destinies marca o regresso de Phoenix Wright às salas de tribunal após a sua ausência em Apollo Justice: Ace Attorney, onde passou a maioria do tempo a jogar póker e a tocar piano (ele é péssimo numa destas actividades). Desta vez, o sistema jurídico está a passar por um período de corrupção, a chamada “idade das trevas da lei“.

Para quem já joga Ace Attorney há algum tempo, isto não parece nada de novo. Não é a primeira vez que lidamos com provas falsas e indivíduos corruptos com posições de alto nível. Mas as coisas parecem tão más que até colocam advogados de acusação condenados a exercer o seu cargo em tribunal. E com aves de rapina à solta!

Felizmente, Phoenix Wright não vai estar sozinho nesta jornada, contando com a ajuda de Apollo Justice, ou Paulito Justicia como gosto de o chamar, e Athena Cykes. Apesar de ser uma novata, Athena é uma excelente adição ao escritório de advocacia/agência de talentos Wright, demonstrando ser mais do que uma simples suplente da Maya Fey.

Cada um com o seu poder especial, estes advogados parecem quase super-heróis. O Paulito consegue focar-se nos tiques nervosos das outras pessoas com a ajuda da sua pulseira e descobrir quando estão a mentir, a Athena utiliza o seu conhecimento em psicologia analítica para detectar emoções subtis nas vozes das testemunhas, e o Phoenix faz bluff. Muito, muito bluff. Mas continua com a melhor pose quando solta um valente “Objection!

Dual Destinies introduziu diversas novidades à série, várias delas que já devia ter sido adicionadas mais cedo. Pela primeira vez, Ace Attorney chega à 3ª dimensão e a transição foi feita com sucesso. Leva algo tempo a habituar-nos, mas mantém o charme dos sprites e as animações estão ainda melhores.

Desta vez o jogo orienta-nos melhor pelo caminho certo, evitando tantos momentos mortos como nos jogos anteriores, onde andávamos de um lado para outro sem saber o que fazer. E finalmente podemos gravar o nosso progresso sem ter que sair para o menu inicial.

Phoenix Wright: Ace Attorney – Dual Destinies está disponível para a 3DS e iOS. Após cruzar caminho com o professor Layton, o próximo Ace Attorney vai recuar para perto do fim da Era Meiji em The Great Ace Attorney, onde seguimos a história de um antepassado de Phoenix Wright.

O jogo vai ser lançado no Japão em Julho e ainda não tem lançamento confirmado para a Europa. Mesmo que o jogo acabe por vir apenas em formato digital como o Dual Destinies, eu espero que a Capcom tenha ainda algum juízo e confirma o lançamento por cá já nesta E3.

Gostaram das músicas? Têm alguma objecção? Qual é o vosso Ace Attorney favorito? Não se esqueçam de comentar e não percam o próximo PN Jukebox que vai começar a trazer bandas sonoras fora da área dos videojogos.

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marco Correia

Se eu fosse juiz eras logo considerado inocente, porquê perguntas tu? Por causa das “incorporações” do youtube, so thin and sexy god damnit!

_GM_

Eh belos momentos que passei a jogar isto. Eu já tinha jogado um ou dois jogos da série, mas por emulador. Este foi o primeiro numa consola. Para mim foi como se estivesse a ler um livro. Mas um livro mesmo bom. E a música está muito boa, apesar da música do primeiro da série ser a melhor.

Kanudo

Não está muito longe de ser um livro, tendo em conta que passamos a maioria do tempo a ler texto xD

Eu estavam inclinado em colocar em votação qual dos Ace Attorney é que iria dedicar um PN Jukebox, são todos muito boas. Mas a música do primeiro Ace Attorney é de longe a mais icónica.
https://www.youtube.com/watch?v=wq1jknZp0ic

_GM_
Nirvanes

Desilusão como se deixa a melhor música de sempre de fora!!!!!!!!!!!!!!!!! (não interessa se é do Apollo!!!)

https://www.youtube.com/watch?v=pUwJfVn9Nq4

Kanudo

Eu sei que essa música chega a aparecer no jogo (spoiler warning :P) mas acreditas que não incluem essa música na banda sonora oficial do jogo? Um sacrilégio!

Mas nada me impede de dedicar um PN Jukebox ao Apollo Justice: Ace Attorney e colocar apenas essa música 😉

Nirvanes

Que escândalo… será porque não é original? Ou porque se calhar não recebeu nenhum tipo de remasterização? (Acho que é exactamente igual à do Apollo)

Devia ser um PN Jukebox Klavier Gavin para fazer justiça!
Esta música é responsável por umas 2h das minhas 60h de jogo. Às vezes parava só para ouvir isto em loop tempos infinitos.

Kanudo

Certamente é por a música ser exactamente igual à original.

Acredita que me custou não colocar a música neste PN Jukebox, é uma das melhores músicas da série.

Matsuka

A música de Phoenix Wright é tão boa que é muito difícil limitá-la a só um post. Jukebox do resto dos jogos, maybe :P?

Kanudo

Quem sabe um dia 😉

Silver4000

Faz um jukebox de Ace Attorney e nem uma vez fala do Dick Gumshoe…
Continuo a achar toda a música do primeiro jogo a melhor.

Kanudo

Nem do Edgeworth, nem das Feys, nem do Steel Samurai, tanta coisa.

Claramente isso tudo tem que ficar para outro PN Jukebox de Ace Attorney.

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
12
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x