PróximoNível ao Domingo T4 – Artigo 23 por Silver4000

proximo-nivel-ao-domingo-t4-artigo-23-por-silver4000-logo-pn

E apôs várias semanas cá estou eu novamente para vos oferecer mais um PND.

Como o dia dos namorados está para breve, irei falar de várias coisas que nada tem a haver com o tema (sou mauzinho não sou?).

Para recordar:

O vosso primeiro am…videojogo

Quase que vos apanhava ali não era?

Com isto posso estar a referir-me ao primeiro videojogo que tiveram a disponibilidade de jogar, que receberam, ou que compraram por vocês próprios.

Infelizmente só me recordo do suposto primeiro jogo ao qual tive a oportunidade de jogar, sendo ele Sonic the Hedgehog. Mas como o ser humano tem tendência em armazenar as más memórias em vez das boas, não me lembro muito da primeira vez que o joguei…

Por outro lado, sempre posso falar de primeira consola que comprei com o meu dinheiro, a qual estimo tal como as outras, e da qual faço uso regularmente. Falo, é claro, da PlayStation Vita. Até porque faz cerca de sete meses desde que a comprei.

Para ver:

Broadchurch

proximo-nivel-ao-domingo-t4-artigo-23-por-silver4000-001-pn

Esta semana andei embrenhado em amo.. mistério, drama e crime/policial, sendo que vi algumas séries relacionadas com o tema. Sherlock foi uma delas, mas havendo a alta probabilidade de já terem assistido à mesma, e de não ter sido muito do meu agrado, irei falar de outra.

Broadchurch é uma série Britânica de oito episódio que conta a história de Alec Hardy (David Tennant), que acaba de se mover para uma pequena aldeia onde uma criança é assassinada.

São oito episódios à volta do mesmo caso, uma jogada que poderia correr mal mas que saiu interessante e com personagens cheias de segredos.

Começou uma segunda temporada no início deste ano, e nada melhor do que ver duas das melhores personagens da série Doctor Who ‘juntas’, David Tennant (como é óbvio) o décimo doctor (ou lá como a contagem o deixou), e Arthur Davill, que fazia de Rory um dos companions do décimo primeiro doctor.

É uma série que me deixou colado ao ecrã, algo que não acontecia à já algum tempo.

Para ver 2:

Sakasama no Patema (Patema Inverted)

proximo-nivel-ao-domingo-t4-artigo-23-por-silver4000-002-pn

E sim, finalmente chegou a recomendação de um roma… oh, também não é desta.

Patema Inverted foi-me recomendado durante uma discussão (o acto de partilhar opiniões sobre algo, não o de gritar insultos) sobre filmes animados em full HD, sendo que então foi-me recomendado este filme.

A premissa do filme é semelhante à de Upside Down, que foi analisado aqui no site, no entanto foi melhor realizado.

Patema é uma jovem rapariga que vive numa aldeia subterrânea, em conjunto com centenas de outras pessoas. No entanto, ela adora explorar e o seu local favorito é a zona perigosa.

Certo dia, devido a um acidente, Patema sofre uma queda, e com medo de cair até ao céu ela pede ajuda à primeira pessoa que vê, sendo essa pessoa um rapaz chamado Age. Ele ao ajudá-la repara que a mesma é uma invertida (pessoa com a gravidade ao contrário).

Para além do bom visual em full HD, a história bem como a resolução que ambos tiveram sobre o ponto de vista do outro foram bem feitas. Bem como a transição do ângulo da câmera que era algo entusiasmante de se ver. A única coisa que ficou a faltar foi um olhar sobre as personagens antes e apôs os acontecimentos do filme.

Um bom e suave filme para se ver durante uma tarde de fim de semana.

Para jogar:

Crisis Core: Final Fantasy VII

proximo-nivel-ao-domingo-t4-artigo-23-por-silver4000-003-pn

O que haveria de melhor para se recomendar nesta altura do ano? Erog… *ahem*

Como devem saber, Final Fantasy VII é o jogo do qual menos gosto da série Final Fantasy, mas isso não me impede de ter como segundo favorito a sua prequela.

Tenho andado com vontade de jogar novamente, mas como a minha PSP já não lê os UMDs nem a PlayStation Store tem o jogo à venda, fiquei-me pelos vídeos no youtube, no entanto, isso não me impede de recomendar a outras pessoas.

Sendo esta a primeira tentativa (se não estou em erro) da Square Enix em criar um (Final Fnatasy) Action-RPG, Crisis Core foi uma nova experiência na série, os combates mesmo não sendo totalmente ao estilo Kingdom Hearts eram bons, a história é sem dúvida mais interessante que a do jogo original, e as personagens também, Zack será para sempre um herói, Angeal um bom mentor, e Genesis um óptimo poet… anti-herói (Sephiroth não merece destaque).

Faço também uma referência à banda sonora, Crisis Core possui uma excelente composição de guitarra elêctrica, acústica e violino.

Para jogar 2:

Narcissu 1st & 2nd

proximo-nivel-ao-domingo-t4-artigo-23-por-silver4000-004-pn

E sim, finalmente uma visual novel, o que isso significa? Amor, amor daquela maneira que todos nós conhecemos, e… espera, não tem nada disso aqui?

Como todas as outras recomendações requerem um sacrifício da vossa carteira (certo? Certo?), recomendo algo que podem então fazer download gratuitamente pelo Steam.

Contando a história de Setsumi, uma rapariga com uma doença mortal, Narcissu 1st & 2nd foram umas boas doze horas passadas a ler uma história que me impressionou (e tocou) bastante apesar de ser grátis.

 ———

Chega então ao fim um PND (totalmente não) dedicado a todos os casais pelo mundo fora.

Qual o vosso primeiro videojogo? E consola?

Que séries ou filmes sobre mistério andaram a ver?

Podem responder a estas perguntas e comentar sobre o resto na zona de comentários.

Latest posts by Mathias Marques (see all)
Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
_GM_

Não encontro nada sobre Crisis Core: Final Fantasy VIII….

O nome do jogo é mesmo esse?

Silver4000

“Ups.”

Daniel Silvestre

How mean xD

Daniel Silvestre

Como fã do FF8, eu jogava esse de certeza : D

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
5
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x