PróximoNível ao Domingo T2 – Artigo 14 por Ichigo

proximonivel-do-domingo-14-ichigo-top-pn

Deixem-me contar-vos um pouco da minha história: quando eu era miúda pequena, assim ainda na altura da pré-primária, tinha uns amiguitos que andavam no karaté. No dia a seguir aos treinos, eles vinham para o colégio contar como tinham sido as lições. Claro que ao ouvir o quão divertido era andar com um fato branco e um cinto (que tinha a tendência de mudar de cor) à porrada e a fazer katas deixou-me logo com vontade de me juntar ao grupinho.

Fui perguntar a quem de direito se podia acompanhar os meus colegas. Eis senão quando surge a resposta que, até hoje, dá-me que pensar: “Claro que não! És menina!”. Ouvia sempre a mesma resposta de várias pessoas quando pedia para brincar com os Micro Machines no recreio, ou mesmo até quando pedia para jogar um pouco de Pokémon ou Magic The Gathering. Na altura, eu não sabia muito bem o que responder, de tão descabida que era a resposta, então, calava-me, dava meia volta e ficava na minha.

Hoje em dia, tenho uma estante com uma quantidade interessante de videojogos para diversas plataformas, duas vitrines do IKEA com figures, mais ténis do que saltos altos, um conhecimento considerável pelos mundos dos videojogos e cultura japonesa, e não me sinto menos mulher por isso. Tenho noção que não consigo manter uma conversa sobre assuntos como a fulana que comeu o outro no Secret Story ou as tendências da moda canina, mas se se lembrarem de falar de FullMetal Alchemist ou Shingeki no Kyojin, estou lá batida.

Com isto, este PND serve para apresentar alguns tesourinhos com protagonismo feminino, não com o intuito de defender as mulheres, mas sim para mostrar que “Sim, sou menina. E então?”.

Para jogar:

Mario! Help!”. A quantidade de vezes que já ouvimos esta interjeição vai para lá das 9000 unidades. Mas e se for “Peach! Help!“?!

pnd-ichigo-peach-pn-n

Super Princess Peach foi lançado no Japão em 2005 – na Europa em 2006 – para a Nintendo DS, e foi o primeiro jogo a ser protagonizado pela princesa que está sempre em apuros. Desta vez, Bowser decide raptar Mario, Luigi e Toad com a ajuda do Vibe Scepter, um artefacto capaz de alterar as emoções. Mas o esperto do cogumelo conseguiu safar-se para puder avisar Peach do que tinha acontecido. Com ajuda de Perry, uma simpática sombrinha, Peach percorre oito mundos até conseguir chegar à Bowser’s Villa.

Pelo caminho, Peach defronta inimigos e resolve puzzles usando 4 diferentes emoções: Joy, gloom, rage e calm. Ela é a única que consegue alterar as emoções ao contrario do resto dos personagens que estão sob o efeito do Vibe Scepter. Podíamos discutir o quão foleiro é estereotipar as repentinas mudanças de humor de uma mulher, mas eu não vou entrar em fundamentalismos.

O jogo é fácil: temos vidas infinitas e sempre que a Peach cai ou se magoa apenas perde meio coração de um máximo de cinco que lhe são concedidos. É um jogo animado e fofinho, não é para ser levado muito a sério, correndo o sério risco de fazer rage quit só porque é demasiado fácil. É mais para ser jogado na “descontra” e no “relax”.

Para ver:

Shizuka Furumura – A Day in MOGA

pnd-ichigo-moga-img2Este trabalho de animação foi feito por uma amiga minha japonesa que veio cá a Portugal há uns 3 anos, pelo evento Beyond Kawaii no palácio do IADE. Ela apresentou-me todo o trabalho que ela fez e, sinceramente, quando olho para o meu trabalho, só me apetece ou desistir por ser tão mau ou empenhar-me para fazer melhor. Depende, vá…

A Shizuka é a rapariga do meio da foto em baixo. Acabou por me oferecer o yukata dela com todo o amor e carinho. Ainda tenho dificuldade em apertar o Obi.

pnd-ichigo-moga-img1

MOGA significa Modern Girl abreviado. A animação conta a história de uma mulher moderna, independente e segura, que consegue tudo o que quer. A Shizuka tem estado a trabalhar num anime chamado Furusato Saisei Nippon no Mukashi Banashi, ou simplesmente Folktales from Japan, como directora de animação.

Para ouvir:
Kyary Pamyu Pamyu

pnd-ichigo-ponpon-pn-n

Nascida sob o nome Takemura Kiriko, rapidamente começou a ser conhecida por Carrie ou Kyari, por usar perucas loiras regularmente na escola secundária e parecer que tinha um look mais ocidental. Kyary Pamyu Pamyu começou a sua carreira como modelo de revistas de moda juvenil e em 2010 começou a sua aventura musical. Já com 2 álbuns e uma brilhante participação na banda sonora do filme Star Trek Into Darkness, Kyary já arrecadou 11 prémios, 3 deles da MTV.

Conheci a Kyary através da PON PON PON. Como a música era (e é) estupidamente catchy, decidi pesquisar um pouco mais sobre ela. Cheguei ao ponto de estar a contar os dias para o lançamento do próximo single (dia 26 deste mês). Por vezes dou comigo a pensar: bolas, é três anos mais nova que eu, é linda de morrer e adora o que faz… Quem me dera ser como ela!

Para recordar:

Supercalifragilistiexpialidocious!

pnd-ichigo-poppins-pn-n

Com Saving Mr. Banks nos cinemas, eis uma boa altura para ver ou rever um dos meus clássicos favoritos da Disney: Mary Poppins. Uma mulher misteriosa que desceu do céu, fabulosa e elegante, para tomar conta de duas crianças, filhos de uma mãe activista pelos direitos das mulheres e um pai super autoritário. Mary Poppins não teve qualquer problema em cuidar dos meninos, que, no final de contas, nem eram assim muito traquinas: eram apenas miúdos. A epifania vem quando nos apercebemos que a única pessoa que realmente muda de atitude é o pai, passando de chefe de família com uma atitude militarista para um homem que não quer saber de mais nada senão da felicidade dos que o rodeiam.

http://www.youtube.com/watch?v=Kvk1NZDFvZU

Caso não sejam apreciadores de musicais ou de gentileza humana em geral, sinceramente, não sabem o que perdem. “Just my two cents.”

E assim chega ao fim mais uma edição do PND. Espero que tenham gostado das minhas recomendações e espero ter conseguido provar que “Sim, sou menina. E então?”. Almejo também ter despertado novos interesses e gostos em vocês. Tentei mesmo fugir ao que todos conhecem e que não é muito comum ouvir-se falar. Se não gostaram… Leiam outra vez.

PND da próxima semana por: MajinAlex

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
sasuke12

bom pnd Ichigo,nao conhecia o jogo da peach mais ainda vou ver uns videos para matar a curiosidade ^^ no proximo meet vou falar de fma na me vou esquecer 😛 embora nao tenha tido muito contacto contigo no meet pareceste um verdadeiro “macho” dos videojogos 😛 (kidding xD) quanto a musica do Pon Pon ja é conhecida 😛 nao é a toa que eu e o meu mano pon(roxas) nos tratamos assim 😛 A mary poppins é um bom filme embora quando era pequeno na gostasse muito,mas smpre gostei dela a dizer “Supercalifragilistiexpialidocious!” alias tentava dizer tambem mas parecia um hamster com comida na boca xD

Ichigo_Shindou

Eheheh, sou muito machona? Ahah eu sempre soube que o Slip era gay, mas agora confirma-se xD Sim, sim, temos que meter conversa sobre temas de mútuo interesse num próximo meet, não achas!? :3

Majinalex

Excelente PND. Mostraste conteudos diferentes e apelativos…gostei do video do “A day in Moga” e se estas a fazer um trabalho semelhante que mostres a malta..so agora é que vi o video completo do POn POn o sasuke ja tinha comentado comigo apenas tinha visto um pouco desliguei logo porque nao é a minha “onda” agora vi tudo e afirmo que nao é a minha praia…Quanto a jogos com vidas infinitas…sao quase todos que sao poucos os que ficam na memoria os que têm vidas finitias(pelo menos para mim….até o Dark Souls tem vidas infinitas onde isto chegou)

Ichigo_Shindou

Obrigada, Marginalex, tenho sempre um pouco de receio de mostrar o meu trabalho, porque nunca tenho certezas sobre ele, mas sempre que posso, publico sempre no meu portfólio online ^^
Compreendo perfeitamente o porque de não gostares muito de Kyary, no worries ^^

Silver4000

Ora aí foi um bom tema, só a introdução já foi excelente.

A Princess Peach já tinha ouvido falar e pensei em um dia ir espreitar, mas como pensava que era igual ao Mário mas com uma skin, deixei de lado.

Quanto ao resto é temas que desconheço, mas lembra-te do postal (se me lembro bem) do Bioshock Infinite que fizes-te para o Slip, estava 5 estrelas, por isso não digas que o teu trabalho é mau!

Só tenho mais a comentar sobre o olhos da Kyari na imagem, parecem… um pouco estranhos…

PS: “Peach percorre oito mundos até conseguir chegar à Bowser’s Villa.” Nem o Mário todos estes anos chegou a tal lugar… hehehe

Ichigo_Shindou

Epá, obrigada ^^ a introdução é mesmo história verídica, portanto yah, thanks ^^
Eia yah! O postal! Ele teve a melhor reação de sempre *w*
A Kyary parece que tem os olhos estranhos, porque está a usar circle lenses, um tipo de lente de contato com um diâmetro maior para parecer que os olhos também são maiores!

Kanudo

E então? E ENTÃO!?!?… então nada, meninas são bué “sugoi” ^^

Também não percebo qual era o problema de te deixarem ir para o karaté. Eu andei no karaté durante muitos anos e havia sempre presença feminina nas aulas. Se calhar os rapazes tinham vergonha ou tinham medo de te aleijar (apesar de achar que teria acontecido o contrário caso tivesses entrado)

Em que parte do Star Trek aparece essa música? Nem parece fazer parte da banda sonora do filme.

É possível já ter visto Mary Poppins uma vez na vida mas lembro-me muito vagamente do filme, se calhar nunca vi mesmo. Lá terei que tratar disso um dia.

Ichigo_Shindou

As meninas são sugou e kawaii *w* nya nya!
Eu acho que a música só apareceu na versão japonesa do filme, mas é uma questão de confirmar ^^

ShadowDust

I hope you get this

Ichigo_Shindou

LOLOL considero-me feminista, sim, se é isso que queres insinuar. Todavia, não concordo com o termo, pois para um conceito que pretende ter os homens e as mulheres ao mesmo nível, está a fugir muito só para um género.

Capiche?

Guilhathorn

Belo PND xD Também não percebo essa de não te terem deixado ir para o karaté, andei no judo e todos os dias levava sovas valentes de raparigas xD

A razão por normalmente acharem estranho que uma rapariga goste deste tipo de coisas é, a meu ver, a raridade com que se encontram raparigas assim. Eu por exemplo só consegui desenvolver amizades(relações nunca consegui tristeza a minha) com 3 raparigas assim, que partilham dos meus gostos e interesses. A maior parte que gosta de coisas que eu desconheço, facilmente se desinteressam da minha companhia porque sou “estranho”, e não passamos do estado de “conhecidos”.

Nunca tinha ouvido falar da Princess Peach e fiquei curioso, pelo menos deve ser bom para quebrar a rotina do franchise.

Gostei bastante de ver a animação, ela está a conseguir ter o sucesso devido e merecido? Calculo que ao ser diretora de animação desse anime já responde à minha pergunta mas só tenho 94% de certezas xD

Agora PONPONPON já tinha visto, não apreciei tanto como tu mas gostei. Fez-me lembrar apesar de não ter muito a ver em termos de elaboração:
https://www.youtube.com/watch?v=iqT0iFZifgw

Mary Poppins vi mas foi naquela altura em que se não via 40 vezes não me lembrava como era 2 semanas depois, tenho que ver um dia destes xD

Ichigo_Shindou

Estava a responder-te, mas o browser crashou ;_; Perdi o testamento que te estava a escrever, sorry. Vou ver se consigo escrever igual!

Sim, é um bocado mau ser-se alvo de estereótipos, ainda para mais quando são pejorativos (são quase sempre…). Mas sinceramente, esse tipo de criticas desconstrutivas passam-me uma beca ao lado, porque, sinceramente, se dou atenção a essas pessoas, acabo por ficar triste, e eu acho que pessoas assim não merecem qualquer tipo de emoção vinda da minha parte. Não sei se é um bom método ou não, só sei que funciona 8D

Tenho a certeza que vais encontrar uma namoradita gamer! Pode parecer cliché, mas é mesmo quando menos esperares! O Slip que to diga x3

A Super Princess Peach foge um bocado à franchise, mas é super divertido. É daqueles jogos que, como é fácil, vais jogando mais para relaxar e rires-te um bocado 😀

A Shizuka é uma das melhores animadoras que conheço em pessoa. Ela tem paixão pelo que faz e tem a típica atitude gentil japonesa… Ela conquistou-me completamente! *w*

SIM, VOCALOIDS! *w* Também são mega falados no Japão, assim como a Kyary-chan. Percebo perfeitamente que não seja a tua onda, na descontra ^w^

Mary Poppins vale sempre a pena ver; tu choras, ris, pensas sobre o assunto, e por mais que vejas, dá-te sempre vontade de ver outra vez… Porquê? Não sei xD

Guilhathorn

Acho que é um bom método, não há salvação para fontes desse tipo de críticas.
Espero que sim 😀 Até devia de pedir ao Slip conselhos, gamer ou não raparigas nunca são fáceis xD

Ichigo_Shindou

As raparigas não são fáceis, mas as que são também não sei se valem a pena o trabalho. O mesmo se aplica aos rapazes 😉

Nirvanes

Não fazia ideia do Super Princess Peach xD é realmente engraçado. Alguém que informa a Sarkeesian do jogo!

Não falas exactamente sobre isso, mas o que li fez-me lembrar aquela bajulação e o fenómeno que são as J-Stars. Acho que nunca vou perceber, mas que é incrível é!

Ichigo_Shindou

Fico feliz por poder contribuir para o aumento da cultura aqui no PN 83

Sim, é que para mim já é mega normal ouvir J-Music, tanto que já nem faço a nota para quem não está dentro do assunto… Sorry :/ Mas sim, ela é uma cantora de J-Pop, das mais faladas no Japão nos dias que correm!

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
16
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x