PróximoNível ao Domingo T5 – Artigo 13 por Catarina Perez

proximo-nivel-ao-domingo-13-pn-n

Hiiiiiii there!!

É Domingo, mas estamos em semana da E3, o que significa trabalhar quase 24h, ser-se a Dora a Exploradora do mundo das notícias e dormir com películas/ecrãs na parte interna das pálpebras que vão passando em directo os eventos e as conferências para que nada nos escape aqui no PróximoNível.

Como tal, e depois de um Podcast edição especial de 50 minutos e notícias ao minuto sobre a E3, vou fazer um esforço para me abstrair disso neste PróximoNível ao Domingo.

Para começar, vamos fingir que é um Domingo normal e relaxado, por isso sigam os seguintes passos para usufruírem desde PND:
Encostem-se no sofá;
Empaturrem-se de pizza;
Emirjam nas coisas boas que podem fazer neste dia criado para descansar…

(Isto vai ser mais complicado do que eu imaginava).

Agora que já estou tão abstraída como se estivesse dentro de uma bolha do anúncio da Actimel, posso começar com os conselhos parvos mas valiosos de um Perez:

Para jogar:

Tarzan Action Game 1.0

proximo-nivel-ao-domingo-13-pn-n-5

Ahhhhh os clássicos.

Não jogava este jogo há para aí 13 anos, e como a vida é para ser vivida ao máximo, decidi fazer o download de uma versão que não fosse só a demo, para o PC. Como o jogo também saiu, na altura, em 1999/2000, para a Nintendo 64 e Playstation, um emulador também serve o propósito.

A verdade é que a nostalgia sentida ao voltar a andar pelas lianas de Tarzan 1.0 compensou todas as vezes que não encontrei o par certo das minhas meias.

proximo-nivel-ao-domingo-13-pn-n-2

Os níveis diferem de uns para os outros, há sempre sensações agradáveis como deslizar pelos troncos da selva, descer um rio transparente num nenúfar, saltar em ninhos ou flores que parecem ser feitos de borracha por fazerem “póing“.

Outros níveis podem ser um pouco mais complicados mas não deixa de ser divertido andar a fugir de uma manada de elefantes tontos e “destrambulhados”.

proximo-nivel-ao-domingo-13-pn-n-4

Ainda me lembrava dos cenários e da ordem dos inimigos, onde encontrar os tesouros e os caminhos para apanhar vidas, o que tirou um pouco a piada ter voltado a jogar esta semana mas por outro lado senti-me toda fabulous do género “catch me if you can” a fazer as scores máximas.

transferir

A jogabilidade é um pouco ao estilo de Donkey Kong Country, acrescentando uma componente de grande envolvimento por o cenário ter todas as características do interior de uma selva. A música também ajuda, porque tem muitos sons de criaturas misturados com a banda sonora do filme. Este jogo, merecia um remake com gráficos realistas e a hipótese de jogar com Oculus Rift, até já poderia sair para a Xbox e tudo. *cof cof*

Neste jogo, há um factor em especial que dá a uma grande sensação de satisfação, os controlos respondem muito bem: ao carregar na tecla para saltar, ao apanhar uma fruta, ao dar uma cambalhota, não tem explicação lógica mas as coisas mais simples neste jogo originam um estado de realização imediato. Os sons, a acção e os comandos estão sincronizados e conjugados na maneira certa. Ou então estou a precisar de medicamentos. Mas antes de me julgarem, experimentem.

proximo-nivel-ao-domingo-13-pn-n-17
Para Ouvir:

BRADIO

Estou viciada… Afinal, ver Death Parade dá mesmo frutos após algum tempo de acabar. Para além de nos lembrar de referências especificas dos episódios em situações da vida real, ofereceu-me esta prendinha inesperada.

Acho que é da opinião geral que Death Parade tem um dos melhores Opening Themes de sempre. Tem energia que nunca mais acaba e é mil contagiante.

Fui então ouvir BRADIO – Flyers com o videoclip original…

NO «REGERTS»

Melhor cena da vida! Um videoclip todo “mind-blown” basicamente deve ter sido filmado na terceira dimensão: vemos a multiplicar, há foguetes, coelhos a tocar, cenários referentes a Death Parade como uma mesa de Snooker gigantesca, etc.

Agora os membros responsáveis por este espectáculo de emoções:

-Um cantor asiático com uma afro, um fato vermelho e montes de estilo
-O baixista parece ser o cabecilha da máfia japonesa e provavelmente controla o mundo
– Na guitarra temos o samurai mais temido e respeitado do século passado
– O baterista provavelmente tem uma segunda vida secreta em que é um génio sobredotado que já fez máquinas do tempo que um dia irá vender no OLX. Tem mesmo um ar geek ihih.

Esta banda tem tudo para mudar o planeta, e isto sem contar com as músicas.

Deixo-vos as minhas outras duas preferidas de BRADIO: Overnight Superstar e Golden Liar. Por favor reparem que no fim há sempre um easter-egg com uma careta. É tudo genial. Um Rock Funky Indie, eu sei lá.

Não ficarem viciados em BRADIO é tão anti-natural como Scalebound e Crackdown ficarem de fora de um certo eventozinho que eu não sei qual é. *cof cof*

Quero desde já deixar bem claro que nunca achei muita piada a Boys-bands Japonesas (nem de outras nacionalidades actually).

Para ver/ lembrar:

Charlie the Unicorn

charlie-the-unicorn

Perco muito tempo a pensar de que forma é que o criador desta série de Youtube tem de ter sofrido mutações ou alimenta-se de substâncias transgénicas, não sei, I just enjoy it.

É a cena mais criativa que há à disposição nos dias de hoje.

As músicas são illuminati-mente viciantes, os plot-twists são muito bons e é a melhor maneira de se entreterem, tanto durante os vídeos, como na ressaca e reflexão obrigatória que se fazem sentir pós-visionamento.

Vou deixar aqui… se quiserem ver pela primeira vez: prometo que vos vai mudar a vida, não necessariamente da melhor maneira. Para os que quiserem rever: ninguém precisa saber.

So, how do ya feel?

P.S. Se gostam e levam em consideração os preciosos conselhos do Perez, não vejam o 4º video porque não é tão bom.

Eu sei que não é bom para ninguém o facto deste post estar a acabar mas já passou algum tempo desde que vim para esta página escrever e divertir-me com a finalidade de vos divertir. E o trabalho espera por mim tal como a Xbox esperava por Street Fighter 5, só que eu vou até ao trabalho. *cof cof*

proximo-nivel-ao-domingo-13-pn-n-10

Comam doces neste Domingo mas dêem prioridade aos caseiros e evitem os outros que têm muitos E‘s, esses fazem mal… *cof cof*.

Bom Domingo e BEJUFAS como diz a minha Avó Mélia!

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
14 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marco Correia

eish já nem me lembrava desse Tarzan, frickin childhood memories!

“E o trabalho espera por mim tal como a Xbox esperava por Street Fighter 5, só que eu vou até ao trabalho.” http://www.noobpreneur.com/wp-content/uploads/2012/04/you-are-cool.jpg

Catarina Perez

oh stahp it you

golden guy

https://www.youtube.com/watch?v=8VJ0-iR5ArA

Fizeste logo lembrar deste video clip do death parade

Catarina Perez

Mais uma prova de que são os mais fixes xD Não sei se prefiro este videoclip com eles ou a versão completa da música que está ali no PND. Vou reflectir.

Lobeon

“P.S. Se gostam e levam em consideração os preciosos conselhos do Perez, não vejam o 4º video porque não é tão bom.”
Estás a brincar? Depois de ver o 4º achei que era o melhor.

Catarina Perez

a mim faz-me lembrar uma Lady Gaga sem muito sal :p

Lobeon

Sorry 🙁

Kanudo

Nunca joguei esse jogo do Tarzan, mas fizeste lembrar-me do primeiro jogo que tive para a PS2, Tarzan Freeride.

Continua a ser um jogo divertido até hoje: deslizar nos ramos e troncos das árvores, surfar nos rios rápidos, fazer bungee jumping e ir contra os pedregulhos de propósito para dar um traumatismo craniano ao Tarzan. Ah bons tempos…

O Charlie the Unicorn continua a ser das coisas mais retardadas da Internet xD

Catarina Perez

Experimenta este que também dá pra investir na degradação da saúde da criança.
O Charlie the Unicorn ganhou na batalha da minha indecisão entre aconselhá-lo ou a Lazer Collection xD

Kanudo

Já sabemos o que vai aparecer no teu próximo PND x)

Catarina Perez

Obviamente que vou ter de inovar agora…

Guilhathorn

Eu joguei esse jogo do Tarzan no meu PC antigo 😀
Partia-me a rir com os efeitos sonoros de quando dávamos porrada aos lacaios do Clayton xD
https://www.youtube.com/watch?v=mFLXNZ1vJ_c

Catarina Perez

Sim isso revela muito sobre a personalidade dos falecidos xD (as borboletas).
Eu ria-me muito muito com o “uh uh uh uh uh uh” de quando se carregava no espaço para partir caixas ou chão. De o Tarzan se pôr a bater com os punhos no chão todo autista.

Guilhathorn

Sim, isso também proporcionava bons momentos de riso 😀

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
14
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x