Poderão os heróis da Marvel na Netflix integrar-se no universo dos filmes?

Nos últimos anos assistiu-se a uma “guerra” de direitos de franchises entre a Marvel e a Netflix. Antes do lançamento do Disney Plus, a Netflix detinha o direito de exibir determinadas séries, que incluiam personagens pertencentes à Marvel, como é o caso de Daredevil, Jessica Jones, Luke Cage e Iron Fist.

Neste sentido, estas produções sob a alçada da Netflix, sempre foram vistas no Marvel Cinematic Universe (MCU), como as “ovelhas negras“, pois não se encaixavam na história dos filmes.

O problema surgiu, porque segundo a Forbes, o acordo da Netflix com a Marvel continha  uma cláusula em que a Netflix ainda manteria os direitos desses programas e personagens por dois anos, após terminarem as suas respectivas séries.

Agora, em 2020, essa regra está prestes a terminar. Por um lado, a Marvel pode já em Novembro deste ano, usar as personagems, ou pelo menos encaminhá-las no futuro para o seu universo nos filmes. Contudo, não seria uma decisão muito lógica. As séries da Netflix sobre os heróis da Marvel ainda estão muito frescas na cabeças das pessoas.

Situação esta, que faz lembrar o que aconteceu entre cada renicialização de Spider-Man, com as respectivas trilogias, com intervalos de tempo. Portanto trazer Daredevil e companhia para o MCU é muito improvável.

 

Neste momento a Marvel já tem bastantes produções a caminho do Disney Plus, como é o caso de Falcon and the Winter Soldier, WandaVision, Loki, entre outros. Tendo em conta o tom sombrio, que as produções da Netflix tinham, é improvável imaginar que aquando da chegada dos Defenders, o estilo se manterá. Muito pelo contrário, a política do Disney Plus, parece seguir uma lógica de family friendly, ou seja, que toda a família possa ver, especialmente o público mais novo, sem a presença de “cenas chocantes”.

Isto sem contar com a questão dos próprios atores, que dificilmente voltariam a desempenhar o mesmo papel de outrora.

Contudo, por outro lado, de acordo com o MCU Cosmic, que afirmou que “alguém muito importante” no MCU, pode mesmo estar interessado em trazer, sem alterações, as personagens da Netflix para o universo no cinema. Aparentemente, este indivíduo estará a tentar encontrar um meio termo de maneira a trazê-los para os filmes, em particular Jessica Jones e Daredevil.

Fica então a questão – Onde poderão os membros dos Defenders encaixar no MCU?

Segundo um rumo recente, Jessica Jones interpretada por Krysten Ritter, será introduzida novamente em Captain Marvel 2. Nas bandas desenhadas, ambas as personagens têm uma amizade de longa data, o que encaixaria perfeitamente na história.

Quanto ao Daredevil, há também um rumor em circulação. Este aponta que, como no final de Spider-Man: Far from Home, a verdadeira identidade do herói é revelada, Peter Parker ficaria a necessitar de algum tipo de representação legal. Neste sentido, encaixaria que nem uma luva a junção de Daredevil, como seu advogado.

De um modo geral, com a chegada do Disney Plus, as séries da Marvel na Netflix tornaram-se desnecessárias e sem sentido no panorama geral. Portanto, o mais provável a esperar deste cenário, é que no futuro tanto as personagens comos os próprios atores deverão mudar de estilo e de tom, para se encaixarem no serviço de streaming.

João Luzio
Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram