PN Jukebox #77 – Persona 5

Vamos deixar os animes de lado por um segundo e falar de outra coisa como por exemplo “anime”. Persona 5 ainda é recente, mas a banda sonora de Persona 4 já foi destacada num PNJ e então tive de pegar noutro jogo da série.

Como não tinha muito a dizer sobre Persona 3, e a banda sonora dos spin offs não tem muito que se lhe diga, Persona 5 foi a escolha mais óbvia tendo em conta que não peguei nos dois primeiros jogos da franquia.

[Rivers in the Desert]

Podia começar com “Life Will Change” ; Estive para começar com “Life Will Change”. Mas essa é uma das músicas que os jogadores ouvem logo no início do jogo, e apesar de ser muito boa decidi pegar noutras. Tinha “Ark” em mente até que me lembrei de que havia uma música a qual tinha passado de despercebido enquanto ouvia a banda sonora do jogo.

Apesar de ter ar de ser uma música que indica o fim do jogo, “Rivers in the Desert” está longe disso. Não assim tão longe mas ainda a uma boa distância do final um pouco desapontante que nos foi oferecido, pelo menos na minha opinião. Persona 5 foi no geral uma experiência que a certo momento acabou por descarrilar-se devido a vários problemas.

[Tokyo Daylight]

Falando em descarrilamentos, a primeira vez em que é necessário apanhar o comboio para a escola é algo especial. Tal como o protagonista, o jogador é novo neste lugar (a não ser que já tenham visitado Tóquio anteriormente) e necessita de procurar o caminho correcto para chegar ao seu objectivo. Não é assim tão complicado como algumas pessoas o fizeram ser, o jogo avisa para seguir tal e tal indicações e apenas é necessário ver a mesmas na estação e até perguntar a um guarda, tal como na vida real por assim dizer.

O jogador depressa fica familiar com a zona e começa a passear pela mesma como se estivesse a viver lá desde que nasceu e mais tarde até pode visitar outros locais. Os jogos anteriores não contavam com isto, com locais extra apenas presentes em eventos especiais, mas neste é possível desbloquear outros locais apenas para encontros com os Social Links, excepto que não passam de eventos, algo que me deixou um bocado decepcionado pois queria explorar esses locais tal como fiz com a cidade de Tóquio.

[Beneath the Mask -rain- instrumental]

Estava a ponderar se colocava a versão com vocais ou esta, mas no final decidi ir com esta. Persona 5 conta com várias músicas com vocais que estão cheias de energia e ritmo, mas o tom calmo que esta versão de Beneath the Mask apresenta é algo excepcional. A original já tem um aspecto calmo, mas nos dias de chuva a coisa fica lenta e isto é reflectido na música.

No geral Persona 5 ofereceu não só estilo mas também uma boa banda sonora (entre outras coisas). Já faz algum tempo desde que peguei em Persona 4 (Golden) mas na minha ideia esse jogo era composto na sua maioria por músicas com vocais por isso fiquei um pouco surpreendido quando vi uma quantidade “menor” em P5. Mas no fundo a qualidade continua igual.

 

A banda sonora da série Persona tem mudado a cada nova entrada, por isso estou curioso para ver o que estará para vir com Persona 6, embora também tenha outras exigências que espero ver realizadas. Entretanto fiquem com a banda sonora completa de Persona 5 e digam na zona de comentários que tipo de música gostariam de ouvir em Persona 6.

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram