Killer Instinct: “Jogadores não querem muitas personagens”

Quando foi anunciado durante a E3 2013, Killer Instinct passou rapidamente de um dos mais fortes da Xbox para um dos mais criticados dada a sua natureza free-to-play ao estilo de uma demo.

Segundo contou Torin Rettig ao site Polygon, Killer Instinct seguiu este caminho porque acredita que ninguém tem tempo ou paciência para dominar tantas personagens.

“Não existe todo o tempo do mundo para ficar bom com várias personagens. Tivemos isso em consideração e vamos lançar um jogo que tem isso em consideração e permite aos jogadores jogar ao nível que quiserem. A maior parte dos jogos de luta são lançados em disco onde recebem um grande número de personagens, mas é uma quantidade massiva. Muitos deles englobam algo entre 30, 40 e 50 personagens. Na verdade, a maior parte dos jogadores não jogam com muitas dessas personagens.”

Além destas palavras, Rettig confirmou ainda que Killer Instinct vai oferecer um Season Pass que debloqueia todas as personagens e modos.

Concordam com a aproximação aos jogos de luta feito por Killer Instinct?

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram