Journey levou a thatgamecompany à falência

Hoje em dia, Journey é visto como um dos maiores sucessos de sempre da indústria digital dos videojogos, mas o percurso não foi tão glorioso como o resultado.

Segundo contou Jenova Chen durante o DICE Summit 2013, a thatgamecompany chegou ao ponto de falência perto do final da criação do jogo.

Após dois anos de desenvolvimento, a Sony aceitou financiar um terceiro ano, o qual foi excedido. Após alguns meses de trabalho no zero e sem forma de pagar aos funcionários. Uma sessão de testes final mostrou que o jogo estava pronto para mexer com os sentimentos dos jogadores.

Uma história de sacrifício e luta que quem jogou Jorney irá certamente reconhecer. Correcto?

Latest posts by Daniel Silvestre (see all)
Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
18 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
tylarth

Não estou muito surpreendido com o que aconteceu há thatgamecompany, as deadlines têm que ser cumpridas por alguma razão ainda por cima numa companhia pequena com poucos produtos que a sustentassem isto não podia ir muito além de um ano de produção para ser altamente lucrativo. E se não fosse a sony já tinha falido há mais tempo e não havia jorney para ninguém.

LFO

“…aconteceu *à* thatgamecompany…”

Vasco Neves

Não concordo com o teu ponto de vista, porque a Sony apostou forte neste jogo, como depois deu para ver nas vendas que teve e nos prémios que recebeu. A Sony tem mais que dinheiro para sustentar uma empresa destas até que um jogo saia para o mercado, ainda para mais em algo que eles apostaram bastante.

Majinalex

A sony TEVE que apostar forte…é algo que n acontece todos os dias quando um subcontratado falha com as suas obrigações…é o mesmo que se passa com o sporting, o Bes tá com a fezada toda, mas aí o retorno já é mt duvidoso

Vasco Neves

Mas como deu para ver, essa aposta valeu o esforço devido ao que vendeu e aos prémios que recebeu.
Já o Sporting, apostar nele dá sempre um tiro furado xD

Majinalex

Assim como no mundo dos videojogos à apostas que n se revelam lucrativas para os investirdores…VERSUS XIII cough cough

Guilhathorn

“…há apostas…”

_GM_

Eu acho que o título da notícia deveria ser “Journey quase levou a thatgamecompany a falência”…

e btw, existe alguém que se chama Jenova? looool

LFO

Yap, o quase faz lá falta 😉

FoxRS

Sim, eu cheguei cá à notícia e vi que fui completamente “enganado”. Felizmente para os gajos do Journey, lol.

Tiago Ferreira

Isto é uma caracteristica do marketing xD
Também vi uma vez uma noticia que dizia que um actor tinha sida e depois li a noticia e era a personagem que ele tava a fazer que tinha lol

Daniel Silvestre

Estamos a falar num caso de falência técnica. A partir do momento em que não há dinheiro e existe dívida (neste caso perante os funcionários que estavam a trabalhar no jogo) então é falência pois não existe dinheiro para cobrir dívidas. É como o caso da THQ, já estavam em falência, a diferença é que foi declarada. A thatgamecompany não declarou pois conseguiu pagar as dívidas com o retorno da venda do jogo.
Cumprimentos!

FoxRS

Então mas isto só se soube agora?

Daniel Silvestre

Sim, foi revelado no tal painel da DICE.

LFO

Jenova, só conheço mesmo no VII ;D

Nirvanes

Então espero que o retorno tenha sido muito bom nem que seja para compensar a coragem de correrem tal risco. Deviam estar altamente confiantes, ainda bem!

Silver4000

Ao ler o titulo fiquei logo “WTF?”.
Bem, nao é erro, a empresa foi para a falencia porque jà nao podia suportar o jogo, foi a Sony que teve de dar a sua contribuiçao. Fez bem e và là que ganhou bem.

Darks

Uau! Respeito……muito respeito! É sem dúvida, uma história que deve servir de exemplo para muita gente.

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
18
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x