GTA 5 – Mais do mesmo nunca é demais?

Quando o primeiro Grand Theft Auto foi lançado, a sua visão área, a sua simplicidade e limitações técnicas não faziam antever o futuro que podemos ver agora nos trailers de GTA 5.

Apesar de algum sucesso criado em redor dos originais como dois de mutos jogos de culto, foi a partir de GTA 3 que a coisa começou a aquecer e a partir de GTA Vice City já não havia como parar o comboio a alto movimento que é GTA.

A passagem para o mundo 3D e a crianção de mundos cada vez maiores e com mais para fazer permitiram à Rockstar trazer mais conteúdo do mundo real para cada jogo, começando com pequenos mini-jogos relacionados com desportos ou passatempos reais e culminando em inúmeras actividades sociais.

Mas se formos a ver, desde GTA 3 que o conceito de GTA é praticamente o mesmo. Viver numa cidade que podemos explorar à nossa vontade, enquanto fazemos missões, roubamos carros e matamos quem bem nos apetecer pelo caminho.

Se GTA é sempre a mesma coisa independentemente do ano em que decorre e o modelo vai continuar a ser o mesmo em GTA 5, porque razão é que cada novo jogo continua a fazer-nos contar os dias até ao seu lançamento? A resposta é simples, mais do mesmo nem sempre é demais.

GTA foi criado com uma estrutura de missões que avançam a história e embora esse seja o padrão principal, os mundos concebidos pela Rockstar são um dos principais apelos. Quem fez mais que duas ou três missões seguidas sem explorar a zona em redor para apanhar qualquer coisa ou simplesmente descobrir novas áreas? Não é só por curiosidade, mas sim porque podemos, e a não ser que tenham uma ilha ainda bloqueada, somos sempre convidados a explorar o mundo, como um chamamento mudo que nos puxa constantemente.

Isto está ligado à liberdade, uma das palavras de ordem de GTA. A realidade de que podem fazer o que quiserem da forma que quiserem sem terem de se preocupar com as missões que estão à vossa espera. Querem jogar às setas, explorar a zona rural, fazer missões alternativas de Rampage ou simplesmente passear a bordo do vosso carro enquanto tentam respeitar o código de estrada? Podem fazer tudo isso, seja sozinhos ou a rodar o comando entre amigos e ver quem sobrevive mais tempo com todas as estrelas de procurado.

O facto de sermos penalizados pelo jogo pelos crimes que cometemos, mas nunca julgados pelos mesmos é uma boa forma de encontrar um desafio à altura enquanto a consola ou PC e desligamos durante uns minutos a nossa cabeça da realidade do dia a dia onde existe o trabalho ou a escola. Esse desafio aliado à liberdade do jogo faz com que qualquer um se sinta incentivado a jogar e puxar pelos limites do mesmo ao seu gosto, criando sessões de jogo caóticas ou bastante calmas dependendo do jogar e do seu estado de espírito.

Tudo isto passa por uma questão de escolha, pois embora o esquema de jogo seja sempre o mesmo, a forma como o abordam e aquilo que resolvem fazer depende de vocês. São vocês que resolvem iniciar uma missão ou atender o telemóvel à melga do vosso primo que quer ir novamente a um bar de “meninas”. São decisões que podem tomar ou ignorar no jogo e mesmo que possam ser penalizados, nunca serão julgados por isso.

Ao olhar para GTA 5, queremos fazer tudo o que nos mostram e visitar cada canto desta nova Los Santos. Pois sabemos à partida que a Rockstar misturou novamente todos os bons ingredientes que nos fazem adorar GTA e adicionou muito mais conteúdo a algo que já era enorme. Mesmo que acabemos por nem terminar a história do jogo ou fazer metade de todas as actividades disponíveis, sabemos que nos vamos divertir enquanto GTA estiver dentro da nossa consola e cada vez que o jogamos, entramos num mundo que aceita as nossas prioridades e que avança tão depressa como nós quisermos.

Apesar de todas as novidades apresentadas em cada trailer e imagem, a verdade é que tudo aquilo que os outros já tinham, estará sempre de regresso, e por muito que seja mais do mesmo, vai acabar por nunca ser demais.

GTA 5 chega às lojas no dia 17 deste mês para a PS3 e Xbox 360. Vão comprar no dia de lançamento? Estão entusiasmados com este regresso? Deixem os vossos comentários e opiniões em baixo.

 

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
30 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
LFO

Nunca é demais, se o produtum for bom.
No caso de Gta é um produtum excelente, o qual eu não aprecio, bem como qualquer jogo da RockStar.

Cumprimentos.

_GM_

o protagonista do GTA 3 apareceu no GTA San Andreas.. 😉

Silver4000

Sim situam se.
Acho que na wiki tem a linha temporal.
No San Andreas por exemplo aparee uma mulher que nos dà missões, que depois aparece no GTA Três como nossa parceira penso eu, mas que no fim morre.

Nirvanes

O spoiler do fim é escusado xD

Daniel Silvestre

É bem feito para não encherem a Shoutbox de spoilers! xD

Nirvanes

Eu enchi? Quando? 😛

Silver4000

Ocultei uma revelação pior.
Mas tive que dizer que ela morria para poder demonstrar que o San Andreas é antes do GTA III.

Nirvanes

Podes simplesmente escrever lá que ‘San Andreas passa-se antes do GTA III’ não? xD loool

Silver4000

Nao me lembrei, mas aliem cima jà spoilaram a pior parte x)

Nirvanes

Qual?

Silver4000

Nao vou dizer claro x)
Não querospoilar mais 😛

Nirvanes

EU não encontrei spoiler nenhum, o que me chamou mais à atenção foi o teu!

abff

Da geração anterior(PS2 e XBOX) são todos no mesmo universo.

O personagem do GTA 3 aparece no San Andreas, quase para explicar a razão da situação que leva ao inicio do GTA 3.

Durante a história existem muitas referências entre eles, desde os gangs a alguns chefes da Máfia, tb aparecem algumas personagens principais de um jogo para outro, mais principalmente no San Andreas onde aparecem personagens principais desde o Vice City ao 3.

Só por curiosidade todas as cidades dos 3 principais jogos da geração anterior apareceram pela primeira vez no GTA 1 (todas no mesmo jogo só que em escala bem mais reduzida), mas o universo já é outro.

Já no caso do GTA IV e do GTA V o universo é outro. Por isso é bem possível que o V haja muitas referências a acontecimentos do IV.

André O Maior

Não.

_GM_

Desde que me dêem uma boa história e uma boa banda sonora eu fico contente. E até agora o meu favorito é o Vice City 🙂

Ghost

Let me guess. Por causa do estilo a Scarface? 🙂

_GM_

Ao princípio quando joguei o Vice City quando era puto, não tinha notado as semelhanças entre o jogo e o filme. Mas sim esse é um dos motivos. Mas eu diria que é mais devido a gostar do ambiente de Miami, bem como preferir mais a música dos anos 80 🙂

Ghost

É com eu 🙂 Dos melhores GTA sem dúvida.

Daniel Silvestre

Os mesmos motivos que me levam a continuar a olhar para ele como o meu GTA favorito 🙂

Henrique Leal

jesus as musicas! que delicia! XD foi o meu gta favorito sem duvida!

Nirvanes

1

abff

Disseste tudo!! Ámen XD

Para mim eu queria mesmo é um GTA com aquele ambiente tipo anos 80, mas num mapa bem maior e com uma jogabilidade estilo GTA IV. Mas com a variedade de veículos do San Andreas.

Emotion 98.3/Flash FM/V-Rock forever XD…

Ivo Bogo

Experimentai quase todos os GTA’s…desde da psone ate aos da ps2, mas nunca joguei nenhum na ps3.
Admito que nunca fui fã, mas de todos gostei mais do Vice City! E admito que nunca acabei nenhum lol
Nunca cheguei a comprar o Gta 4 apesar do interesse.
Eu reservei este Gta 5! Parece estar exelente…graficos, personagens,ambiente, mapa, carros, online, mas para mim o que mais me cativou foi os “extras” que passaram a existir, os aviões, garagens, etc.
Tenho uma grande expectativa neste jogo em tudo e acredito que vai ser o melhor da serie e um must para todos jogadores 😉
(E este tenho de completar lool)

Daniel Silvestre

O Vice City está mesmo no topo da lista da malta do site. Curioso quando muitos pela internet defendem que o San Andreas é o melhor. Mais actividades e maior tamanho nem sempre resultam num jogo melhor 🙂

André O Maior

Olha o meu preferido é o San Andreas exatamente por esse motivo, mais actividade e mais tamanho. Tens 3 cidades, ou seja, são 3 ambientes diferentes. Eu adorei o Vice City como toda a gente aqui, mas lá está, só há uma cidade e portanto o ambiente é sempre o mesmo. (E como eu adorava entrar a matar tudo no Malibu club xD)

Ivo Bogo

Eu gostei de ambos, mas o ambiente do Vice City ta muito bom! Uma mistura de ambos é perfeito. E talvez seja o que vai acontecer neste…aquele ambiente mais paradisíaco (mas não anos 80),cheio de actividade extra.
As vezes é demais as actividades, depende de quem joga e da vontade que tens…começas uma missão mas encontras um extra brutal e ficas ali horas, como as maquinas de jogos que encontras, etc lol

Nirvanes

Bom recap Daniel 🙂 o meu favorito também é o Vice City, tem a melhor história e plot em geral para além de ter sido muito cool na altura (ainda é). Eu não gosto muito do San Andreas, e achei o GTA IV terrível, um autêntico falhanço em termos de tentar fazer uma história séria e puxar o GTA para outro nivel de credibilidade (conseguiram-no fazer no RDR – que é o meu jogo da Rockstar favorito – mas esse não é um GTA :P).

Agora vamos ver este… neste momento estou num drama. Continuar a juntar para a 3DS, ou comprar o GTA V? :/

LFO

Grand
Theft
Auto
Wild Wild West.

Compra já o GTA, 3DS pelo Natal não??? Pode ser que haja bundles engraçados e a bom preço na altura.

Nirvanes

Ao contrário do que parece é muito muito distinto dos GTA’s. Se não qualquer open world hoje é GTA xD

Oh, mas eu tenho aqui tantos jogos da DS para jogar, e se conseguisse dinheiro até podia ser que comprasse a 150 euros… não sei. Estou em drama. Por outro lado vou ver o GTA sair e vou querer muito jogar, o mesmo par ao pokémon.

Leonsuper

Não tenho nenhum GTA, apesar de já ter jogado alguns de amigos meus na PSP e no PC. E no geral parecem-me ser divertidos, tirando o IV, que experimentei numa loja e não gostei nada. Mas como gostei da maior parte dos GTA’s que gostei e a Rockstar também fez o RDR, que é muito bom, estou interessado no GTA V e estou a pensar em comprá-lo. Tem bastante bom aspecto!

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
30
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x