Bioshock Infinite: Feedback alterou conteúdo religioso

 

Bioshock Infinite é mais um dos muitos jogos que vai abordar a religião em alguns dos seus segmentos, porém, os jogadores não vão encontrar o conteúdo originalmente planeado.

Segundo uma entrevista dada à revista oficial Playstation por Ken Levine da Irrational Games, o conteúdo religioso foi bastante alterado após algum feedback.

“Tive algumas conversas valiosas. Uma das personagens no jogo foi altamente alterada após ter tido algumas conversas altamente interessantes com pessoas da equipa com passado religioso. Consegui perceber que estavam algo aborrecidos com algo. O que lhes disse foi: Não vou mudar nada para ter o vosso aval, mas penso que percebo o que dizem e acho que posso fazer algo que vai melhorar a história.”

O resultado parece ter sido o melhor.

“Foi isso que fiz e fico grato por terem dado o seu ponto de vista. A última coisa que quero fazer é mudar a história porque ofende alguém, mas aquilo que foi apontando estava a prejudicar a história.”

Acham que Ken Levine tomou a posição correcta? Deixem os vossos comentários em baixo.

Bioshock Infinite chega ao PC, PS3 e Xbox 360 no dia 26 de Março.

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
LFO

Como ateu que sou acho que ele tomou a decisão errada, mas tb pouco me interessa.

Nirvanes

Como Ateu deves respeitar a religião. A maior parte dos ateus tende a pensar na religião de uma forma muito extremista, porque vêem as pessoas religiosas como extremistas também (e existem algumas claro). Eu acho excelente haverem algumas criticas religiosas no jogo, imagens como esta na notícia são coisas muito porreiras e criticas construtivas ao patriotismo e tradição religiosa americana, que usava deus como mote para levar os cidadãos para a guerra entre outras coisas.

Nirvanes

Isso é ridiculo, ao menos argumenta. Isso só prova ainda mais o meu ponto. Extremismo. Assim não és melhor do que os extremistas religiosos.

tylarth

Cá para mim já estou por tudo, ultimamente estes temas têm ficado sensíveis demais, pá conteúdos ofensivos não faço ideia do que estava planeado para o jogo e pouco me interessa, afinal há sempre pessoas que partir uma unha é caso para levar a cabo a 3ª guerra mundial…
Estupidez humana não tem fim, é algo que deve estar presente durante todos os nossos pensamentos.

Nirvanes

Eu nem sequer estava a criticar o que quer que ele tenha tirado, não estava a apoiar o facto de ter tirado nem a apoiar o facto de não ter deixado ficar. Critico a forma como o LFO expôs a sua opinião… ‘Como ateu acho que fez mal’. E revelou o extremismo que estava a prever… falta de respeito sobre as pessoas que são religiosas.
Mas a ideia é não ferir susceptibilidades a mais, e eu percebo que o Levine tenha pensado nisso… exactamente porque quer ser provocador e critico se, estar a faltar ao respeito. E isso é possível.

tylarth

Exatamente o ponto aonde quis chegar, aquele comentário das unhas estás a ver também funciona ao contrário. A incapacidade de conviver com o diferente é triste.
Uma pessoa pode não concordar mas não é por isso que se deixa de respeitar, isto claro neste contexto especifico e no tempo em que se vive desde que não me atirem com coisas para cima não vejo o porquê de não se respeitar.
Quanto aos há noticia em si, quando a carapuça serve é lixado.

Nirvanes

Sim, ninguém gosta de ouvir a conversa de ‘Deus criou a terra o céu, bla bla’… nem eu gosto. Eu vivo com a minha fé, não tenho necessidade de partilhar nem chatear ninguém com ela. Eu acredito na teoria de Darwin e tenho a minha fé… é justo. Se há quem acredita na biblia, por mim tudo bem eu respeito completamente desde que não se caia nesses extremismos que normalmente ateus caem (mas de uma forma inversa).
Se o Levine retirou é porque realmente podia ser mal interpretado e exagerado, trata-se de bom senso.

tylarth

Provavelmente nunca se vai saber o que foi retirado, eu não gosto muito da série por isso não me faz diferença nenhuma. Mas se a mudança foi para melhor porque não.

LFO

Porque raio é que deveria respeitar uma coisa na qual eu não acredito???

Ray Moura

porque isso é o mesmo que não gostares de lasanha e começares a matar as pessoas que gostam -.- eu como agnóstico respeito o que as outras pessoas acreditam…ser ateu é uma crença, é acreditar que deus não existe…ergo uma crença, nonetheless.

LFO

Wrong, eu para respeitar uma pessoa, não tenho que respeitar a crença dela, mas sim a própria da pessoa.

Nirvanes

óptimo. Mas podes ao desrespeitares uma crença tão forte como a religião provavelmente uma pessoa religiosa vai sentir-se desrespeitada. É aceitável. Trata-se de tolerância.

Guest

Concordo com eles LFO, a religião chega a ser bem forte em certas pessoas e acaba por fazer parte delas. Deves manter uma mente aberta sobre estas questões, eu também sou ateu e no entanto sempre me matriculei em Moral xD (nomeadamente para visitas de estudo e afins)

Nirvanes

Olha, eu não acredito no tabaco. Eu abomino a industria tabagista, acho que ela é um cancro para a humanidade e que hoje em dia já não faz sentido fumar depois da quantidade de indormação que temos, e mortes que o tabaco provoca todos os dias. Não há beneficio.

Eu não gosto de estar perto de pessoas a fumar, não gosto de levar com o fumo, gosto que as pessoas que me rodeiam e as que me são especiais (principalmente) não fumem. Houve uma altura na adolescência em que não conseguia respeitar os fumadores. Hoje em dia cresci, e apesar de mais do que nunca acreditar que estava certo sobre o tabaco, aprendi a respeitar e deixar de julgar pessoas por causa disso. Por isso sim, é uma questão de bom senso, não por respeito a deus ou o que quer que seja, por respeito às pessoas. Há pessoas reliogiosas muito saudáveis.

(PS: Não sou católico nem especialmente religioso. Mas aprendo a respeitar como respeito um ateu. Sou agnóstico teísta. Não rezo, mas por vezes tenho uma fé que lido como sendo minha e apenas minha. Às vezes é só isso, uma fé. Porque é que não hás de respeitar-me? Por ser diferente de ti? Somos os dois pessoas. Não muda nada.)

Darks

Acho que ele agiu bem. Independentemente das nossas crenças, devemos respeitar não só as nossas, como as dos outros e ninguém gosta de ver algo em que acredita ser desrespeitado num videojogo, música, filme…….onde quer que seja.

Guilhathorn

Eu sou ateu e acho que cada um pode abordar a religião como quer, mas sem ofender os seus praticantes, agora se os praticantes se ofendem com todo e qualquer questionamento, esta questão deixa de ser tão linear. Se realmente a critica era assim tão forte ao ponto dos crentes não conseguirem aceitar e se realmente prejudicava a história em si, acho bem terem mudado.

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
17
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x