Análise – VOEZ

VOEZ é um jogo de ritmo que chega à Nintendo Switch apenas em formato digital, este foi criado pela Rayark Games e no ano passado foi lançado para mobile. A primeira coisa que me chamou à atenção foi a arte do jogo, muito limpa e bastante bonita, cativando-me assim que comecei a jogar…só tenho pena que o jogo não a tenha aproveitado ao máximo. Achei também imensa piada ao passarinho do jogo, Chuchu, pois cada vez que podemos desbloquear icons (ao acaso) ele “choca” um gashapon que nos revela os icons que obtivemos.

Quanto à jogabilidade, esta é simples: Temos imensas músicas ao nosso dispor onde temos de tocar notas seguindo o ritmo da melodia em questão. O jogo apenas pode ser jogado em modo portátil, já que a jogabilidade requer usar o ecrã táctil da consola. O ecrã é usado como se fosse um género de teclado que sofre variações consoante a música e as notas ao serem seleccionadas aparecendo na vertical.

Compete-nos tocar no ecrã nos espaços e na forma indicada para que as notas sejam tocadas conforme a música que estamos a jogar. O jogo tem um tutorial, embora não seja completo e deixe uma ou outra dúvida. Existe também o problema de termos de tocar várias notas ao mesmo tempo, coisa que se torna complicada quando o jogo quer que usemos apenas o dedo indicador (as mecânicas até são simples de entender apesar disto) e isso torna-se uma missão impossível, vi-me muitas vezes a ter de usar vários dedos ao mesmo tempo e a não conseguir tocar tudo no tempo necessário.

Depois de tocarem a primeira música desbloqueiam todas as restantes, sendo a colecção de 348 músicas. Quem gosta de Vocaloid, ou pop japonês irá certamente gostar das músicas que o jogo traz, mas quem gostar de ter mais variedade terá alguns problemas (as músicas são todas muito semelhantes). Cada música tem um grau de dificuldade assinalado que pode ser aumentado e podem aumentar o ritmo da música até dez vezes (não o façam, por favor…a não ser que sejam masoquistas).

Apesar de me ter adaptado bem ao jogo, houve alturas em que senti alguma dificuldade nas músicas e mais parecia um teste de reflexos que um jogo de ritmo, digo isto porque já joguei imensos jogos de ritmo e este conseguiu deixar-me algo frustrada, o ritmo nem sempre coincide com as notas e isso irrita. Também não o consegui jogar muito tempo seguido, pois torna-se bastante repetitivo (apesar de ter um look bastante limpo e apelativo).

A história…não é uma história, embora tenham o Diário. Acaba por ser um bocado dispersa e por não despertar interesse é mal aproveitada, parece estar ali apenas para encher espaço (o que foi uma desilusão) e é um pretexto para meter mais arte pelo meio (disso não me queixo porque adoro a arte do jogo).

Voez acaba por ser um jogo bom, mas que não passa disso devido aos problemas que tem. Talvez se tivesse mais variedade no género de músicas ou se tivessem aproveitado melhor a arte lindíssima do jogo, o resultado podia ser bem melhor.

Positivo

  • Boa apresentação
  • Arte excelente
  • Muitas músicas disponíveis
  • Explora bastante bem a função táctil do ecrã da consola

Negativo

  • Muito repetitivo
  • Tutorial incompleto
  • Jogabilidade com alguns problemas
  • Não existe grande progressão
  • História? Que história?

 

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x