Análise – Uncharted: Legacy of Thieves Collection / Colecção Legado de Ladrões

Apesar da Naughty Dog estar a saltar para maiores andanças devido ao grande sucesso recente de The Last of Us, Uncharted continua a ser a sua série de maior duração e que mais cativou os críticos e jogadores no geral. Isto levou a que fossem feitos vários jogos e a saga esteja pronta para saltar para o grande ecrã num filme com Tom Holland (Homem-Aranha) no papel de Nathan Drake.

Embora tenha recebido uma trilogia na PS3, Uncharted viu apenas um jogo e Spin-off na PS4, com Uncharted 4: A Thief’s End e Uncharted: Lost Legacy. Ambos foram muito bem recebidos e não só ajudaram a dar um fim à história de Nathan Drake, como abriram caminho para novos heróis e possíveis aliados.

São esses dois jogos que a Naughty Dog e a Playstation decidiram que precisavam de um retratamento para regressar em grande e a tempo tanto do filme, como agraciar o PC com mais um exclusivo Playstation de alto gabarito que terá lançamento ainda este ano para data a marcar. Por isso mesmo, vamos começar com a PS5 de Uncharted: Legacy of Thieves Collection.

Tanto Uncharted 4: A Thief’s End como Uncharted: Lost Legacy já tiveram direito a análises aqui no site (carregar nos links anteriores), por isso não há muito mais a adcicionar ao que já foi dito anteriormente. Cada um dos jogos nestas colecções tenta ser na realidade a melhor versão do mesmo que podem encontrar, trazendo os jogos para um patamar de qualidade ainda acima da prestação original da PS4.

Para começar, podem escolher jogar ambos num glorioso 4K com uma base de 30fps ou meter tudo acima dos 60fps com uma resolução com 1440p. Claro que existe a hipótese de jogar com 120hz a 1080p, mas é preciso que tenham um ecrã/televisão com essa característica, algo mais comum em monitores do que TV de consumo mais casual.

Sou sempre muito mais fã de fluidez do que resolução, por isso joguei ambos com a 1440p e 60fps em TV 4K e gostei bastante do que o jogo fez ao fazer upscale para um 4K não nativo. 30fps ainda funciona, mas depois de experimentar acima disso, qualquer um dos dois jogos parece bem mais lento, além de que sofre de problemas de fluidez em momentos de maior accção. Não é verdadeiramente o ideal na era em que vivemos e com as máquinas mais poderosas que temos.

Ao jogar na PS5 e com o Dualsense, é bem notório que o jogo foi abrilhantado para ter mais impacto no novo comando. Os gatilhos respondem à pressão, existe um feedback do comando consoante fazemos as plataformas e no global, é uma experiência que entretém sem ser tão revolucionária como em outros jogos feitos nativamente para a PS5.

Visualmente, Uncharted 4: A Thief’s End e Uncharted: Lost Legacy já eram jogos com visual soberbo na PS4 e ambos parecem feitos também com base na nova geração, mesmo que falhem em detalhes e componentes técnicas de iluminação e qualidade de imagem que já vimos em jogos como Demon´s Souls e Ratchet & Clank: Rift Apart. Mesmo que continue a ser muito forte, deixa em aberto a curiosidade para aquilo que a Naughty Dog poderá fazer com a série na PS5.

O maior problema Uncharted: Legacy of Thieves Collection é o facto de não ser verdadeiramente uma compilação necessária. Qualquer uma das adições feitas podia ter sido feita sem pagamentos extra, tal como muitas companhias já fizeram para os seus jogos lançados na geração anterior. Quem os jogou e tem na PS4 pode jogá-los na PS5 na mesma, mesmo que não fiquem tão limpos e fluídos. Por isso mesmo, é uma colecção apenas para quem nunca os jogou e conseguiu comprar uma PS5 nos últimos meses.

Uncharted: Legacy of Thieves Collection tem dois jogos de alto gabarito em apenas uma “caixa” e isso é um excelente preço para quem nunca os jogou. Se estão nesta categoria, vale muito a pena e a nota que leva como jogo em si. Quanto aos restantes, não me parece que se justifique investir nesta colecção, a não ser que queiram muito ver Uncharted 4: A Thief’s End e Uncharted: Lost Legacy no seu melhor, pois são ambos a sua versão definitiva.

Positivo:
Dois grandes jogos num só disco
Ambos correm melhor que nunca
Adaptação ao Dualsense
Loadings bem mais rápidos

Negativo:
Não existe uma grande diferença
Só para fãs acérrimos ou quem não os jogou

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram