Análise – The Escapists

the-escapists-analise-review-pn-n_00002

Num mundo recheado de jogos de tudo e mais alguma coisa, também teria de surgir algo como The Escapists, um simulador de fuga prisional.

Com um estilo retro muito próprio, este não é um jogo de accão ou aventura, mas sim um puzzle em movimento com várias vertentes.

the-escapists-analise-review-pn-n_00005

The Escapists não é um jogo simples de jogar e os tutoriais ensinam mesmo o básico. Após fazer a primeira fuga guiado pelo computador, dei por mim às aranhas na prisão mais básica do jogo.

Aqui há que tentar perceber o que nos pode ajudar a fugir, o que podemos usar e quem nos está disposto a ajudar ou tramar. Um prisioneiro pode ter as pastilhas que precisamos para uma engenhoca, mas para as recolher, ou esperam pela altura certa, ou então arriscam-se a que este parta para a violência.

the-escapists-analise-review-pn-n_00003

Esta é a parte interessante de The Escapists, está sempre a acontecer alguma coisa algures e os movimentos das personagens não param, tanto que é possível andar a correr atrás de alguém por várias divisões apenas para o apanhar e falar com ele.

Existem várias prisões disponíveis e algumas formas como fugir, no entanto, os planos são altamente falíveis, especialmente nas prisões mais avançadas, onde tudo parece conspirar contra vocês, desde os outros prisioneiros, até as engenhocas.

the-escapists-analise-review-pn-n_00004

The Escapists é bastante recompensador, mas é mais de perder muito progresso, do que ganhar. As missões e trabalhos que fazem, são arriscados, e os guardas estão quase sempre de olho. Nas versões mais avançadas, até existem câmaras de vigilância e patrulhas permamentes. Conseguir enganar toda a gente é um feito e como tal, um momento de alegria.

Porém, The Escapists está para os jogos de puzzles como um Dark Souls para os RPG de acção, se bem que aqui as coisas são mais confusas e até aleatórias. Além disso, senti bem mais frustração que alívio ao jogar.

the-escapists-analise-review-pn-n_00001

A versão que tivemos acesso foi a de PS4, que se portou bastante bem. O visual está a milhas de puxar pela consola, mas é engraçado e fluí tão bem como esperado. A música não é nada de outro mundo, mas alguns sons são engraçados.

Destaque ainda também para várias piadas e referências a outros jogos, séries e filmes relacionados com coisas de prisões.

the-escapists-analise-review-pn-n_00006

The Escapists é um jogo divertido e interessante, mas é também um mar de frustração e de confusão quase constante. A criação é confusa, os objectivos nem sempre são claros e passa imenso por tentativa erro.

Porém, se gostam de jogos Indie baseados em descoberta, paciência e construídos em redor de grandes puzzles, têm aqui um osso duro de roer.

the-escapists-analise-review-pn-n_00007

Positivo:

  • Liberdade de exploração
  • Recompensador quando tudo corre bem
  • Visual engraçado

Negativo:

  • Demasiado aleatório
  • Objectivos confusos
  • Frustrante mais vezes do que devia

pn-bom-ana

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Silver4000

Fiquei com vontade de experimentar (oh tylarth, vê se compras o PC *coff*).

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x