Análise – Snack World the Dungeon Crawl – Gold

Snack World the Dungeon Crawl – Gold é um jogo da Nintendo Switch, importado da nintendo 3DS e trazido pela Level 5. O jogo é um RPG (Role Playing Game) de aventura com uma história peculiar mas ao mesmo tempo típica.

Começamos o jogo no modo de criação de personagem que vai ser o herói da história, aqui temos múltiplas escolhas para fazer. Género, altura, tipo de feição, olhos, cabelo, voz e nome são as áreas que podemos personalizar no nosso guerreiro. Em termos de escolhas está completo, temos muita variedade e a palete de cores é interessante. Com isto posso afirmar que podem ficar uma boa hora só a personalizar a personagem.

Depois da fase de personalização vamos à introdução da história, somos “alguém” encontrado desmaiado e não nos lembramos de nada sem ser do nosso nome nas portas do reino Tutti-Frutti. A pedido do rei, que foi coagido por sua filha, ordena a nossa presença no castelo. E é aqui que começa a história, somos um guerreiro que faz os caprichos da princesa (onde será focada maior parte da história principal). Já que estamos a falar da história, esta é composta por uma principal e outra secundária, na principal vamos ajudar a princesa a obter o que quer e a secundária vamos ajudar os aldeões da vila com pequenas ou grandes tarefas que precisam.

Em Snack World the Dungeon Crawl – Gold temos ao nosso dispor para ajudar nas dungeons 6 tipos de armas (espadas, arcos, machados, lanças e varinhas mágicas) de seu nome Jaras e armaduras que se dividem em chapéus, fatos e acessórios. A parte mais peculiar do jogo, pelo menos na minha opinião, é que podemos usar os 6 tipo de armas nas dungeons e com isto podemos ser arqueiros, magos ou guerreiros numa fração de segundos. Usar esta mecânica demorou algum tempo a habituar para conseguir tirar proveito dela.

Como disse anteriormente Snack World é um RPG, por isso temos ao nosso dispor um sistema de Level up tanto nas nossas skills, como nas armas e armaduras. Para darmos level up as nossas skills usamos uma app que está no nosso Pix-e Pod (gênero de telemóvel) de seu nome Pix-e Profile, aqui podemos aumentar aspetos como força, inteligência, beleza, charme, sorte e a ingenuidade de nível 1 a 5. Com essas skills aperfeiçoadas podemos ter aumentos na magia ou redução do tempo de espera para carregar a nossa stamina. Em relação às armaduras e armas os caminhos que temos de percorrer para melhorar o status é apanhar materiais/itens durante as nossas expedições às dungeons e com isso pode demorar um pouco a conseguirmos todos os materiais ou simplesmente compramos as armas/armaduras na loja.

Falando agora das missões, para concluir não vamos só precisar de aumentos de força ou mais resistência aos ataques, podemos contar também com ajuda de NPC’s ou Snacks. O que são Snacks perguntam vocês? Resumidamente, Snacks são monstros que vamos poder capturar nas missões com o objetivo de nos auxiliar na mesmas. Os snacks estão divididos por Party e Pocket, os Party Snacks são ajudantes que estão ao nosso lado em todas as missões e os Pocket Snacks são algumas personagens que num determinado momento invocamos para nos ajudar. E para captura-los precisamos de tirar foto deles num momento certo com ajuda do Pix-e Pod.

Quanto aos aspecto do jogo podem contar com um jogo em 3D, muito colorido e com um aspeto em cartoon. Na Nintendo Switch está muito fluido tanto em modo portátil como na dock.

Em termos de jogabilidade as mecânicas de atacar, de usar os itens e de controlar a nossa personagem estão muito intuitivas. Mas quando chega a parte de capturar Snacks, tive alguma dificuldade em capturar alguns.

O que me surpreendeu mais foi a banda sonora, liga-se muito bem com o jogo e desde que liguei a primeira vez fiquei surpreendido. Só a música de abertura deu logo uma emoção inacreditável. Podem contar dentro do jogo com mais de 80 músicas à vossa disposição e alguns “grunhidos” que as personagens fazem ao dar o balão da fala.

O aspeto mais negativo que vi neste jogo foi o modo de multiplayer, neste modo têm a opção de o fazere localmente e online. O modo local não consegui testar mas no modo online a experiência complicou um pouco. Primeiro não podemos fazer o modo Principal com ajuda dos nossos amigos e quando andei a procura de salas para participar foi muito difícil de encontrar uma.

Em suma Snack World the Dungeon Crawl – Gold é um jogo muito divertido, com uma história cheia de humor, uma banda sonora incrível e com a capacidade de vos dar muitas horas de diversão.

Positivo:

  • História com humor
  • Muita exploração
  • Banda sonora incrível
  • Animação em cartoon

 

Negativo:

  • Modo online pouco desenvolvido

 

Share

You may also like...