Análise – Romance of the Three Kingdoms 13

Eu sempre gostei de jogos Musou e Dynasty Warriors é para mim a referência do género, no entanto passado algum tempo é um jogo que me obriga a fazer uma pausa, e é aí que entra Dynasty Warriors Empires um jogo que mistura o hack n’slash com gestão e conquista e pessoalmente é minha versão favorita de  Dynasty Warriors. No entanto existe uma série que se baseia apenas no lado estratégico e sim trata-se de Romance of the Three Knigdoms.

Romance of the Three Kingdoms 13 chega ao Ocidente para PC e PS4, a versão a que tive acesso foi a versão de PS4 e de imediato deparei-me com um problema que só acontece nesta versão, os controlos. Existem atalhos e combinações de botões que devem ser decoradas e apesar de a maioria ser exibida no ecrã quando são precisas, existem também momentos em que não é intuitivo o que tem de ser feito. É complicado decorar todas as combinações, no PC tudo é feito com o rato o que “descomplica” tudo, percebo que não exista alternativa directa mas não deixa de ser um problema.

Tal como os jogos de conquista e estratégia de tabuleiro, também Romance of the Three Kingdoms demora imenso tempo a ver uma campanha de conquista concluída, podem ficar imensas horas numa campanha. Este é aliás o modo principal do jogo, podemos escolher uma era ou evento e a partir daí vemos uma China dividida de forma diferente e cabe-nos a nós conquistar todos os territórios. Podem seleccionar qualquer personagem da história ou criar a vossa própria personagem. Depois cabe-nos a nós construir um Império duradouro, fazendo alianças, oferendas, podem também recrutar generais e nomeá-los para um dado posto e claro lutar e dizimar os vossos inimigos.

romance of three kingdoms 13 pa ana 1

Existe também um modo de história chamado Hero Mode que é na verdade o tutorial, este modo faz com que joguemos no papel de um dado general durante um dado período de tempo. Estes cenários são pequenos comparados com o objectivo do modo principal mas são muito mais ricos em história. Cada um destes cenários vai ensinando um pouco mais sobre Romance of the Three Kingdoms e a sua jogabilidade. Desde gestão da vossa cidade, ao combate e até aos duelos, quer sejam eles de argumentos ou de espada em punho. No que diz respeito a duelos, estes acontecem durante lutas ou alguns momentos específicos, por exemplo se estiverem a patrulhar a cidade e derem de caras com um grupo de ladrões inicia-se um duelo, existem alguns comandos diferentes e ao longo de 5 turnos têm que derrotar o vosso adversário ou ficar com mais vida. Os argumentos funcionam de forma parecida mas com palavras, existindo na mesma uma opção de nos concentrar, provocar etc. Estes acontecem quando existem discordâncias ou quando tentam convencer alguém a fazer uma dada acção.

Estes são então os modos de jogo de Romance of the Three Kingdoms 13, de notar que o Hero Mode é composto por vários pequenos cenários, sendo que podem durar entre 20 minutos ou 3 horas, ou quem sabe mais. No fundo Romance of the Three Kingdoms 13 é um jogo que exige bastante tempo e ter perfeita noção de que uma má jogada pode deitar tudo a perder. Felizmente podem gravar quando quiserem o que facilita a vida e evita perder horas e horas de jogo e podem também definir quando querem que o jogo grave automaticamente.

No que toca à criação da vossa personagem existem imensas opções e o jogo não vos impõe um limite de pontos para distribuírem pelas capacidades da vossa personagem, por isso se quiserem podem ter uma personagem com todas as capacidades no nível máximo logo no início do jogo. A vossa personagem é representada pelo retrato, o modelo da vossa personagem no jogo em algumas situações pode não corresponder ao retrato sendo substituído por uma espécie de personagem default.

romance of three kingdoms 13 pa ana 3

Romance of the Three Kingdoms 13 entrega uma experiência de gestão bastante completa e para quem for novato no género até existem opções a mais, por outras palavras este jogo vai exigir muito de jogadores novatos e entregar uma experiência satisfatória aos jogadores mais habituados a este género. Pessoalmente acho que em termos de opções o jogo está bastante completo mas precisa de mais algum trabalho numa secção. As missões ou tarefas realizadas pela nossa personagem exigem que a vamos colocar no local exacto enquanto que as outras personagens vão fazer a tarefa automaticamente, se sou eu quem está a dar ordens é óbvio que é aquilo que eu quero fazer e não preciso de confirmar que é mesmo aquilo que quero fazer, esta opção já ajudava a cortar algum tempo de jogo.

Felizmente e ao contrário da maioria dos jogos deste género, quando a nossa personagem está ocupada a fazer uma tarefa, não precisamos de ficar a olhar para o ecrã à espera que o tempo passe, vão sempre existindo pequenos ajustes que podem ser feitos ou acções extra para efectuar, como ajudar outra personagem na sua tarefa. O que me leva a falar dos relacionamentos, podem construir várias ligações com diferentes personagens e com resultados diferentes e sim, subornar personagens também funciona. Quanto melhor for a vossa relação com as outras personagens mais bónus vão tendo durante o jogo, mas não é só de relações que a estrutura da vossa cidade é feita, também têm de desenvolver o comércio, tratar das reservas de comida etc. E tudo isto é importante para desenvolver uma boa base e começar a desenvolver tropas capazes de subjugar as cidades que nos rodeiam.

Quando estamos em combate é preciso ter em conta que um ataque frontal só resulta se os nossos números forem maiores que os do adversário, de outra forma é melhor aplicar algumas táticas simples, como tomar conta de um posto avançado ou flanquear as tropas inimigas. Se por acaso tiverem que montar um cerco existem algumas opções que podem tomar se tiverem personagens para isso. Cada general tem técnicas a seu favor, podem ter escadas para subir as muralhas, aríetes para penetrar os portões da cidade ou simplesmente atacar o portão. Enquanto lutam podem também desencadear duelos entre generais, ao longo de 5 turnos podem tomar várias acções que afectam não só as capacidades do inimigo no turno seguinte mas também a percentagem de vida que lhe é retirada. O duelo acaba quando um dos generais fica sem HP ou quando chegam ao fim do 5º turno, e o general com mais HP vence.

romance of three kingdoms 13 pa ana 2

Se estiverem a construir uma aliança ou a tentar recrutar um general também podem desencadear duelos de argumentos que funcionam da mesma forma que os duelos com armas. Existem mais ocasiões em que os duelos podem ser activados mas estes são os principais. Na vossa cidade existem sempre trabalhos para efectuar e as personagens que vocês apontarem como ministros irão constantemente propor ordens para melhorar a mesma. Uma vez que a vossa personagem tem um número de ordens limitado de cada vez, ter ministros torna-se bastante cómodo para manter a vossa cidade feliz e produtiva.

Graficamente é um jogo bastante fraco, se não fosse pelo tamanho do mapa diria que este jogo encaixava perfeitamente na PS2, felizmente o uso de retratos para representar as personagens ajuda a distrair-nos dos fracos gráficos. Um outro problema que eu encontrei com a apresentação é que por vezes somos obrigados a procurar algo no mapa ou no diagrama de personagens por um dado nome, escusado será dizer que procurar nomes chineses num diagrama ou num mapa pode ser bastante complicado, manter o nome que procuramos no ecrã teria solucionado parte do problema mas o ideal seria um atalho para encontrar de imediato o alvo.

Romance of the Three Kingdoms 13 é sem sombra de dúvidas um jogo imenso e que certamente vos irá dar horas de entretenimento se gostarem do género, não é um jogo que possa recomendar a qualquer um, este jogo só vale mesmo a pena para quem goste do género e que já tenha alguma experiência, o tutorial é bom e ajuda mas não é perfeito e também não é muito amigável. Se tiverem opção optem pela versão de PC por uma questão de controlos que são muito mais intuitivos. Em suma Romance of the Three Kingdoms 13 vale a pena para os fãs de estratégia e é um grande jogo nesse departamento, se a versão em análise fosse a de PC provavelmente a nota seria mais alta, infelizmente os controlos da versão PS4 deixam muito a desejar e custam-me tempo precioso sobretudo em combates.

Positivo

  • Imensas opções
  • Um jogo muito divertido para os amantes do género
  • Temos bastante liberdade durante os combates para aplicar estratégias
  • Tutorial extenso é bom para quem se está a habituar
  • Eventos e história
  • Criação de personagens e inserção das mesmas no jogo

Negativo

  • Apresentação gráfica
  • Controlos da versão PS4

pn-muito-bom-2016-3

Latest posts by Alexandre Barbosa (see all)
Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x