Análise – Ragnarok Odyssey Ace

ragnarok-odyssey-ace-ana-pn_00008

É sempre bom ver que os géneros de videojogos ainda não foram todos inventados. Até Monster Hunter ter sido criado e ter vendido toneladas de jogos, o estilo Monster Game não existia, e só a sua insistência fez proliferar o género.

Hoje em dia, existem vários jogos que adoptam este estilo como o seu pilar central, jogos tão diferentes como Soul Sacrifice, Toukiden ou o futuro Freedom Wars.

ragnarok-odyssey-ace-ana-pn_00001

Dentro do mesmo género, saiu há algum tempo Ragnarok Odyssey, um jogo bastante diferente de Ragnarok Online, que teve apenas a PS Vita como destino. O resultado foi bastante positivo e os fãs queriam mais, por isso a Game Arts e a GungHo Online resolveram repetir a dose e trazer uma versão melhorada para a PS Vita e PS3.

Não há muito que enganar, Ragnarok Odyssey Ace vai recolher muito do seu conteúdo e jogabilidade a Monster Hunter, mas consegue mesmo assim desenvolver uma personalidade e estilos próprios com a sua jogabilidade e aproximação ao estilo.

ragnarok-odyssey-ace-ana-pn_00004

Para começar, a movimentação das personagens e ataques é muito mais rápida e imediata. Ao contrário dos ataques lentos e limitados de Monster Hunter, aqui a velocidade e movimentação pelo cenário é um dos pontos fulcrais da exploração e combate.

O posicionamento continua a ser chave tal como nos outros jogos, mas senti que Ragnarok Odyssey Ace privilegia muito mais a acção imediata e combos de larga escala do que lutar com risco de morrer com apenas um golpe de um inimigo mais forte.

ragnarok-odyssey-ace-ana-pn_00003

O sistema clássico de missões e partida para o terreno também marca aqui presença, com missões onde precisam matar X inimigos, um monstro grande, recolher objectos e mantimentos ente outras coisas. A velocidade a que as missões decorrem é bastante rápida e é possível fazer uma dúzia delas em poucas horas.

Com os mantimentos e objectos que apanham podem melhorar tanto as armas como equipamentos. Como não existe experiência, as estatísticas são elevadas com a utilização de cartas que equipam no fato ou os polimentos que fazem a uma determinada arma. Quanto às habilidades especiais, estas podem ser desbloqueadas com a utilização de cartas especiais Ace, oferecendo novos poderes ou ataques que aumentam a diversidade do estilo de combate.

ragnarok-odyssey-ace-ana-pn_00006

Algo que vão querer experimentar são as várias classes existentes. Para alterar entre elas apenas precisam de mudar a arma e equipar armaduras compatíveis. Cada classe é bastante diferente e permitem abordar o jogo de formas distintas.

Tanto na versão PS3 como PS Vita é possível jogar Ragnarok Odyssey Ace online. Tenho a dizer que a experiência funciona bastante bem e existe uma grande comunidade em redor deste jogo. Infelizmente, a maioria das partidas em que joguei estavam recheadas de abrandamentos, especialmente quando um jogador de PS Vita se juntava à equipa. Tirando isso, o modo online é extremamente viciante e ainda mais se for jogado com amigos.

ragnarok-odyssey-ace-ana-pn_00005

Sendo uma versão actualizada de Ragnarok Odyssey, Ace engloba uma série objectos, armas e missões extra inéditas. Estas aumentam em grande escala o conteúdo disponível, mas a meu ver, quem comprou o original não precisa de actualizar para esta versão.

A versão de a análise a que tivemos acesso foi a de PS3, onde Ragnarok Odyssey chega pela primeira vez. O resultado da conversão, parece uma versão HD da PS Vita, em vez de um visual mais trabalhado. Isto faz com que a versão PS3 seja bastante menos apelativa. Felizmente, o desenho das armaduras, armas e estilo anime das personagens acabam por compensar. A banda sonora não está nada má e no que toca a vozes, estas não vão além dos sons das personagens.

ragnarok-odyssey-ace-ana-pn_00002

Embora viva na sombra de Monster Hunter, Ragnarok Odyssey é uma boa alternativa ao jogo da Capcom, ainda para mais tendo em conta que estes nem foram lançados para a PS3 e PS Vita, então existem poucos rivais dentro do género. Se são fãs de Monster Games, então Ragnarok Odyssey Ace é uma boa compra.

Positivo:

  • Velocidade dos combates e personagens
  • Evolução simples e prática
  • Dos poucos do seu género na PS3
  • Boa longevidade
  • Muito conteúdo novo

Negativo:

  • Não vale a pena para quem comprou o original na PS Vita
  • Visual da versão PS3
  • Online com problemas de fluidez

pn-bom-ana

Latest posts by Daniel Silvestre (see all)
Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram