Análise – Psycho-Pass

Informação Global:

  • Episódios: 22
  • Ano: 2012-2013
  • Produtores: Production I.G, FUNimation Entertainment, Fuji TV, Nitroplus, Sony Music Entertainment
  • Géneros: Acção, Policial, Ficção Cientifica
  • Idades: +17
  • Linguagem: Japonesa

Tendo criado Fate/Zero e escrito o argumento de Mahou Shoujo Madoka★Magica, Orobuchi Gen apresenta-nos o seu novo projecto como argumentista que não deixou de criar alguma expectativa. Psycho-Pass é um Anime de 22 episódios desenvolvido pelos estúdios da Production I.G que nos relata um futuro próximo onde é possível avaliar e qualificar instantaneamente o estado mental e a personalidade de cada ser humano. Avaliação individual de emoções, desejos, influências e até tendência criminosa, a todo este processamento de informação gerido pelo Sibyl System é dado o nome de “Psycho-Pass“, onde quem ultrapassa os seus limites de sanidade é considerado perigoso e alvo a abater. A história centra-se num grupo de detectives de intervenção, o Public Safety Bureau, do qual se destaca a nova recruta Tsunemori Akane, onde a sua tarefa é lidar com o crime num mundo apenas existentente no Japão.

Quanto à história do Anime, esta começa um pouco lenta ao inicio mas depois ganha o fôlego e manteve uma sequência lógica de eventos mas por vezes previsíveis em algumas cenas. Vindo de um escritor de alto nível, Psycho-Pass está muito bem planeado e foca-se maioritariamente nos limites do ser humano e na sua moralidade. Embora o final do Anime seja deixado à interpretação de cada espectador, é engraçada a forma como começamos a pensar se o Sibyl System faz sentido. Admito que estava a espera de algo mais extraordinário e que talvez a minha compreensão não tenha sido a mais saudável e positiva para Psycho-Pass, mas a minha experiência fez-me crer naquilo que senti.

Sendo do género policial e cientifico, a história não é facilmente perceptível, daí ser necessário atenção ao diálogo e aos pormenores. Como seria de esperar, dentro do género de ficção cientifica, Psycho-Pass não foge à regra e podemos contar com cenas sangrentas, violentas e perturbadoras com um bom acompanhamento de literatura e filosofia à mistura. Orobuchi Gen é conhecido por ter uma escrita obscura baseada em twists na história que literalmente brincam com as nossas emoções. É também interessante e original a forma como são citadas várias frases de livros de autores reconhecidos no mundo real como forma de justificação aos actos criminosos.

Uma melhor exploração das personagens secundárias teria sido uma mais valia visto que existem algmas personagens que não fazem grande diferença no Anime. Tirando este factor, Psycho-Pass tem uma das evoluções de protagonista mais brutais de sempre através de Tsunemori Akane, uma rapariga de 20 anos que mostra ser uma ingénua idealista. Devido às suas elevadas notas e Psycho-Pass calmo, Akane decide entrar para o Public Safety Bureau porque acredita ser capaz de fazer algo que mais ninguém consegue. Mesmo com pequena importância no inicio do Anime, Akane leva um tratamento de crescimento que mais tarde volta em cena capaz de ofuscar e impressionar a maior parte dos espectadores.

Depois temos Kougami Shinya, um rapaz de 28 anos com uma mentalidade criminosa bastante elevada. Mesmo com um Psycho-Pass ao rubro, Kougami é sem dúvida um dos melhores detectives da zona daí ter-lhe sido atribuída uma segunda oportunidade como Enforcer do Public Safety Bureau. Tendo uma presença mais clássica e old-school, é complicado não admirar e gostar dele. Por outro lado temos o carismático, intelectual e apaixonado pela crueldade, Shougo Makishima com uma personalidade única e boas razões para ser o vilão de Psycho-Pass. Tendo um aspecto físico visualmente atractivo, é fácil criar um laço de empatia com a personagem, mas relembro que nem tudo é o que parece.

A nível técnico, o desenho e a animação de Psycho-Pass estão dentro da expectativa. Algumas falhas no desenho e nos ângulos estão presentes no episódio 18 mas a boa qualidade regressa para dar continuidade ao Anime. A arte relembra Katekyo Hitman Reborn! visto que é feito pela mesma pessoa, não é de admirar tal presença mas a nostalgia criada até que é bem recebida. Dentro do género, muitas cenas escuras e difíceis de perceber estão presentes na maior parte dos episódios. A nível de animação, destaco as cores frias e florescentes utilizadas nos materiais tecnológicos que conseguiram recriar um ambiente futurista bastante real.

Quanto à música, toda ela é uma criação brilhante que encaixa perfeitamente com o tema visual e emocional de Psycho-Pass. Todas as letras dos openings e endings parecem ser feitas de propósito para o Anime e principalmente direccionadas a personagens especificas. Mantendo o ambiente futurista e obscuro, o primeiro opening “abnormalize” de Ling Tosite Sigure parece falar de Kougami enquanto que o ending “Namae no nai Kaibutsu” de EGOIST é para termos o Shougo em mente. Quando à música de fundo, a utilização de piano, violino e sintetizador ajudam a acentuar as emoções e a dar mais suspense às cenas de forma a criar um ambiente realista.

Resumidamente, Psycho-Pass é um Anime policial com muita acção, ficção cientifica e suspense, que comparado com grandes nomes deste género não fica nada atrás. Mesmo com algumas falhas nos pontos já referidos anteriormente, tem uma história estupenda, bem planeada e acima de tudo bem escrita, acompanhada de cenas mais violentas com citações de literatura e filosofia de autores da nossa época. Infelizmente não me agradou o facto do desenlace ficar para a compreensão de cada um visto que tirei uma conclusão mais negativa do Anime. Por um lado, senti falta de mais informação sobre as personagens secundárias, visto que estão no Anime e gostaria de valorizar essa presença mas, por outro lado, Psycho-Pass tem uma das melhores evoluções de protagonista de sempre o que acabou por compensar.

A animação e o desenho estão dentro do esperado, sendo apelativos principalmente nas cores que dão um ambiente mais futurista a Psycho-Pass. A música encaixa na perfeição e achei interessante o facto de conseguirmos relacionar as letras das músicas com as personagens e o Anime em si. Embora tivesse achado algumas resoluções demasiado previsíveis, a história não é facilmente perceptível. Não recomendo Psycho-Pass a quem queira ver algo sem ter de pensar, é preciso estar com atenção para perceber e apanhar alguns pormenores importantes à compreensão final da história. Tendo um tema mais obscuro e sério, recomendo Psycho-Pass a quem seja fã deste tipo de Anime e não só! Lá no fundo quem é que ainda não viu um episódio de CSI na televisão e não gostou minimamente? Ora bem, Psycho-Pass é isso mas melhor.

Positivo:

  • História bem escrita
  • Tema fiel ao género
  • Cenas sangrentas, violentas e perturbadoras
  • História não muito perceptível
  • Utilização de literatura e filosofia
  • Evolução brutal da protagonista
  • Animação e desenho familiar dentro da expectativa
  • Ambiente futurista real
  • Música encaixada

Negativo:

  • Previsível
  • Final deixado à interpretação de cada um
  • Pouca exploração das personagens secundárias
  • Algumas falhas na animação e desenho no episódio 18

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
25 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
David Rodrigues

ja estou quase quase de férias, tempo de limpar muita coisa da minha lista e esta anime é uma delas

Patricia Nunes

Acho que fazes muito bem 🙂

Tiago Ferreira

Excelente análise. Fiquei ainda mais curioso pelo anime.

Vou tentar ver quando acabar os exames.

Patricia Nunes

É muito cool Chardin! Vê quando tiveres tempo~

d1abl012

Estive a ver uns episodios e realmente tem uma historia interessante, muito futurista 🙂

Patricia Nunes

Aww agora tens de prometer que acabas :p

Silver4000

O Daniel mencionou no PN ao Domingo e fiquei interessante no que se baseia, embora eu sinceramente odeio os Psicologos/Psiquiatras, pois para eles se uma pessoa faz isto é por X razão e etc, e nem todos séao iguais.

Este vem para a lista, estou mesmo interessado na plot que se baseia à volta de avaliar o estado mental/sanidade das pessoas.

Patricia Nunes

Pois -.- o rafeiroso fez spoil na minha análise xD mas olha que Psycho-Pass não tem nada de psicólogos, apenas tens o pensamento lógico dos detectives 🙂 nada relacionado com médicos and stuff
Agora sim, avaliar o estado mental do ser humano, isso tem a pontapé xD acho que vais gostar 😉

Silver4000

Hehe, ele deve ter visto por recomendação tua 😛

Como é pequeno vou ver se consigo arranjar dias para o ver, se tivesse colunas neste PC via na boa, como não tenho… :/

Patricia Nunes

Ele viu os primeiros episódios comigo mas depois como estava a fazer a análise fui vendo, quando acabei o Anime disse para ele ver que fazia o género dele. Só que entretanto tenho a minha análise pronta no back office e vem ele recomendar o Anime no pn do domingo xD sabendo que tenho a análise para entrar, derp :p Overdose de Psycho-Pass xDD
Pois… andei a procura mas é tudo mkv e os úncios que estão mp4 são raw sem legendas :/ De qualquer forma, boa sorte! Mas tenta ver que vale a pena 🙂

Silver4000

Isso là se arranja, por acaso foi uma grande ideia ver os animes na PS3 XD

Patricia Nunes

Já vi e é cool^^ ou ligar o pc com hdmi à TV

Guilhathorn

Este parece ser mais um daqueles animes obrigatórios xD Quando as férias realmente começarem vou fazer por vê-lo!

Patricia Nunes

Já estou a ver que muita gente vai usar as férias para pôr os Animes em dia 😀 acho que fazem muito bem~

Guilhathorn

É a melhor altura para isso xD

Kaiser

Agora que as férias se aproximam não vou deixar escapar este, já está na minha lista! 😉

Patricia Nunes

Go go! Aproveita as férias ^^

Squall_jb

Gostei do que li, vou experimentar 🙂

Patricia Nunes

Sim senhor! Depois partilha a tua experiência x3

André O Maior

Comecei a ver na segunda-feira por recomendação do Daniel. Estou a adorar. Em alguns aspectos faz-me lembrar Death Note (o melhor anime de todos os tempos xD).

Vou no episodio 11, mas não me parece que “final deixado à interpretação de cada um” seja algo negativo. Espero ter uma interpretação do final mais a favor do anime do que a tua 🙂

Patricia Nunes

Pois pois >_> o Daniel a spoilar a minha análise… fico contente por estares a gostar 😀 e sim, é dentro do género de Death Note.
Eu gosto mais que me dêem um final concreto mas às vezes também gosto de finais em aberto, só que em Psycho-Pass… passaram-me uma ideia negativa :/ mas lá está, depende de cada um :v

sasuke12

boa analise patricia ^^ segui o anime quando ainda estava a sair e é mesmo muito bom,so acho o final para alem de previsivel um pouco “apresado” mas nao deixa de ser bom,e concordo com o que disseste “…quem queira ver algo sem ter de pensar..” existe algumas partes em que temos e pensar senao perdemonos um bocado xD e agora um aparte,devias fazer de zetsuen no tempest aco que vais gostar 😉

Patricia Nunes

Obrigado 🙂

É como dizes, eu estava a espera de mais mas pronto, foi assim… sim nisso sem dúvida que há partes que temos de parar para pensar no que acabamos de ver xD Tenho esse Anime na plan to watch list… vi agora que está com um bom rating D: vou ver :p

Alistair

Acabei de ver Psycho-Pass mesmo agora. Realmente o episódio 18 tem uns momentos infelizes de animação, mas não que borre a pintura. Passando à minha opinião. É um grande anime, mas não é inovador. Vai beber, profundamente, à obra de Philip K. Dick (eles próprios admitem isso num episódio), num híbrido entre “Minority Report” e uns pózinhos de “Do Androids Dream of Electric Sheep?”. Nesse ponto, faz o que já fizeram muitas adaptações dickianas de Hollywood, com uma diferença: juntamente com Blade Runner, fá-lo num nível muito superior. Assim, torna-se num anime brilhante e numa referência do género. O final pode deixar um gostinho amargo, mas até isso é coerente com a sua construção. E a adição de literatura e filosofia à trama dão-lhe um ponto extra de interesse, que não pode ser ignorado. Resumindo, adorei e está, definitivamente, no meu top-5.

Bruno Roxas

Excelente análise Patrícia e este anime entrou directamente para os próximos que tenciono ver! Parece fazer o meu género e pelo que li nos comentários parece que é do género de Death Note que apesar de não ser o meu anime favorito é um dos que mais me marcou e que me fez passar momentos enormes acompanhados de grandes emoções. Desconhecia completamente a existência de Psycho-Pass e tornou-se um anime obrigatório para ver!
Continua com o excelente trabalho. 😀

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
25
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x