Análise – Pokémon The Origin

Informação Global:

  • Episódios: 1 Especial (4 episódios)
  • Ano: 2013
  • Produtores: Production I.G, Xebec, Oriental Light and Magic
  • Géneros: Aventura, Comédia, Shounen
  • Idades: +7
  • Linguagem: Japonesa

Quando Pokémon foi lançado, foi claramente pensado como um modelo de negócio transmídia, ou seja, tudo começou com jogos, mas rapidamente a ponte foi estendida para outros estilos de média e merchandising.

Depois de anos a levar com Ash e a sua incapacidade para ser um treinador de Pokémon decente, eis que a Nintendo e a The Pokémon Company resolveram agarrar na história original dos Pokémon Red e Blue (Green no Japão), com misturas do Manga Pokémon Adventures e criar um especial da demanda de Red. O resultado podia ser bem melhor, mas é superior em todos os aspectos à série televisiva.

Pokémon The Origin começa logo por emular o espírito dos jogos, com Red e Green (neto do professor Oak) a partir à aventura para serem os melhores treinadores de Pokémon e completar o Pokédex.

Apesar de haver muito conteúdo para contar, este especial deixa algo a desejar por ser apenas composto por quatro episódios. Logo a partir do segundo, a história é resumida muito depressa passando por eventos importantes como a vitória no ginásio de Cerulean contra Misty e em Vermilion contra o Lt.Surge. Os episódios restantes começam da mesma forma, resumindo conteúdo que merecia mais destaque, em apenas um a dois minutos.

Tirando isso, Pokémon The Origins mostra ser uma história bem mais adulta e menos cheia de palha que a série com Ash. Aqui a Team Rocket mata um Pokémon a sangue frio, são feitas experiências em Pokémon vivos e pessoas são atacadas violentamente por outros Pokémon, tal como faria sentido num universo destes e que os jogos nunca tiveram problemas em retratar, especialmente o Red e Blue.

Outra coisa que supera o Anime é o protagonista deste especial. Red é claramente mais inteligente e bem mais capaz que Ash. Ash pode ter bom coração e até alguma coragem mas é burro como uma porta e um péssimo treinador que nem inspira confiança aos seus Pokémon (todos se lembram de como era enxovalhado pelo Charizard). Red é um treinador bem mais forte que aprende com os erros e consegue derrotar os vários ginásios e liga Pokémon à primeira. Até consegue terminar o Pokédex, algo que o Ash nunca esteve perto de fazer na vida.

Muito boas são também as inúmeras referências e acontecimentos retirados directamente do jogo, seja falas, localizações ou pequenos acontecimentos que vão criar uma enorme nostalgia a quem jogou Red e Blue.

Tendo em conta que Pokémon The Origin é um especial, era de esperar que a animação e acabamento final do desenho fosse bom, mas a verdade é que é notório um trabalho bastante grande por parte da equipa de animação e pintura, especialmente nos combates. De resto, a cor e desenho usam os modelos clássicos da série e muitos dos desenhos são versões actualizadas da arte usada para os jogos originais.

Por agora ainda só existe versão japonesa de Pokémon The Origin, como tal, caso queiram ver, terão de o fazer com legendas. As vozes escolhidas para a versão japonesa são realmente boas e encaixam perfeitamente, e até mete piada ouvir a voz original de Naruto como Red. A maioria das músicas são versões melhoradas das originais ou remisturas mais actuais que soam bastante bem.

Pokémon The Origin falha apenas num ponto chave, o facto de ser apenas um especial. Não precisavam de fazer uma série de 100 episódios, mas bastava apenas que dessem importância aos acontecimentos mais importantes, lutas de ginásio e liga Pokémon, algo com 24 episódios por exemplo, seria o ideal.

Assim sendo, ficamos com um especial que deixa água na boca e só torna a série original de televisão numa coisa ainda pior do que era. Um especial que merecia bem mais do que apenas 4 partes. Ficamos à espera de mais! Vamos a isso Nintendo!

Positivo:

  • Red é muito melhor que Ash
  • Tom mais sério e adulto
  • Recria bem momentos dos jogos
  • Boa animação especialmente nos combates
  • Boas vozes na versão japonesa
  • Musicas bem utilizadas

Negativo:

  • Só 4 episódios
  • História importante contada a correr

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram