Análise – Nidhogg

nidhogg-rev-top-pn

Não é novidade que os estúdios indie cada vez mais conquistam um patamar mais respeitável dentro da indústria dos videojogos, e para isso basta ver o enorme apoio que as consolas de nova geração estão a dar aos mesmos. São através deste tipo de estúdios que surgem algumas das experiências mais interessantes destes poucos anos, e é graças a este reconhecimento e ascensão dos mesmos que vemos nascer Nidhogg.

Criado apenas por uma pessoa, Mark “Messhof” Essen, Nidhogg é o jogo de esgrima mais frenético e divertido dos últimos tempos. Apesar de ter lançado há alguns dias, na verdade o jogo já tem conquistado o coração de muitos desde 2011, onde começou a ganhar prémios em vários eventos para de estúdios indie. Um dos pontos mais altos foi a sua demonstração no EVO, que chamou muitos jogadores para a sua vertente multiplayer espectacular.

Mas que raio é Nidhogg?

Como já afirmei em cima, Nidhogg é um jogo de esgrima onde dois lutadores lutam até à morte…e ressurreição. Basicamente iremos lutar contra um oponente e o objectivo de cada um deles é chegar à meta. Como é que isso acontece? Sempre que um jogador morre, esse faz respawn mais atrás no cenário, deixando o seu adversário mais perto da meta. Para chegar à dita meta, cada jogador ainda tem que percorrer algum caminho e matar bastantes vezes o seu adversário sem que perca também ele algum território.

nidhogg-rev-2-pn

A mecânica de combate funciona de uma maneira bastante simples. A nossa personagem está em posição de combate sendo que podemos colocar a nossa espada a uma altura desejada, e isto faz com que seja possível bloquear alguns golpes de espada e até acrobacias que podemos fazer. As acrobacias baseiam-se em saltos que podem ser complementados com um ataque a pontapé descendente e que nem uma flecha, como também é possível rebolar e pregar rasteiras ao nosso inimigo. Uma das habilidades favoritas é o arremesso da espada, que pode apanhar a personagem mesmo na cabeça ou impedir que esta fuja para perto da meta.

São várias as maneiras de matar e morrer, sendo que este jogo não é propriamente de habilidade. Nidhogg é um jogo frenético que coloca os jogadores excitados, onde os duelos fazem-se com uma intensidade que prendem o jogador durante horas e horas. Apesar de não ser necessário muito habilidade para vencer, o jogo requer alguma habituação e quando estivermos mais “calejados” com o sistema de combate, vamos ver momentos épicos e cheios de tensão como dois jogadores frente a frente a dar pequenos passos para ver quem é que ataca primeiro.

nidhogg-rev-3-pn

A espectacularidade e a aleatoriedade com que se dão os combates levarão os jogadores às gargalhadas, mas também irão aumentar exponencialmente os níveis de concentração. Assim que descobrimos o quão veloz o jogo consegue ser, iremos fazê-lo sem pensar muito no que estamos a fazer, mas com o passar do tempo, os combates começam a ficar mais lentos, mas mais intensos e épicos.

No que toca a conteúdo, Nidhogg é bastante débil, havendo apenas quatro cenários e o single-player baseia-se em vários adversários que iremos derrotar entre esses cenários repetidamente. Quando experimentamos o multiplayer, a quantidade de conteúdo deixa de ser um problema. Nidhogg é para ser jogado em multiplayer online e local, e é aí que ele brilha. É daqueles tipos de jogos que nos deixa algumas horas agarrados, destrói amizades e chama pessoas em redor para disfrutar desta acção. O jogo dá as ferramentas para criarmos até os nossos torneios caso queiramos. Existem também algumas variantes do jogo, como alterar as físicas, velocidade do jogo e não só.

nidhogg-rev-1-pn

A apresentação de Nidhogg é bastante retro, e este é um dos pontos chave para o efeito charme deste jogo. As personagens mais se parecem com stickmans tendo uma cor uniforme para o corpo inteiro, mas já os cenários estão bastante impressionantes. O único cenário que mais transtorno causou foi o das nuvens, onde o pôr-do-sol prejudica um pouco a visualização em geral. A banda sonora ficou a cargo do compositor Daedalus, que cria um bom acompanhamento para este jogo.

Nidhogg é um regalo. É uma experiência que prima única e exclusivamente pelo multiplayer, e só esse modo justifica bem o nosso dinheiro. É daquele tipo de jogos que precisamos de ter em nossa casa para jogar com os nossos amigos, ou então deixar adversários online a “aziar”. Se procuram algo mais profundo em conteúdo e focado no single-player, então esqueçam Nidhogg.

Positivo:

  • Multiplayer online/local altamente viciante
  • As horas passam como se fossem segundos
  • Conceito simples
  • Jogabilidade frenética
  • Hilariante
  • Estética visual e banda sonora

Pontos Negativos

  • Poucos cenários
  • Demasiado minimalista para alguns
  • Difícil de aconselhar

pn-muitobom-ana

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
CopoLavado

Difícil de aconselhar mesmo. Não consigo achar piada a este jogo e como disseste, demasiado minimalista.

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x