Análise – Neighbours Back From Hell

  • Plataformas: PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch, PC
  • Versão de Análise: PC
  • Informação Adicional: Imagens e captura de vídeo retiradas durante as sessões de jogo.

Já sou velho o suficiente para dizer que Neighbours From Hell fez parte da minha infância. Não me recordo quem é que realmente tinha o jogo mas este andava a fazer as rondas entre uns quantos computadores, e o que me lembro é de na altura achar o jogo um pouco complicado para quem o queria completar a 100%. Anos mais tarde, pego no remaster e a minha primeira impressão é a de o jogo ser mais fácil daquilo que lembrava, embora alguns dos níveis continuem frescos na minha memória.

Neighbours Back From Hell é o remaster de Neighbours From Hell e Neighbours From Hell 2. Juntando ambos os jogos no mesmo pacote e com algumas mudanças, umas delas para melhor, e outras para pior. Para quem não é familiar com esta série, em Neighbours From Hell adapta o formato de um programa de TV onde o jogador tem o dever de pregar partidas ao seu vizinho. O primeiro jogo foca-se exclusivamente na casa do vizinho, enquanto que o segundo adapta o formato de um cruzeiro que explora vários locais no mundo.

Em termos de jogabilidade o objectivo é o de pregar partidas e tentar manter um combo sem que o vizinho descubra o jogador. Para isso é necessário percorrer o cenário para encontrar materiais e depois utilizar os mesmos em objectos que estejam presentes e sejam interactivos. Por vezes vão encontrar não só o vizinho mas também o seu cão, papagaio ou até a mãe do mesmo, com estes a serem um entrave para o jogador.

Este remaster apresenta gráficos melhorados e até animações com mais fps, para manter o aspecto do jogo nítido, acrescentando também algumas qualidades de vida que não estavam presentes nos dois jogos originais. A HUD do jogo também foi mudada, tendo agora um melhor aspecto e até a opção para mudar o tipo de câmara, dando a oportunidade de ver mais do cenário ou até seguir o vizinho. Outras mudanças recaem no facto de agora de cada vez que um dos animais do vizinhos fazem barulho, de o mesmo vasculhar a casa por um pouco ao invés de apenas gritar com o animal. A opção de ter um tempo limite para realizar todas as tarefas foi removida, e agora o jogador possui três vidas, o que acaba por tornar o jogo muito mais fácil; por outro lado, a mãe do vizinho agora é uma ameaça a ter em conta, enquanto que no primeiro jogo ela nunca interagia com o jogador.

Passando para a parte má, alguns níveis foram removidos, todos estes pertencentes ao primeiro jogo. Juntamente com a barra de progresso que costumava indicar quantos segundos faltavam para cada partida que agora também desapareceu, algo que ajudava a planear a estratégia de fuga caso o vizinho estivesse a aproximar-se. Um grande problema é de às vezes as acções do jogador serem interrompidas quando este muda de área. Nas versões originais era possível escolher um item e usar esse item noutra zona que o protagonista movia-se até lá para a realizar, agora existe uma enorme probabilidade de a acção ser interrompida assim que mudar de área, algo que por vezes poderá custar a partida.

Como o remaster apresenta ambos os jogos juntos, a maneira em como os níveis estavam organizados sofreu algumas mudanças. Anteriormente cada jogo dividia os seus níveis entre três temporadas, mas agora existe um total de quatro temporadas que juntam os níveis de ambos os jogos. O formato dos jogos originais espalhava os níveis de uma forma temática e com um incremento na dificuldade, enquanto que agora esse aspecto está perdido e isso é visto em especial no segundo jogo onde níveis no barco e num país estão misturadas, ou até em cenários que por vezes reflectem partidas que foram feitas na missão anterior, excepto que aqui o jogador pode ainda não ter feito essa missão.

Neighbours Back From Hell é um bom regresso para quem já não se lembrava do jogo ou então quem nunca ouviu falar do mesmo, as novas adições melhoram o jogo, enquanto que outras decisões não foram as melhores. É pena o jogo não ter recebido qualquer  tipo de novo conteúdo em termos de níveis ou dificuldade para o tornar mais desafiante e longo, pois Neighbours From Hell já não é tão complicado como me lembrava.

Em termos de consola este é o melhor que podem obter, enquanto que no PC podem sempre arranjar os originais que incluem mais níveis, embora sem as qualidades de vida que foram adicionadas neste remaster. Seja qual for a vossa escolha, ambas as opções irão oferecer um bom momento.

Positivo:

  • Dois jogos num só pacote
  • Qualidades de vida adicionadas

Negativo:

  • Alguns níveis removidos
  • Barra de progresso não aparece
  • Cancelamento de acções ao passar entre áreas

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram